Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ESTRATÉGIA DE MÍDIA

No description
by

Ana Lefevre

on 28 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ESTRATÉGIA DE MÍDIA

PLANEJAMENTO DE MÍDIA

ESTRATÉGIA DE MÍDIA
Essa é a etapa em que o profissional seleciona os meios que serão utilizados para atender ao objetivo de mídia. Para isso, leva em consideração as caracteristicas intrínsecas dos meios, os dados de penetração e perfil.
CRONOGRAMA DE VEICULAÇÃO
O CRONOGRAMA
TÁTICA DE VEICULAÇÃO
É a apresentação detalhada de como a veiculação será executada. Compõe-se de:
MEIO COMPLEMENTAR
SITUAÇÕES
MEIO DE APOIO
É o meio que serve de reforço ao básico, para alcançar o objetivo de obter alta frequência média.
Com essas informações. é elaborada uma tática de veiculação, cujas opções são inúmeras.
RESUMO MENSAL DE VERBA
Quandro que contém os valores das programações por meio e por mês, totalizando a verba disponibilizada pelo cliente ou a que será recomendada.
CLASSIFICAÇÃO DOS MEIOS
Os meios de comunicação, de acordo com a função, podem ser classificados em: Básico, Complementar e de Apoio.
MEIO BÁSICO
Meio unico ou principal de uma camapanha, por atender quase plenamente aos objetivos de alcance, frenquencia média e continuidade.
MEIO COMPLEMENTAR
É o meio que complementa o meio básico em alguma variável quando este, utilizado isoladamente, não consegue atingie de maneira adequada os objetivos desejados.
Para atingie a maioria de público-alvo
Quando o meio básico não consegue alcançar a maioria do público-alvo. O esforço pode ser complementado com um meioo que apresente melhor resultado de perfil de público.
Para realizar a continuidade linear de veiculação
Quando o o custo para realizar plenamente a continuidade linear com o meio básico for alto, outro meio poderá complementar o esforço. Na maioria das vezes este meio possui caracteriasticas que justifica sua inclusão e um custo compatível.
Para permitir o detalhamento das caracteristicas do produto ou da campanha.
Quando o meio básico não atende plenamente à necessidade de apresentar em detalhes as características do produto, a mídia impressa poderá ser usada como meio complementar nessa função.
Exemplo 1
No caso da N1 por ser uma campanha para o governo do Estado de MS, é interessante que o meio básico seja televisão, o meio apoio seja rádio e jornal e o meio complementar seja revista, mídia indoor, outdoor...
Exemplo 2
Campanha Nasa Tec (cliente real) o meio básico esta sendo televisão, o meio complementar vai ser o rádio, outdoor e o que esta sendo usado como apoio é a midia indoor.
Exemplo 3
Licitação da Vale: realizada em março deste ano para Corumbá. O meio basíco foi televisão, meio de apoio foi as rádios e os meios complementar foram os jornais, panfletagem e mochila pirulito.
Análise de dados
Análise dos dados de audiência ou penetração, perfil, índice de afinidade e de rentabilidade dos veículos ou dos programas de TV.
SELEÇÃO DE VEÍCULOS
Seleção de veículos ou de programas de TV, conforme os dados de audiência ou penetração, perfil, índice de afinidade e conteúdo editorial.
ANÁLISE E SELEÇÃO HIPOTÉTICA DOS CANAIS
De acordo com os dados de audiência e com a tática de veiculação definida, é realizada a escolha dos canais.
Exemplo 1
No caso da VALE, estudamos que a globo (tv morena) por ter uma programação local voltada para a população local tem uma audiência muito maior que os outros canais, por isso o investimento maior foi feito na programação local.
ANEXOS
Quando julgar necessário é interessante incluir anexos relevantes, como: Dados detalhado de pesquisa de mídia ( ranking de audiência de televisão, perfil de audiencia das emissoras e histórico de circulação de jornal.
Conclução
Para concluir esta parte de nossa aula vamos escrever as defesas dos veículos:
TV MORENA
TV SBT MS
TV RECORD MS
TV GUANANDI

Based on Jim Harvey's speech structures
É o recurso gráfico que facilita a visualização de como os meios serão utilizados em período para atender às váriaveis de mídia, e que possibilita explicar de maneira simples e direta como o pensamento estratégico será aplicado na veiculação do comercial.

Devendo conter: informações sobre o veículo (quem é?o que é? de onde é?) informações sobre o perfil dos consumidores (a evolução da penetração dos meios por sexo, classe social e faixa etária) tiragem ou penetração, praça.
JORNAL CORREIO DO ESTADO
O ESTADO
A CRITICA
JORNAL DE DOMINGO
Full transcript