Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Educação, Hereditariedade e o Meio em "Os Maias"

No description
by

Catarina Monteiro

on 2 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Educação, Hereditariedade e o Meio em "Os Maias"

Educação
Meio
Pedro da Maia
- demasiada proteção por parte da mãe, transformando-se num homem fraco e sensível.

Carlos da Maia
- homem forte, equilibrado, capaz de resolver os seus problemas.
Conclusão
Hereditariedade
"Os Maias"
Educação, Hereditariedade e Meio
Educação tradicional
Educação à inglesa
- contacto com a natureza;
- valores físicos e intelectuais;
- línguas vivas;
- disciplina;
- desvalorização da educação religiosa.

Pedro
- Vida dissoluta;
- Paixão por Maria Monforte;
- Encontros e casamento;
- Infidelidade e fuga de Maria – reacções atónicas de Pedro;
- Regresso de Pedro ao Ramalhete, diálogo com Afonso e suicídio de Pedro;
- Motivação para a morte de Afonso.
Carlos
- Vida dissoluta;
- Paixão por Maria Eduarda;
- Encontros e relações;
- Descoberta do incesto – reacções de Carlos;
- Encontro de Carlos com Afonso, mudo, sem diálogo, e motivação para o suicídio de Carlos;
- Morte de Afonso.
- aprendizagem de uma língua morta - latim;
- valorização da memória;
- isolamento;
- superproteção.

Pedro da Maia e Eusebiozinho
Carlos da Maia
"(...) e para o educar mandou vir de Lisboa o padre Vasques, capelão do conde de Runa. O Vasques ensinava-lhe as declinações latinas, sobretudo a cartilha (...)" pág. 18
"Quase desde o berço este notável menino revelara um edificante amor por alfarrábios e por todas as coisas do saber (...)" pág. 68
"Uma noite mesmo rompera pela sala em triunfo, a mostrar às Silveiras, ao Eusébio, a pavorosa litografia de um feto de seis meses no útero materno. D. Ana recuou, com um grito (...) e o doutor delegado (...) arrebatou prudentemente Eusébiozinho (...) tapou-lhe a face com a mão." (pág. 87)
Catarina de Albuquerque Monteiro, nº8 12ºJ
Filipa Pinho, nº10 12ºJ
Full transcript