Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Evolução histórica das pontes

No description
by

Mariana Serapião

on 6 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Evolução histórica das pontes

4000 a.C.
500 d.C.
2015
1900
Evolução histórica das pontes
As primeiras pontes
Surgiram de forma natural: queda de árvores sobre os rios

Observando os benefícios disso, os homens passaram a construir pontes utilizando os materiais presentes em seus ambientes: madeira, pedra e cipós

Em muitas foram instaladas travas de madeira, dificultando assim que fossem derrubadas
Permitem maior carga
Possuem maior durabilidade

Primeiras aparições
4000 a.C. na Mesopotâmia e no Egito
500 a.C. na Pérsia e Grécia

Pontes Romanas
Idade Média
Muito se aprendeu com a construção de igrejas na época

O conhecimento de cúpulas foi aplicado às construções de pontes em arcos criando uma diversificação destes

Renascença
Melhora no sistema estrutural devido grande fluxo de pessoas e transporte

Surgimento das pontes em treliça

Uso do ferro fundido como material

Aumentaram os vãos para transmitir uma sensação de maior leveza
Revolução Industrial
Necessidade de suportar locomotivas a vapor sem usar armações largas

Uso de aço como material pois ele possui uma maior força de tensão do que o ferro fundido

Surgimento de pontes suspensas com corrente metálicas e depois com cordoalha de aço



Atualmente
Após a segunda guerra mundial, passou a ser usado o concreto protendido

Material pouco influenciado pelas cargas variáveis o que garante uma importante estabilidade

Além disso, passou a ser usada a solda para fixar a forma metálica e as vigas em vez dos rebites. Com isso, foi possível superar enormes vãos


Ponte sobre o Arroio - Walla, em Dartmoor, Inglaterra
Ponte para peões sobre o Kotmale, Sri Lanka
A primeira ponte romana é a chamada de Pons Sublicus

Construída no Tibre em 621 a.C.

Feita inteiramente de madeira

Pontes Romanas
No século III a.C passaram a construir pontes em arcos aperfeiçoando as técnicas já existentes

Os arcos foram muito usados nas pontes e aquedutos

Primeiros a usar cimento

Grupo:
Gustavo Elias Khouri RA: 11.00434-7
Mariana Silva Serapião RA: 11.02166-7
Ponte de Alcântra

Sustenta sobre 6 arcos, tem 194m de comprimento, 8 m de largura e altura de 10m, fica sobre o rio Tejo

Construida no ano de 106, situada na Alcântra, Espanha.

Ponte Saint Angelo, Roma

Nesta construção foi utilizado a pozolana, material
proveniente de cinzas vulcânicas que possui um alto teor de sílica reativa que ao reagir com o óxido de cálcio origina silicatos

Construída em 136 a.C. sobre o rio Tejo, possui comprimento de 135m
Conforme a era Romana ia terminando, passaram a ser construídas pontes com tijolos e argamassa

Exemplo é a Ponte de Trajano, Portugal
Erguida entre os séculos I a.C. e II d.C com 1135m de comprimento, altura livre sobre a água de 19m e vão livre entre pilastras de 15m

Utilizou alvenaria de tijolos, argamassa e pozolana

Ponte Rialto, Itália

Construida em 1181, atravessa o grande canal

Arco não é mais semi circunferência

Ponte Medieval de Frias, Espanha

Atravessa o rio Ebro, fica em burgo

Possui arco ogival

Pontes em Arco
Ironbridge, Grã-Bretanha

Primeira ponte em ferro fundido

Construida no seculo XVIII, 1781, com vão de 30,63m, atravessa o rio severn

Ponte de Cleveland, Inglaterra, atravessa o rio Avon

Construida em 1829, usado ferro fundido e rochas de calcário

Foi modificada em 1929, mudando estrutura para aço com a finalidade de aguentar veiculos mais pesados

Grande quantidade de projetos de pontes construídas em arco, em vigas e suspensas

Algumas das pontes com enormes vãos passaram a apresentar problemas devido ao vento, como no caso da Tacoma Narrows, situada em Washington, EUA, 1940, que possuia um comprimento de 1646m


Aumento nas construções de grandes pontes de suspensão, principalmente as estaiadas

Ponte Octavio Frias de Oliveira, São Paulo, Brasil, 2008

Possui um comprimento de 1600m




Os mastros permitiram vãos ainda mais extensos, como a ponte 25 de Abril, Lisboa, Portugal, 1966

Possui um comprimento total de 2277,64m, com seu maior vão de 1012,88m

A ponte não suportou a oscilação gerada pelo vento, levando a estudos desse fenômeno em projetos posteriores
Ponte de Akashi-Kaikyo no Japão, 1998

Vão principal de 1991m
Full transcript