Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Como fazer uma Revisão Baseada na Evidência?

No description
by

Mário Cruz

on 21 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Como fazer uma Revisão Baseada na Evidência?

Classificar a Evidência
Susana Medeiros
Mário Machado Cruz

Classificação baseia-se na:
Qualidade do estudo
Quantidade de evidência
Consistência dos resultados
OCEBM
Oxford Centre for Evidence-based Medicine Levels of Evidence (2011)
Desenhada para:
Clínicos ocupados...
Investigadores...
Utentes...
... encontrarem a provável melhor evidência, rapidamente
Nem toda a evidência é igual!
Como fazer uma Revisão Baseada na Evidência?
Observações clínicas não publicadas
Revisões sistemáticas de estudos controlados aleatorizados de boa qualidade
6 de Novembro de 2014
SORT
Strength of Recommendation Taxonomy
Força de recomendação
Estratificação da evidência
Seleccionar melhor evidência
Melhores decisões clínicas
Quanto melhor a evidência, maior a probabilidade do tratamento ou teste diagnóstico levar ao resultado esperado
GRADE
Grading of Recomendations Assessment, Development, and Evaluation
Desenhada para avaliar questões clínicas relacionadas com:
diagnóstico
rastreio
prevenção
terapêutica
Preparada para ser utilizada em:
Revisões sistemáticas
Guidelines
Características específicas
Avalia
outcomes
e não estudos individuais
Classificação pode variar dentro de um mesmo estudo para
outcomes
diferentes
Avaliação mais completa da evidência
Pesa os outcomes "bons" com os "maus"
Aplicação mais complexa
Faz recomendações claras
Não prevê a utilização de estudos com menor evidência
Classifica qualidade da evidência em:
Alta
Moderada
Baixa
Muito Baixa
Classificações
Não existe:
uma classificação universal
a "melhor" classificação
Tipos de evidência
Criada para...
Uniformizar a toxonomia utilizada pelas revistas americanas de MGF
Níveis de Evidência
Consistência
Fluxograma - SOR
Fluxograma - LE
Características
Simples de aplicar
Simples de interpretar
Distingue a evidência orientada para a pessoa da orientada para a doença
Faz recomendações clínicas
Muito utilizada em MGF
Características
Simplificada na sua aplicação
Ajuda a responder às questões clínicas
Permite avaliar riscos da terapêutica
Permite distinguir mais níveis de evidência - maior estratificação
Níveis de evidência
Ver métodos do estudo
Perceber o tipo de estudo
Em suma...
Importante classificar evidência
Melhor decisão clínica
Importante não sobrepôr os resultados obtidos ao julgamento clínico individual
Várias Taxonomias
GRADE
Maior impacto
Mais complexa
OCEBM
Simples de aplicar
Ajuda na pesquisa face à "pergunta de investigação"
Preparada também para evidência orientada para a doença
SORT
Muito utilizada em MGF
Aplicação simples
Preparada para evidência orientada para a pessoa
Obrigado!!
Full transcript