Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Leila de Cássia Faria Alves

No description
by

leila alves

on 19 June 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Leila de Cássia Faria Alves

Leila de Cássia Faria Alves
Diamantina, 17 de Abril de 2018
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Licenciatura em Ciências Biológicas

Fundamentos ontológicos, epistemológicos, antropológicos e axiológicos das
tendências educacionais.
O que é Educação?
O que é Filosofia da Educação?
A Educação é uma atividade
ontológica
relativa ao ser, ligada diretamente ao trabalho, compreendido aqui como ação mediadora entre homem e natureza e constituidora da humanização.
Pressupostos filosóficos necessários à reflexão filosófica da Educação:


A epistemologia ou teoria do
conhecimento

A axiologia ou teoria do
valor

A antropologia ou teoria da
cultura/homem
A ontologia ou teoria do
ser
Antropologia
“O que é ser humano?”
A antropologia científica - evolução humana
A antropologia cultural - diferentes cullturas e suas especificidades
A antropologia filosófica - investigação sobre o conceito que o ser humano faz de si próprio

essencialista - busca pela essência do ser.
naturalista - visão mecanicista do homem.
histórico-social - Recusa uma concepção essencialista do homem.
pós-moderna - a ideia única de humanidade precisa ser desfeita em nome do reconhecimento da multiculturalidade.

Epistemologia
Como conhecemos o real? Essa apreensão é determinada pelas sensações ou por ideias inatas?



É possível mesmo conhecer a realidade?
O que é verdadeiro?
O que é falso?
Epistemologia





Empirismo
- Locke e Hume, que valorizaram a experiência no processo do conhecimento”
Racionalismo
- Descartes como defensor das ideias inatas
Axiologia

Liberdade incondicional (ou livre arbítrio)-
A liberdade humana é incausada.
Determinismo absoluto -
todo ato é causado.
Liberdade situada -
visão dialética da liberdade.

ser humano é multiplamente determinado, mas, como é também um ser consciente, é capaz de agir sobre a realidade, transformando-a.
...uma sociedade justa e perfeita, estão presentes reflexões que apontam para a necessidadeda Educação do homem para a vida pública.

...faz uma abordagem inicial sobre a linguagem e busca mostrar a dificuldade da apreensão do significado dos sinais linguísticos.
...Educação é a principal responsável pelo aperfeiçoamento da Razão, pela efetivação do progresso da história e pela disciplina dos instintos selvagens.
...reflete sobre "a incorrigível lógica do capital e seu impacto sobre a Educação". Para ele é inegável a ligação entre os processos educacionais e os processos sociais mais abrangentes de reprodução, bem como é inconcebível a reformulação da Educação sem a transformação do quadro social.
...via na Educação um processo diretamente ligado à vida prática, a qual também deveria se dirigir.
Breve panorama das correntes de Filosofia da Educação
Positivismo
Construtivismo
Breve panorama das correntes de Filosofia da Educação no Brasil
epistemológica
hermenêutica fenomenológica
construção do sujeito
...defendia como objetivo da escola ensinar o aluno a "ler o mundo" para poder transformá-lo.
...Educação é a formação de consciência crítica que possibilita a emancipação do sujeito prisioneiro da alienação
Breve panorama das correntes de Filosofia da Educação
praxista
Trata-se de uma pedagogia contra-hegemônica, inspirada no marxismo, portanto preocupada com os problemas educacionais decorrentes da exploração do homem pelo homem. É uma teoria de orientação socialista, organizada no Brasil a partir da década de 1980.

Dermeval Saviani
...atrelar o pensamento à prática revolucionária, unindo conceito à práxis como forma de transformar o mundo. o marxismo percebe a luta de classes como meio para o fim da exploração capitalista, bem como para instituição de uma sociedade onde os produtores seriam os detentores de sua produção.
...coloca como tarefa preparar os alunos para a "sociedade das coisas" e para a "sociedade dos homens" — está situada, necessariamente, no bojo de um processo político de luta hegemônica entre classes distintas.
Breve panorama das correntes de Filosofia da Educação
http://www.ufvjm.edu.br/prograd/projetos-pedagogicos.html
ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. 3. ed. rev. e ampliada. São Paulo: Moderna, 2006.
ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. Trad. Wolfgang Leo Maar.Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.
BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é Educação. São Paulo: Brasiliense, 2007. (Coleção primeiros passos).
GADELHA, Sylvio. Foucault como intercessor. In: Foucault pensa a Educação. Revista Educação especial n. 3. São Paulo:
KANT, Immanuel. Sobre a pedagogia. Tradução Francisco Cock Fontanella. 3. ed. Piracicaba: UNIMEP, 2002.
SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia: teorias da educação, curvatura
da vara, onze teses sobre educação e política. 24ª. Edução. São Paulo: Cortez.
Autores Associados, 1991. (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo, vol. 5).

Referencias Bibliográficas:

KUHN, T. S. A estrutura das revoluções científicas. Tradução de Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 2000.
LYOTARD, J.-F. O pós-moderno. Tradução de Ricardo Corrêa Barbosa. 4. ed. Rio de Janeiro: José Olympo, 1993.
MARTINS, M. F. Marx, Gramsci e o conhecimento: ruptura ou continuidade? Campinas-SP: Autores Associados; Americana-SP: Unisal, 2008 (Coleção educação contemporânea)
PLATÃO. A República (Livro VII. 514a –518b). São Paulo: Martin Claret, 2003.
SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2010a. 92 p.
SANTOS, B. S. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia dos saberes. In SANTOS, B. S.; MENESES, M. P. Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010b, p. 31-83.
SANTOS, B. S.; MENESES, M. P. (Org.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010. 637 p.







...Demosntrar a diferença entre educação tradicional e educação
contextualizada.
De que forma a antropologia filosófica, a epistemologia e a axiologia são necessárias para a reflexão e práticas educacionais?

De que forma você explicaria a importância da Filosofia da Educação para
a reflexão e prática pedagógica?
Referencias Bibliográficas:


Leila de Cássia
leiladcassia@yahoo.com.br
Obrigada!



Objetivos:

Possibilitar a compreensão da importância dos pressupostos filosóficos da Axiologia, Antropologia e Epistemologia para a Educação;
Conscientizar sobre a importância da história da Educação e seus paradigmas educacionais ao longo do tempo.
Contextualizar
, sumariamente, as correntes da Filosofia da Educação.


Full transcript