Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Three Men in a Boat: Tradução comparada

Teoria da Tradução, 4.12.12
by

Ana Cláudia Monteiro

on 2 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Three Men in a Boat: Tradução comparada

Uma nota final Interpretação
Tradução científica e técnica
Tradução comercial
Tradução literária Tem uma sensibilidade e fascínio pela língua. "All kinds of books, plays, poems, short stories and writings" (: 5) textos científicos
guia de viagens Como descrever um tradutor literário? Se não pudermos viver na cultura de partida, devemos ler, ver e ouvir tanto material quanto possível da cultura da língua de partida (livros, jornais, revistas, filmes, televisão). Tradução comparada: Three Men in a Boat Ana Cláudia Monteiro Inês Silva Prof. Thomas Hüsgen Faculdade de Letras da Universidade do Porto 4 de dezembro de 2012 Teoria da Tradução Three men in a boat (to say nothing of the dog) Como traduzir? O que é tradução literária? Samuelson-Brown (2010: 5) define quatro categorias gerais de tradução: O que vemos... It is not surprising that writing and translating often go hand in hand. Objectivos conhecer formas de aperfeiçoar o trabalho de tradução literária

perceber que diferentes tradutores podem olhar para o mesmo texto e tomar decisões diferentes "... the flair, skill and experience that are required by a good literary translator resemble the qualities that are needed by an ‘original’ writer." (:6) em princípio, um falante nativo Landers (2001: 45-46) Etapas na tradução mais direcionada para tradução de prosa ... Ler a obra toda pelo menos duas vezes “An unaware translation is ipso facto a bad translation.” (:45) "You have to have a firm grasp on the meaning of the work, both at surface level (words, phrases, idioms, culture) the underlying level of deeper significance (the subtext)." (: 45) ... Fazer os ajustes finais, verificar a ortografia e deixar o texto de lado durante uns dias.
... Ler uma úlitma vez e enviar. ... Determinar a voz do autor. I have refrained from officious tinkering [with the translation] for its own sake, but a translator’s loyalty is to the original author, and in trying to be faithful to Proust’s meaning and tone of voice I have been obliged, here and there, to make extensive alterations. Kilmartin (A la recherche du temps perdu), 1981 — Nota do Tradutor Peden (1987: 9), tradutora de Isabel Allende Vai afectar todas as nossas escolhas Escrever o 1º rascunho, marcando áreas problemáticas que necessitem de mais atenção. ... Pedir a um falante nativo da língua de partida que clarifique aspectos que não estejam eslacrecidos. ... Rever o manuscrito, prestando atenção à fraseologia e fluência. Se for preciso, consultem o autor ... Pedir a um falante nativo para rever o manuscrito e indicar erros (e fazer ajustes necessários). partes que parecem traduções ou não fazem sentido ... Rever o manuscrito linha a linha com um falante nativo.

