Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Biologia Celular

No description
by

José Denis Gomes

on 11 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Biologia Celular

Biologia Celular
MEMBRANA PLASMÁTICA
Proteínas
Do grego protos = primeiro

Moléculas mais complexas e funcionalmente sofisticadas

Macromoléculas resultantes da condensação de moléculas de aminoácidos através da ligação peptídica.

Polipeptídios que resultam na condensação de milhares de moléculas de aminoácidos.

As sua macromoléculas possuem pesos moleculares variados desde alguns milhares até vários milhões.
Hormônios e receptores - Ex.insulina
Enzimas - Ex.pepsina
Proteínas de proteção – Ex. imunoglobulinas
Proteínas estruturais – Ex. Colágeno e elastina
Proteínas contráteis - Ex.actina
Proteínas motoras – Ex. miosina
Proteínas transportadoras - Ex. hemoglobina
Milhares de peptídeos reguladores,sinalizadores, entre outros – Ex.fator de crescimento neural

Aminoácidos
Estrutura Secundária
Em geral, estas ligações forçam a proteína
a assumir uma forma helicoidal, como uma
corda enrolada em torno de um tubo imaginário.

Esta forma, a mais comum, é chamado de alfa hélice.

Outras formas na estrutura secundária são as folhas-β.

As folhas- β, um segmento da cadeia interage com outro, paralelamente.

Estrutura Terciária
O que determina a estrutura terciária são as cadeias laterais dos aminoácidos
Algumas cadeias são tão longas e hidrofóbicas que perturbam a estrutura secundária helicoidal, provocando a dobra ou looping da proteína.

Muitas vezes, as partes hidrofóbicas da proteína agrupam-se no interior da proteína dobrada
Longe da água e dos íons do ambiente onde a proteína se encontra, deixando as partes hidrofílicas expostas na superfície da estrutura da proteína.

Regiões como "sítio ativos", "sítios regulatórios" e módulos são propriedades da estrutura terciária

Estrutura Quaternária
Surge apenas nas proteínas oligoméricas.

Dada pela distribuição espacial de mais de uma cadeia polipeptídica no espaço, as subunidades da molécula.

Estas subunidades se mantém unidas por forças covalentes, como pontes dissulfeto, e ligações não covalentes, como pontes de hidrogênio, interações hidrofóbicas, etc.

As subunidades podem atuar de forma independente ou cooperativamente no desempenho da função bioquímica da proteína.
Proteínas GLOBULARES (Albumina) e FIBROSAS (Queratina)‏

Carboidratos
Carboidratos, ou hidratos de carbono, são também chamados de açúcares.

Estão presentes em bolos, pães, biscoitos.

Participam ainda de estruturas como a parede celular de células vegetais e de bactérias, são,portanto os compostos orgânicos mais abundantes nos organismos vivos.

São compostos de função mista do tipo poliálcool-aldeído ou poliálcool-cetona.

Classificação
Estão divididos em três grandes grupos:

Monossacarídeos
Dissacarídeos
Polissacarídeos

Trioses = três carbonos
Tetroses = quatro carbonos
Pentoses = cinco carbonos
Hexoses = seis carbonos
Heptoses = sete carbonos


Monossacarídeos
Isomeria Óptica
Todos os monossacarídeos apresentam algum carbono quiral.

Dissacarídeos
Polissacarídeos
São formados a partir da união de dois monossacarídeos, assim formando uma ligação glcosídica, havendo liberação de uma molécula de água

São moléculas orgânicas formadas pela união de mais 10 moléculas de monossacarídeos.
AMIDO LINEAR - ESTRUTURA
AMIDO RAMIFICADO - ESTRUTURA
GLICOGÊNIO - ESTRUTURA
QUITÍNA - ESTRUTURA
CELULOSE - ESTRUTURA
Lipidios
São biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos, como o álcool, benzina, éter e clorofórmio.

São formadas pela união de dois tipos de substâncias orgânicas: ácidos graxos e álcool formando um éster.

* Reserva energética;
* Estrutural;
* Proteção;
* Vitaminica;
* Hormonal.
* Isolameno térmico;
*Amortecedor;
* Impermebializante
.

! Ácidos graxos
! Triacilgliceróis
! Glicerofosfolipídeos
! Esfingolipídeos
! Esteróides
! Outros lipídeos

ÁCIDOS GRAXOS
são ácidos monocarboxílicos de cadeia normal que apresentam o grupo carboxila (–COOH) ligado a uma longa cadeia alquílica, saturada ou insaturada.
é nome genérico de qualquer tri-éster oriundo da combinação do glicerol (um triálcool) com ácidos, especialmente ácidos graxos (ácidos carboxílicos de longa cadeia alquílica), no qual as três hidroxilas (do glicerol) sofreram condensação carboxílica com os ácidos, os quais não precisam ser necessariamente iguais.
TRIACILGLICERIDIOS
Glicerofosfolipídeos
Os Glicerofosfolipídios são derivados do glicerol que contêm fosfato na sua estrutura.
Fosfolipidios
Esfingolipídeos
A principal diferença entre os esfingolipídios e os fosfolipídios é o álcool no qual estes se baseiam: em vez do glicerol, eles são derivados de um amino álcool.
Esteróides
Os esteróides são lipídios estruturais presentes nas membranas da maioria das células eucarióticas.
Enzimas
As enzimas são proteínas especializadas na catálise de reações biológicas.
São catalisadores biológicos extremamente eficientes e aceleram em média 109 a 1012 vezes a velocidade da reação, transformando de 100 a 1000 moléculas de substrato em produto por minuto de reação.
Fatores que alteram a atividade enzimática
pH
Temperatura
COFATORES E COENZIMAS
Cofatores são pequenas moléculas orgânicas ou inorgânicas que podem ser necessárias para a função de uma enzima.
Ácidos nucléicos
Os ácidos nucléicos são moléculas gigantes (macromoléculas), formadas por unidades monoméricas menores conhecidas como nucleotídeos.
Nucleotídio
Cada nucleotídeo, por sua vez, é formado por três partes:

um açúcar do grupo das pentoses (monossacarídeos com cinco átomos de carbono);
um radical “fosfato”, derivado da molécula do ácido ortofosfórico (H3PO4).
uma base orgânica nitrogenada.
púricas: adenina (A) e guanina (G)
pirimídicas: timina (T), citosina (C) e uracila (U).
DNA e RNA: Qual é a diferença?
Nucleotídio
cromossomos e cromatina
Cromossomos da célula interfásica
Cromossomos da célula em divisão
Genes
Full transcript