Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Andréa Duarte Pesca

on 14 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

PSICOLOGIA DO ESPORTE PSICOLOGIA DO ESPORTE
X
PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO QUAL É O OBJETIVO DA
PSICOLOGIA DO ESPORTE? PSICOLOGIA DO ESPORTE
X
PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO Uma das disciplinas
das ciencias do
esporte Entender como fatores psicológicos afetam o desempenho físico do indivíduo;


Entender como a participação em esportes e exercícios afeta o desenvolvimento psicológico, a saúde e o bem-estar da pessoa. DIMENSÕES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO

Eficácia da técnica – é o grau de confiança em diagnósticas e ensinar habilidades e;



Construção do caráter – percepção da capacidade de influenciar na maturidade pessoal de cada atleta e nas atitudes positivas para o esporte. EFICÁCIA DE TREINAMENTO




O fenômeno eficácia de treinamento diz respeito ao desenvolvimento da confiança do treinadores em sua capacidade de influenciar o aprendizado e o desempenho de seus atletas.
(Feltz et.al, 1999)





PSICOLOGIA DO ESPORTE
X
PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO DIMENSÕES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO



Estratégia de uso – é a confiança em conduzir sua equipe para o desempenho com sucesso;



Motivação – é a confiança na capacidade de mudança do estado psicológico e das capacidades dos atletas; FONTES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO


1- Experiências e desempenhos passados;

2- Preparação de treinamento e registros anteriores de sucesso e fracasso;

3- Habilidade percebida ou talento dos próprios atletas;

4- Suporte social percebido: escola e comunidade. A FORMAÇÃO DO TREINADOR

Até então muito tecnicista, exigindo-se que os treinadores assimilem mais conhecimentos, nomeados como “conhecimentos práticos”;

O que o fazem reproduzir comportamentos fundamentalmente de aspecto técnico-metodológico;

Deixando de lado o desenvolvimento de posturas profissionais reflexivas e sóciocríticas, a aquisição de uma consciencialização de si enquanto pessoa e enquanto profissional e a possibilidade de desenvolver competências de investigação e criatividade. A ESCOLHA DA CARREIRA DE TREINADOR


1- as próprias competências para ter sucesso em um certo trabalho;

2- uma perspectiva de capacidade de ocupação ou um trabalho para cumprir com suas ambições ou metas e;

3- obstáculos para entrar no campo de ocupação. FORMAÇÃO DO TREINADOR

Treinadores esportivos: - motivação
- desempenho (atletas e equipes)

Eles fornecem instruções, guiam a prática do esporte e das habilidades e dão feedbacks;

São preocupados com a aprendizagem e o desempenho de seus atletas que necessitam exercer diversos papéis para serem eficazes, como por exemplo ser: professor, motivador, estrategista, organizador e construtor de carater Está diretamento ligada a Autoeficácia;

A autoeficácia influência no comportamento, bem como no esforço, persistência, padrões de pensamento assim como nas metas e atribuições.

A eficácia de treinamento é uma importante variável dentro de uma diversidade de características pessoais que envolvem o comportamento do treinador. RELAÇÃO ENTRE AUTOEFICÁCIA E
EFICÁCIA DE TREINAMENTO Avaliação Psicológica no Esporte Personalidade do Esportista



Grandes esportistas que ficaram na história são chamados de “personalidade do esportista”, isto pelo fato de possuírem características positivas como: autodisciplina, inteligência de jogo, controle emocional, motivação positiva... . ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO


É um tipo de prática que pode se relacionar ao esporte espetáculo,
protagonizado pelo atleta profissional, ou ainda, a um tipo de
atividade esportiva que não é necessariamente remunerada,
mas que exige do praticante dedicação e rendimento que superam
uma prática de tempo livre ou amadora.







ONDE A PSICOLOGIA DO ESPORTE PODE SER INSERIDA?




TAREFAS E FUNÇÕES
DO PSICÓLOGO DO ESPORTE Obrigada!!
adpesca07@gmail.com

XV Congresso Brasileiro e VIII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte e Exercício ESTRATÉGIA DOS LÍDERES vontade de adpatarem novas perspectivas acerca do trabalho, valorizando ideais e valores que são comuns a todos;
maior aceitação e envolvimento na missão e visão a concretizar;
melhoria dos sentimentos de competência e eficácia no trabalho;
maior disponibilidade para fazerem sacrificios e abdicarem dos interesses pessoais qual tal é necessário CARACTERÍSTICAS DOS LÍDERES capacidade de introduzirem mudanças:
- valores e ideais dos atletas;
- organização esportiva.

Capacidade de melhorar o desempenho destas organizações em que estão inseridos;

Os líderes com as características acima devem atingir quatro (4) estratégias diversas para obterem resultados positivos juntamente com o grupo e com a organização; MODELOS DE ESTILOS DE LIDERANÇA 1- Fatores antecedentes (contexto sociocultural, clima organzacional, características pessoal e de treinador), carcaterísticas pessoais dos atletas (idade, sexo...) exerce influência sobre o comportamento do treinador indiretamente através das suas experiências, crenças e metas;

2- Comportamento do treinador afeta a evolução dos seus atletas e no desempenho da equipe;

3- A efetividade das intervenções de treinamento é influenciada por vários fatores situacionais e diferenças individuais. A FORMAÇÃO DO TREINADOR
Se a influência do treinador vai além do contexto esportivo, também se faz verdade que a falta de formação e informação destes treinadores, pode, afetar o comportamento e desempenho de seus atletas dentro e fora do esporte.

