Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cibercultura

No description
by

Taissa Mirella Vasconcelos

on 26 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cibercultura

A arte da Cibercultura
Cibercultur@
Introdução
A citação de Einsten nos anos 50, sobre as 3 grandes bombas que iriam explodir :
a bomba atômica
a bomba demográfica
bomba das telecomunicações.
Conceitos
cibercultura - é o conjunto de técnicas (materiais e intelectuais), de praticas, de atitudes, de modos de pensamento e de valores que se desenvolvem juntamente com o crescimento do ciberespaço.


Conceitos
Tratamento - processamento.
Transmissão - meios fisicos e meios diretos
Memorias - gravação e leitura automática.
Interface - interação entre universos.
Programa - aplicativos - prestação de serviços especificos.
Conceitos
hiperdocumentos
midia - suporte de veículos de mensagem
multimidia - diversos veículos de informação - instantanea
unimidia - apenas um tipo de veículo de informação
correio eletrônico
conferência eletrônica
transferência de arquivos


Pharmakon
do grego significa ao mesmo tempo veneno e remedio
Ciberespaço ou rede = é o novo meio de comunicação que surge da interconexão mundial dos computadores - que significa não apenas a infra-estrutura material mas também o universo oceânica de informações que ela abriga
Virtual - existe sem estar presente
diferente da realidade virtual - explorador tem ideia
de estar imerso em um ambiente feito por dados.]

Digital - traduzir em numeros

Interatividade
Telefone - interage em duas extremidade
Tv - interage em apenas uma, por maior que seja sua dinamica
Computador - interage como o telefone utilizando recursos de videos como a tv.
ex: conferências eletrônicas
conferência eletrônica ao groupware
mensagens instantáneas
Características das tecnologias (e cibercultura)
- "Impacto" das tecnologias:
agente externo x produtos de uma sociedade
- Imprevisibilidade
- Velocidade de transformação
Características da cibercultura
- Inteligência coletiva:
Veneno x Remédio
- Web como guia da própria Web
- Navegação: Caçada e Pilhagem
- "Virtual" não substitui o "real"
O universal sem totalidade
- No Ciberespaço:
Cada vez mais amplo, cada vez menos totalizável;
Sistema de caos;
Universo indeterminado;
- No plano técnico:
Tendência de padronização da infra-estrutura (sistemas operacionais, linguagens de programação e programa de aplicativos);
Se torna padrão ao ser muito utilizado;

Universal sem totalidade
- Emergência do ciberespaço x escrita
Escrita -> Mídias de Massa (universal totalizante)
Informática -> cibercultura (universal sem tolidade)

- Quanto mais Universal, menos Totalizável
Impossibilidade de domínio no ciberespaço;





Movimento social da cibercultura
" a emergência do ciberespaço é fruto de um verdadeiro movimento social, com seu grupo líder (a juventude metropolitana escolarizada), suas palavras de ordem (interconexão, criação de comunidades virtuais, inteligência coletiva), e suas aspirações coerentes."
Movimento social da cibercultura
- Técnica e desejo coletivo:
O exemplo do automóvel;

- Ciberespaço como meio de utilização de infra-estruturas existentes
- Computers for the People: potência de cálculo dos computadores ao alcance das pessoas físicas
- Anônimos: os agentes que evoluíram o ciberespaço
- Símbolo do ciberespaço: A internet

Movimento social da cibercultura
- Três princípios de orientação do crescimento do ciberespaço
Interconexão -> Telepresença generalizada
Comunidades Virtuais -> afinidades de interesses e conhecimento
Inteligência Coletiva -> finalidade da cibercultura

- Inteligência Coletiva: mais problema que solução
A arte da Cibercultura
- Principal característica: participação nas obras daqueles que as provam, interpretam, exploram ou lêem -> co-produção da obra
- Obra virtual é "aberta" por construção
- Globalização da música:
Difusão das gravações -> Fenômeno musical nos anos 60 e 70 -> Novos gêneros, novos estilos
- Música oral : audição direta e por imitação
- Música Escrita: reforço da figura do compositor
- Música gravada: fixou estilos de interpretação da música escrita

- Anos 60/70: "a referência original tornou-se o disco gravado em estúdio
A arte da cibercultura
A citação de Einsten nos anos 50,
sobre as 3 grandes bombas que haviam e iriam explodir :
a bomba atômica
a bomba demográfica
a bomba das telecomunicações
- Música tecno, o som da cibercultura:
Digitalização da música;
Estúdio em casa;
Apropriação pessoal da produção musical;
- O três princípios na música tecno:
- Interconexão através do uso da internet e
padronização;
- Comunidade virtual através da produção coletiva;
- Inteligência coletiva através da criação de
banco de músicas;

A arte da cibercultura
- Off-line + On-line = complementares
- Adição e não subtração de gêneros
- Os engenheiros do mundo: arquitetos dos espaços de
comunicação, organizador dos equipamentos coletivos e
estruturador da interação sensório-motora com o universo
dos dados. Ex: Tim Barners Lee (World Wide Web)
A ciberculra e sua relação com o saber
- Amplificação da memorização, imaginação,
percepção e raciocínios.
- Novas formas de acesso a informação
- A demanda cada vez maior por novas formas de aprendizado
- Aprendizagem coletiva através de dispositivos e
programas específicos -> Aprendizagem a distância

Inteligencia Coletiva
variada
distribuída por todo os lugares
O veneno do pharmakon -
A critica
informação em massa -
sensacionalismo - midias comerciais
Estado moderno - ações digitais/ onlines

Substituição
Real pelo virtual (?)
Fala pela escrita (?)
Fotografia pela pintura (?)
Cinema pelo teatro (?)

Crítica pela crítica
- Discursos cegos e conservadores
- Confusão crescente entre real e virtual
- Ausência de visão do futuro
- Crítica do totalitarismo ou temor da destotalização?
Ciberespaço mais acolhedor do que dominador;
Mídias anteriores muito mais manipuladoras;
Instrumentos poderosos acessíveis a pessoas
físicas;
Diabolização do virtual para conservar a realidade do "bom senso" estatal e midiático.
Respostas a perguntas frequentes
- A cibercultura seria a fonte de exclusão?
Resposta:
Tendência de conexão maior que seus números absolutos;
Será cada vez mais fácil e barato conectar-se;
Sistemas de comunicação acarretam necessariamente alguma exclusão;
Respostas a perguntas frequentes
- A diversidade das línguas e das culturas encontra-se ameaçada pelo ciberespaço?
Resposta:
Fim dos monopólios da expressão pública;
Mais liberdade artística e de expressão;
Crescente variedade dos modos de expressão;

Respostas a perguntas frequentes
- A Cibercultura não é sinônimo de caos e confusão?
Resposta:
Sites são produzidos por pessoas e instituições que assinam suas contribuições;
As comunidades virtuais são frequentemente moderados;
Netqueta;
Possibilidade de filtrar informação. A rede jamais pensará em seu lugar.
"A cibercultura encarna a forma horizontal, simultânea, puramente espacial, da transmissão. Só encadeia no tempo por acréscimo. Sua principal operação é a de conectar no espaço, de construir e de estender os rizomas do sentido"
"Eis o ciberespaço, a palulação de suas comunidades, a ramificação entrelaçada de suas obras, como se toda a memória dos homens de desdobrasse no instante: um imenso ato de inteligência coletiva sincrônica, convergindo para o presente, clarão silencioso, divergente, explodindo como uma ramificação de neurônios.
Full transcript