(Senão, ler o texto em voz alta sozinhos.) Ler em voz alta enquanto a outra pessoa acompanha no texto de partida. isto apanha traduções incorretas e omissões e permite-nos dar atenção a questões de sonoridade (e.g., usar a mesma palavra muitas vezes) 6 1 4 5 7 8 O ideal é... Landers (2001) ... VIver na cultura da língua de partida tanto tempo quanto possível. ... Enquanto lá estamos, estar imersos em todos os aspectos da cultura popular. 6 meses no mínimo, de preferência 1 ano, com viagens de regresso a intervalos frequentes ( ) " ...so-called high culture — e.g., literature, art, and music — tends to be universal and needs little if any cross-cultural interpretation." "Learn something about cockfights, go to the bullring, attend a soccer game. Talk to children and elementary school teachers." "For the literary translator there are no boundaries. He or she may have to translate a passage dealing with chess or drug addiction one day, with lotteries or ballet the next. Nothing is off limits.” (:78) porque... ... Cultivar contactos com membros da cultura da língua de chegada para consultar quando surgirem dúvidas. ) ( Falantes nativos "Fumamos. Esvaziamos uma pitu." Three men in a boat (to say nothing of the dog) Título Ano da publicação Traduções em Português 1889 Clarisse Tavares (Europa-América) Três Homens num Bote Três Homens num Barco Luísa Feijó (Biblioteca Editores Independentes / Cotovia) (sem falar do cão) (já para não falar do cão) Ficha de leitura Romance humorístico da época vitoriana Descreve a expedição fluvial pelo Tamisa de três amigos e um cão para criar situações cómicas e não-sentimentais ligadas à história da região do Tamisa 1994 2004 Waking Lion Press, 2009 NOTHING TO SEE HERE. "I pay Jerome so much in royalties, I cannot imagine what becomes of all the copies of that book I issue. I often think the public must eat them." Three Men in a Boat (To Say Nothing of the Dog) is a hilarious account (...) of three overworked friends who decide to take a boating holiday on the River Thames between Kingston and Oxford. Of course, nothing goes according to plan (...). é considerado um retrato fiel da época vitoriana J., Harris e George "seeking to escape the dreary world of offices and desks during weekend trips out into the countryside." representantes da nova classe média Um guia de viagem, com relatos da história local o relato humorístico tomou conta da história mas baseado na lua-de-mel de Jerome a esposa foi substituída por dois amigos de longa data George Wingrave Waking Lion Press, 2009 — editor de Jerome, Waking Lion Press, 2009 Adaptado ao cinema, televisão, programas de rádio e teatro Carl Hentschel George Harris desde 2012 Since its initial publication, Three Men in a Boat has never been out of print. Did you know...? antes da publicação primeiro ano após a publicação Conhece intimamente a língua, cultura regional e literatura de partida, e qualquer assunto específico abordado na obra a traduzir. Conhece outros trabalhos originais do autor. É um bom escritor na língua de chegada. É capaz de mudar de um estilo para outro quando a traduzir diferentes trabalhos. O seu objectivo é transmitir o significado do trabalho original, não produzir uma tradução exacta das palavras. É capaz de produzir um texto que se lê bem, ao mesmo tempo que ecoa o tom e o estilo do original — como se o autor original o tivesse escrito na língua de chegada. 1 2 3 4 6 5 7 FIM 2 3 Devemos.... texto = como se tivesse sido escrito na língua de chegada There are a certain number of riverside roughs who make quite an income, during the summer, by slouching about the banks and blackmailing weak-minded noodles (...). The proper course to pursue is to offer your name and address, and leave the owner, if he really has anything to do with the matter, to summon you, and prove what damage you have done to his land by sitting down on a bit of it. (: 42) [Montmorency] put his leg into the jam, and he worried the teaspoons, and he pretended that the lemons were rats, and got into the hamper and killed three of them before Harris could land him with the frying-pan. (: 25) Sometimes, our pain is very deep and real, and we stand before her very silent, because there is no language for our pain, only a moan. Night's heart is full of pity for us: she cannot ease our aching; she takes our hand in hers, and the little world grows very small and very far away beneath us, and, borne on her dark wings, we pass for a moment into a mightier Presence than her own, and in the wondrous light of that great Presence, all human life lies like a book before us, and we know that Pain and Sorrow are but the angels of God. (: 59) Alguns excertos... guia humor seriedade Excertos uma tradução é um trabalho pessoal diferentes tradutores = traduções diferentes O tradutor não é invisível o nosso trabalho é produzir novo texto Petra Recommendations estado actual do tradutor o que se pode fazer para sair do círculo vicioso tradutor invisível = mal pago nunca palavra por palavra ou frase por frase a essência da tradução é “a ressurreição de um objecto estranho num corpo nativo” Nunca embelezar 6 regras gerais para o tradutor de textos narrativos Proceder por blocos Obra = unidade integral traduzida por secções qual o sentido total? Expressão idiomática por expressão idiomática tradução para uma forma diferente do original Pelo Cão! = By God! Intenção por intenção peso que uma dada expressão pode ter num contexto da LP que não teria na LC = acrescentar palavras que não estavam no original em nome de uma “conformidade com o espírito da língua”. Falsos amigos Demander = demand
Resume = resumir “Transmutar ousadamente” ‘the way something is communicated: the way the tale is told; the way the poem is sung’ and it determines ‘all choices of cadence and tone and lexicon and syntax’. (Munday, 2010: 149, 32) Samuelson-Brown (2010) Belloc (1931) (cit in Bassnet, 2003) de habilitações literárias elevadas e que não conheça a língua de partida fluente na língua de chegada x x Biblio Landers, C. E. (2001). Literary translation: A practical guide. Multilingual Matters Limited. Samuelsson-Brown, G. (2010). A practical guide for translators (5th ed). Channel View Publications. Jerome, J. K. (1994). Três homens num bote: Publicações Europa-América: Mem Martins. Jerome, J. K. (2007). Três homens num barco. Edições Cotovia: Lisboa. Bassnet, S. (2003). Estudos de Tradução. Fundação Calouste Gulbenkian: Lisboa. Jerome, J. K. (1889). Three Men in a Boat. Project Gutenberg. Munday, J. (2008). Introducing translation studies: Theories and applications. Taylor & Francis Group. rafia g 1 2 3 4 5 6 7 Retirado de http://www.gutenberg.org/files/308/308-h/308-h.htm Waking Lion Press, 2009
Full transcript