Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Intermidialidade – literatura e outras artes

No description
by

Daniella de Aguiar

on 22 April 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Intermidialidade – literatura e outras artes

Intermidialidade – literatura e outras artes
blog da disciplina
http://cursointermidialidade.wordpress.com/
- textos fundamentais
- calendário
calendário
25/08 Apresentação curso
01/09 Introdução: O que é intermidialidade? O que é mídia?
08/09 Introdução à intermidialidade: aspectos históricos
15/09 Não tem aula
22/09 Intermidialidade: Principais problemas teórico-metodológicos
29/09 Tradução intersemiótica: uma abordagem Peirceana
06/10 Tradução intersemiótica, signo icônico e inferência abdutiva
13/10 Gertrude Stein e cubismo, dança
20/10 Beckett e a televisão
27/10 Recesso UFJF
03/11 Macunaíma: dança, música e artes visuais
10/11 Seminário alunos
17/11 Seminário alunos
24/11 Seminário alunos
sistema de avaliação
- seminários

- monografia
seminários

- textos [disponíveis no blog]
- grupos de 2 ou 3 alunos [6 grupos]
- apresentação: 30 a 40 min. + 20 a 10 min. discussão estrutura: texto e aplicação [exemplos, proposta de trabalho etc.]
- data para escolha dos textos e definição dos grupos
próxima aula [1/9]
monografia

- ensaio teórico [revisão, proposição]
- estudo de caso [descrição e análise]
- resenha de livro / artigo [não um resumo ...]

Formatação

- Letras: Aletria, Alea, Poetics Today
- Artes: Ars, Third Text, Technoetics
- Comunicação: Galáxia, Semiotica, Sign Systems Studies.

Data
- Letras: 09/01/2015
- Artes e Comunicação: a definir
Intermidialidade 2014 - 1o Congresso Internacional
http://intermidialidadecongresso2014.wordpress.com/
- submissão prorrogada: 31/08
- comunicação oral
- pôster

- programas de pós-graduação
- Estudos Literários
- Artes, Cultura e Linguagens
- Comunicação
intermidialidade
todas as relações entre as mídias / artes
relevância
inovação, descoberta & invenção

- tradução

- "mistura"
cubismo
exposições
gertrude stein
oswald de andrade
'Objetos' [1989]
Julio Plaza
schoenberg
kandinsky
expressionismo
abstrato
morton feldman
polifonia
Paul Klee
john cage
cunningham
anton webern
augusto de campos
'Talvez não seja muito implausível argumentar que
Poetamenos
empurrou
Klangfarbenmelodie
de Weberb para outra dimensão, trazendo à tona questões que concernem à
interconectividade entre a visão e o som
. Espelho e eco, os meios visuais e auditivos de duplicação que detêm papéis centrais, tanto na prática de Webern, quanto na de Campos, podem aqui talvez ser usados como tropos para a relação simétrica entre Campos e Webern' (Bessa: 2001, 226)
problemas
- Como descrever adequadamente o fenômeno da intermidialidade?
- Quais teorias disponíveis?
- Quais modelos disponíveis? Vantagens e desvantagens? Quais os principais autores?
- Quais os “melhores exemplos”?
- Como e por que o fenomeno da intermidialidade provê um “espaço criativo de problemas”?
- Por que ele está, ou pode, ser associado a “invençao” e criatividade?
“Os mais altos lugares nas ciências, nos últimos anos, foram para aqueles bem sucedidos em adaptar métodos de uma ciência à investigação de outra. Darwin adaptou à biologia os métodos de Malthus e dos economistas; Maxwell adaptou à teoria dos gases os métodos da doutrina do acaso, e à eletricidade os métodos da hidrodinâmica; Wundt adaptou à psicologia os métodos da fisiologia; Galton adaptou ao mesmo estudo os métodos da teoria dos erros; Morgan adaptou à história os métodos da biologia; Cournout adaptou à economia política o cálculo de variações”.

> C.S. Peirce

Oscar Peterson
Norman Mclaren
Rapsodo
Macunaíma
Augusto dos Anjos
A carne dos vencidos no verbo dos anjos
Cena 11
Augusto de Campos
Caetano Veloso
Rimbaud
John Zorn
Kafka
Kuper
Dante
Chwast
Herman Melville
Moby Dick
Bill Sienkiewicz &
D.G. Chichester
Will Eisner
Roy Thomas & Pascal Alixe
Sin City
quadrinhos
Sin City
filme
Mais próxima da fala, a música popular, nem sempre tão popular, e muitas vezes já utilizando processos sofisticados de composição eletroacústica, se aproxima das composições que deixam os textos inteligíveis. quando não os utiliza em sua integridade, acolhendo até mesmo a sua leitura original ou explorando as suas virtualidades de multileitura. Cito o caso de “Pulsar", musicado por Caetano, que emprega apenas três notas — num intervalo de nona — produzindo um estranhamento de leitura que combina extraordinariamente com a estrutura do texto e o deixa falar.

Synchromy (1971)
livro
artes
visuais
'Poesia Concreta'
Grupo Noigrande
poesia
artes
visuais
'Poemobiles' [1974]
Augusto de Campos
Julio Plaza
poesia
artes
visuais
corpo em movimento
figurino
música
cenário / iluminação
Variations V (1966)
Haroldo de Campos
Caetano Veloso
Bio-poetry
Cypher (2009)
Eduardo Kac
poesia
biologia
molecular
atuação
figurino
música
cenário / iluminação
canto
Sin City
quadrinhos
Sin City
filme
300
quadrinhos
300
filme
livro
,e [dez episódios sobre a prosa topovisual de getrude stein
[5.sobre.o.mesmo]
VIA
Full transcript