Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Oficina de animação

No description
by

Hayanna Saldanha

on 22 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Oficina de animação

Potencialidades para quem ensina
O que é
Animação?
Como
surgiu?
Potencialidades para quem faz
Roteiro
Oficina de animação
Referênciais
Storyboard&
Storyline
Keyframe
o pro-i digit@l...
é um Programa de Extensão da Universidade de Pernambuco
que atua de forma extensionista com oficinas que promovem o debate sobre a Inclusão Digital para jovens de periferia, nele podemos encontrar as seguintes oficinas:
Oficina de Animação
Oficina de Blog/Twitter
Oficina de Vídeo/Vlog
Oficina de Podcast
Contudo especificamente trataremos da Oficina de Animação. Através desta oficina serão abordados os principais processos de animação, processo de roteirização, criação de personagens e produção da animação proporcionada pela interação com os sujeitos participantes, buscando que estes jovens possam não somente interpretar, mas também produzir seus próprios materiais críticos e reflexivos.
A Animação e o Cinema são artes irmãs, possuem algumas datas e obras coincidentes, anteriormente o cinema era considerado uma Animação. Contudo as técnicas foram sendo trabalhadas especificamentet em "efeitos especiais" da sétima arte.
Animação deriva da palavra em latim

animare
Significa dar vida.
O que é necessário para desenvolver uma animação
Imagem
Tempo
Movimento
Sequência
Ilusão
A animação é o conjunto destes elementos, mas acima de tudo, é o processo cerebral de completar formas incompletas.
Possui um caráter interacionista
Aprendizagem colaborativa
Leitura de imagem
Construção aberta
Criação contínua
Interação entre autores/ atores/ intérpretes
Pesquisa colaborativa
Sequencialidade
Criação de forma lúdica
Experiência apreciativa
Transdisciplinaridade
Transformação de tipos textuais em conteúdos midiáticos
"Roteiro é uma história contada em imagens, diálogos e descrições, dentro do contexto da estrutura dramática"(Syd Field)

Estruturando narrativas
O roteiro é dividido em cenas que (se possível) deverão conter:

A descrição dos personagens
O nome dos ambientes e personagens
Diálogos e indicações para os personagens
Efeitos para a transição de cenas

Ideia
Desenvolvimento da ideia
Roteirização
Produção
Captura de fotos
Esquematização das cenas
Cenas-chave: São necessárias para a esquematização de da sequência geral: andar> apanhar o giz> escrever.
LEMOS, André. Cultura das Redes: Ciberensaios para o século XXI. Edufba: Salvador, 2002.
LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1997.
MACEDO, Mª de Fátima Uchoa de Castro. A Informatização do ensino no Brasil. In: TARGINO, Mª das Graças; de CASTRO, Mônica M. M. R. N. (Org.). Desafiando os Domínios da Informação. Teresina: Gráfica UFPI, 2002.
MCCLOUD, Scott. Desvendando os Quadrinhos. M. Books: São Paulo, 2005.
_________. Desenhando Quadrinhos. M.Books: São Paulo, 2008
NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema na sala de aula. 4ed, 2. Reimpressão. São Paulo: Contexto, 2009.
PADILHA, Mª Auxiliadora Soares, CAVALCANTE, Patricia Smith, ABRANCHES, Sérgio Paulino. Tecnologias da informação e comunicação na educação: mídias e modelos de ensino. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2009.
RECUERO, Raquel da Cunha. MEMES E DINÂMICAS SOCIAIS EM WEBLOGS: informação, capital social e interação em redes sociais na Internet. Intexto, Porto Alegre: UFRGS, v. 2, n. 15, p. 1-16,julho/dezembro 2006.

Obrigado(a)!
Full transcript