Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Dúvidas e angustias na adolescência:moral

No description
by

Francisca Trigueiros

on 13 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Dúvidas e angustias na adolescência:moral

Dúvidas e angústias na adolescência
Nível físico
Nível afetivo
Nível social

Às vezes o adolescente isola-se do seu mundo (família e amigos) tentando fugir aos seus problemas. Este ato pode levar a reações de medo ou agressão. Nestes casos devemos conviver com pessoas que gostam muito de nós tal como somos para reforçar a nossa auto-estima. Também nos devemos dedicar a atividades onde temos sucesso.
A nível social (conclusão)
É muito importante reagir com atitudes positivas face às angústias, às duvidas e aos obstáculos. Apenas com: diálogo, reflexão, confiança, esperança, coragem, persistência... poderemos ultrapassar os nossos obstáculos e crescer harmoniosamente
É característico na adolescência passar-se de um momento para o outro da alegria para a trizteza ou viceversa sem motivo aparente. Uma pequena contrariedade pode levar o adolescente ao desespero e pode acabar fechado em si mesmo. Neste caso ficaria fechado no quarto muitas horas sem se interessar por nada nem ninguém. Este comportamento é consequência do conflito interno permanente que o jovem mantém na procura de si próprio, na diferenciação em relação aos outros e na procura de um lugar num mundo hostl e alheio aos seus problemas.
A nível afetivo
A nível social
A nível físico
A nível afetivo(continuação)
Pode haver desencontros afetivos que se relacionam com a capacidade de atrair ou ser atraído, amar ou ser amado. Por exemplo sofremos um desgosto de amor tende a diminuir a nossa auto-estima e questionamo-nos se somos dignos do amor dos outros.
Por vezes os familiares ou amigos fazem comentários a esse respeito que pioram ainda mais a situação podendo provocar problemas emocionais e relacionais.
A nível afetivo (conclusão)
Esta falta de estabilidade corresponde à ansiedade e depressão permanentes no adolescente pois por um lado estamos a ver a infância a acabar e por outro ainda não somos adultos para satizfazermos os nossos desejos.
Quando estamos tristes, que é um direito, devemos pedir ajuda, principalmente se já estivermos tristes há muito tempo.
Pode haver uma desarmonia em o que se é e o que se gostaria de ser. Ficamos nesvosos quando vemos os outros a evoluir e nós não. São comuns os casos em que a adolescência começa mais tarde. Por vezes, quando vemos fotos de caras e corpos perfeitos ficamos "desiludidos" com o nosso corpo sem razões. Ninguém é perfeito!
Trabalho realizado por:
Francisca Trigueiros
Leonor Nunes
Full transcript