Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Período Pré-Colonial e a montagem da administração colonial

No description
by

Laryssa Omito

on 3 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Período Pré-Colonial e a montagem da administração colonial

Estrutura político-administrativa
1534- D. João III- Capitanias Hereditárias: 15 faixas de terra entregues a 12 donatários.

Donatários tinham a obrigação de povoar, defender e tornas lucrativas as terras. Eram homens pertencentes a baixa nobreza ou funcionários lusos.

Cartas de doação: posse útil da terra, donatário como administrador.
Foral: direitos e deveres dos donatários- fundar vilas, doar terras(sesmarias),cobrar impostos, etc.
Período Pré-Colonial: 1500- 1530
1503: Surge o nome "Brasil", oriundo da primeira forma de exploração econômica do território, o pau-brasil.

Não havia interesse nas terras recém descobertas:
atenção voltado ao comércio de especiarias
não havia sido encontrado metais preciosos
Os índios
Distribuiam-se ao longo da costa e na bacia dos Rios Paraná-Paraguai
Dois grandes blocos: os tupis-guaranis e os tapuias
1504: a Coroa Portuguesa concede o direito de exploração da madeira para a iniciativa privada, mediante pagamento de impostos.

Mão-de-obra: indígena (com o fim da prática de escambo, passa a ser mão-de-obra escrava indígena)

Caráter ideológico: imposição da religião católica
1530: projeto de colonização
Expedição de incursão pelo interior: Martim Afonso de Sousa.
Principal objetivo: povoar as terras
Período Pré-Colonial e a montagem da administração colonial
O que mudou em 1530?
Ameaça estrangeira: espanhóis, franceses e ingleses
Concorrência no comércio de especiarias: redução dos lucros
Espanhóis encontram prata e ouro em suas possessões americanas
Pau-brasil se esgotando.
Empreendimento agrícola para atrair colonos: empresa agrícola produtora de açúcar
Pacto Colonial: a função econômica da colônia era atender aos interesses monopolizadores da metrópole
Governo-geral
Fracasso das capitanias hereditárias
1548- Governo-Geral: reforma no aparelho politíco-administrativo, sistema de governo centralizado, submissão dos donatários ao administrador
Governador-geral
(nobre português)
Capitão-mor
(defesa)
Ouvidor-mor
(justiça)
Provedor-mor
(finanças)
1º governador-geral: Tomé de Sousa (1549-1553)
1549: Funda a vila de Salvador, sede do governo-geral
Com ele vieram os primeiros jesuítas e as primeiras cabeças de gado bovino
2º governador-geral: Duarte Coelho (1553-1558)
1555: franceses invadem a baía de Guanabara e fundam ali uma colônia: a França Antártica
Franceses contam com o apoio dos índios tamoios
3º governador-geral: Mem de Sá (1558-1572)
1565: Expulsa os franceses e funda a vila de São Sebastião do Rio de Janeiro
O poder local
Exercido pelas Câmaras Municipais, seus membros eram da elite colonial, conhecidos como "homens bons"

Embrião dos sentimentos nativistas

Absoluta ausência das camadas populares
(Cesgranrio)

O início da colonização portuguesa no Brasil, no chamado período "pré-colonial" (1500-1530), foi marcado pelo(a):

a) envio de expedições exploratórias do litoral e pelo escambo do pau-brasil;

b) plantio e exploração do pau-brasil, associado ao tráfico africano.

c) deslocamento, para a América, da estrutura administrativa e militar já experimentada no Oriente;

d) fixação de grupos missionários de várias ordens religiosas para catequizar os indígenas;

e) implantação da lavoura canavieira, apoiada em capitais holandeses.
Resposta: A
(USS)

Assinale a alternativa correta a respeito do período pré-colonial brasileiro:

a) Os franceses não reconheciam o domínio português, tanto que chegaram a se estabelecer no Rio de Janeiro e no Maranhão.

b) O trabalho intenso de Anchieta e Nóbrega na catequese dos índios tinha o objetivo de impedir a escravização do gentio.

c) A ocupação temporária europeia, por meio de feitorias, deveu-se à inexistência de organização social produtora de excedentes negociáveis.

d) A cordialidade dos indígenas contrastava com a hostilidade europeia dos portugueses, cujo objetivo metalista conduzia sempre à prática da violência.

e) A cordialidade inicial entre europeus e índios deveu-se ao fato de que o objetivo catequético superava os fins materiais da expansão marítima.
Resposta: A
Full transcript