Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Miniaula - Novas Regras da Língua Portuguesa

No description
by

Ciro Moraes

on 26 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Miniaula - Novas Regras da Língua Portuguesa

DOR
MINIAULA
NOVAS REGRAS DA LÍNGUA PORTUGUESA
HISTÓRICO
O que muda?
ALFABETO
Nova Regra
O alfabeto será formado por 26 letras
Como era
As letras “k”, “w” e “y” não são consideradas integrantes do alfabeto
Como é
Essas letras serão usadas em unidades de medida, nomes próprios, palavras estrangeiras e outras palavras em geral. Exemplos: km, kg, watt, playground, William, Kafka, kafkiano.
TREMA
Não existirá mais o trema na língua portuguesa. Será mantido apenas em casos de nomes estrangeiros. Exemplo: Muller, mülleriano.
Nova regra
Como era
Como é
Agüentar, conseqüência, cinqüenta, freqüência, tranqüilo, lingüiça, bilíngüe.
Aguentar, consequência, cinquenta, frequência, tranquilo, linguiça, bilíngue.
ACENTUAÇÃO – DITONGOS “EI” E “OI”
Os ditongos abertos “ei” e “oi” não serão mais acentuados em palavras paroxítonas
Nova regra
Como era
Como é
Assembléia, platéia, idéia, colméia, boléia, Coréia, bóia, paranóia, jibóia, apóio, heróico, paranóico
Assembleia, plateia, ideia, colmeia, boleia, Coreia, boia, paranoia, jiboia, apoio, heroico, paranoico.

Obs: Nos ditongos abertos de palavras oxítonas terminadas em éi, éu e ói e monossílabas o acento continua: herói, constrói, dói, anéis, papéis, troféu, céu, chapéu.
ACENTUAÇÃO – “I” E “U” FORMANDO HIATO
Não se acentuarão mais “i” e “u” tônicos formando hiato quando vierem depois de ditongo
Nova regra
Como era
Como é
baiúca, boiúna, feiúra, feiúme, bocaiúva
baiuca, boiuna, feiura, feiume, bocaiuva
Obs 1: Se a palavra for oxítona e o “i” ou “u” estiverem em posição final o acento permanece: tuiuiú, Piauí.
Obs 2: Nos demais “i” e “u” tônicos, formando hiato, o acento continua. Exemplo: saúde, saída, gaúcho.
HIATO
Os hiatos “oo” e “ee” não serão mais acentuados
Nova regra
Como era
Como é
enjôo, vôo, perdôo, abençôo, povôo, crêem, dêem, lêem, vêem, relêem
enjoo, voo, perdoo, abençoo, povoo, creem, deem, leem, veem, releem
PALAVRAS HOMÔNIMAS
Não existirá mais o acento diferencial em palavras homônimas (grafia igual, som e sentido diferentes)
Nova regra
Como era
Como é
Pára/para, péla/pela, pêlo/pelo, pêra/pera, pólo/polo
para, pela, pelo, pera, polo
Obs 1: O acento diferencial ainda permanece no verbo poder (pôde, quando usado no passado) e no verbo pôr (para diferenciar da preposição por).
Obs 2: É facultativo o uso do acento circunflexo para diferenciar as palavras forma/fôrma. Em alguns casos, o uso do acento deixa a frase mais clara. Exemplo: Qual é a forma da fôrma do bolo?
HÍFEN – “R” E “S”
O hífen não será mais utilizado em prefixos terminados em vogal seguida de palavras iniciadas com “r” ou “s”. Nesse caso, essas letras deverão ser duplicadas.
Nova regra
Como era
Como é
ante-sala, auto-retrato, anti-social, anti-rugas, arqui-rival, auto-regulamentação, auto-sugestão, contra-senso, contra-regra, contra-senha, extra-regimento, infra-som, ultra-sonografia, semi-real, supra-renal.
antessala, autorretrato, antissocial, antirrugas, arquirrival, autorregulamentação, autossugestão, contrassenso, contrarregra, contrassenha, extrarregimento, infrassom, ultrassonografia, semirreal, suprarrenal.
HÍFEN – MESMA VOGAL
O hífen será utilizado quando o prefixo terminar com uma vogal e a segunda palavra começar com a mesma vogal.
Nova regra
Como era
Como é
antiibérico, antiinflamatório, antiinflacionário, antiimperialista, arquiinimigo, arquiirmandade, microondas, microônibus.
anti-ibérico, anti-inflamatório, anti-inflacionário, anti-imperialista, arqui-inimigo, arqui-irmandade, micro-ondas, micro-ônibus.
HÍFEN – VOGAIS DIFERENTES
O hífen não será utilizado quando o prefixo terminar em vogal diferente da que inicia a segunda palavra.
Nova regra
Como era
Como é
auto-afirmação, auto-ajuda, auto-aprendizagem, auto-escola, auto-estrada, auto-instrução, co-autor, contra-exemplo, contra-indicação, contra-ordem, extra-escolar, extra-oficial, infra-estrutura, intra-ocular, intra-uterino, neo-expressionista, neo-imperialista, semi-aberto, semi-árido, semi-automático
autoafirmação, autoajuda, autoaprendizagem, autoescola, autoestrada, autoinstrução, coautor, contraexemplo, contraindicação, contraordem, extraescolar, extraoficial, infraestrutura, intraocular, intrauterino, neoexpressionista, neoimperialista, semiaberto, semiárido, semiautomático.


Obs: A regra não se encaixa quando a palavra seguinte iniciar por h: anti-herói, anti-higiênico, extra-humano, semi-herbáceo.
COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA
Angola
Moçambique
Cabo Verde
Guiné-Bissau
São Tomé e Príncipe
Timor Leste
CRÍTICAS
Espaço Livre de Direito.
DECRETO Nº 6.583, DE 29 DE SETEMBRO DE 2008.
Art. 2o O referido Acordo produzirá efeitos somente a partir de 1o de janeiro de 2009.
Parágrafo único. A implementação do Acordo obedecerá ao período de transição de 1o de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2015, durante o qual coexistirão a norma ortográfica atualmente em vigor e a nova norma estabelecida.
Considerando que o projeto de texto de ortografia unificada de língua portuguesa aprovado em Lisboa, em 12 de outubro de 1990, pela Academia das Ciências de Lisboa, Academia Brasileira de Letras e delegações de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, com a adesão da delegação de observadores da Galiza, constitui um passo importante para a defesa da unidade essencial da língua portuguesa e para o seu prestígio internacional
umbu

(tupi i'mbu)

s. m.

1. [Botânica] Árvore da família das anacardiáceas, de frutos comestíveis e aromáticos. = UMBUZEIRO

2. [Botânica] Árvore da família das fitolacáceas, de copa larga e densa, cujos frutos, bagas roxas e doces, são geralmente usadas na alimentação de animais. = UMBUZEIRO

3. [Botânica] Fruto dessas árvores.



Sinónimo Geral: AMBU, IMBU, OMBU

Full transcript