O treinador deve ser visto como o profissional que tem a função específica de conduzir o treino desportivo, fazendo-o no quadro de um conjunto de saberes próprios, saberes esses que sustentam a capacidade de desempenho profissional;

A formação de treinadores, estilos de treinamentos, tomadas de decisões e eficácia de treinamento possuem relação especifica com os estilos de liderança;
São crenças que as pessoas atribuem a si em determinadas situações, ou seja, a crença na capacidade de organizar e executar ações que produzem realizações (Bandura 1986, 1997). CONCEITO DE AUTOEFICÁCIA Avaliação Psicológica diz respeito a um processo de coleta e interpretação de informações psicológicas, resultantes de um conjunto de procedimentos confiáveis que permitam ao psicólogo julgar um comportamentos;

Os procedimentos são: entrevista, observação de treino e jogo, questionários, técnicas ou dinâmicas de grupo, instrumentos padronizados e entrevista devolutiva.

A utilização de testes psicológicos isolados dos demais procedimentos caracteriza rotular o avaliado.

Não pode se utilizar a avaliação psicológica para selecionar equipes esportivas; Avaliação Psicológica no Esporte Objetivo: analisar o comportamento recreativo
de grupos de diferentes faixas etárias,
classes socioeconômicas e atuações profissionais em relação a diferentes motivos, interesses e atitudes.

Ex.: futebol de fim de semana, jogos em clubes de lazer. ESPORTE RECREATIVO Orientação psicofisiológica: examina processos psicofisiológicos do cérebro e sua influência sobre o desempenho.

Orientação sociopsicológica: estuda como o ambiente social influencia o comportamento do indivíduo e como este influencia o ambiente.

Orientação cognitivo-comportamental: avalia como os pensamentos influenciam os comportamentos do atleta ORIENTAÇÕES DA PSICOLOGIA DO ESPORTE FUNÇÕES DO PSICÓLOGO DO ESPORTE Psicólogo formado, associado ao CRP, com treinamento em Psicologia do Esporte.

Pós-graduação: prof. Ed. Física – utilização dos conhecimentos de psicologia para implementar sua atuação como técnico, compreensão do funcionamento dos atletas.

Avaliação, treinamento e tratamento: só psicólogos. Quem pode ser o psicólogo do esporte? Entender como fatores psicológicos afetam o desempenho físico do indivíduo;


Entender como a participação em esportes e exercícios afeta o desenvolvimento psicológico, a saúde e o bem-estar da pessoa. QUAL É O OBJETIVO DA PSICOLOGIA DO ESPORTE?
É o estudo científico de pessoas e
seus comportamentos em
contextos esportivos e de
exercício e as aplicações
práticas de tal conhecimento O QUE É A PSICOLOGIA DO ESPORTE? Objetivo:
analisar e modificar os fatores psíquicos determinantes
do rendimento;

Metas:
melhorar o rendimento e otimizar o processo de recuperação. ESPORTE DE RENDIMENTO São desenvolvidos e aplicados programas psicológicos de prevenção (prevenção de doenças, conscientização da necessidade de estilo de vida saudável), terapia (uso do EF para tratamento da ansiedade e depressão) e reabilitação para pessoas portadoras de limitações físicas, mentais e sociais. ESPORTE DE REABILITAÇÃO, SAÚDE E PREVENÇÃO Possibilidade de trabalho: processos de ensino e aprendizagem e processos de educação e socialização. ESPORTE ESCOLAR Campo de atuação da Psicologia Aplicada (Psicologia no Esporte);

Uma das disciplinas das Ciências do Esporte.

Área muito nova - já é uma disciplina científica independente, com teoria, métodos e programas de treinamento próprios. ONDE SE SITUA A PSICOLOGIA DO ESPORTE? Fracasso Sucesso
Dimensões Técnica, Tática, Física e Psicológica
(Weinberg e Gould, 2001).







FATORES PSICOLÓGICOS (Feltz, Short & Sullivan, 2008) DIMENSÕES DO DESEMPENHO Entender como a participação
esporte e exercício afetam o
desenvolvimento psicológico,
a saúde e o bem – estar de
uma pessoa Como fatores psicológicos
afetam o desempenho físico
dos indivíduos Psicologia do
Esporte
e do Exercício Processos Cognitivos (Bandura 1986, 1993, 1997 e Pajares 1996) DIMENSÕES DE AUTOEFICÁCIA s; Processos Afetivos (Bandura 1986, 1993, 1997 e Pajares 1996) DIMENSÕES DE AUTOEFICÁCIA Motivar seus
Atletas/Equipe Ensinar as
hailidades
com sucesso “Férias” “Full Time” O TREINADOR Bandura (1997), Feltz, Short & Sullivan (2008) Persuasão Verbal Experiências Imaginativas FONTES DE AUTOEFICÁCIA NO ESPORTE Personalidade do Esportista



Grandes esportistas que ficaram na história são chamados de “personalidade do esportista”, isto pelo fato de possuírem características positivas como: autodisciplina, inteligência de jogo, controle emocional, motivação positiva... .







PSICOLOGIA DO ESPORTE:
AVANÇOS E DESAFIOS


Profa. Dra. Andréa Duarte Pesca
Presidente SOCAPE
Psicóloga do Esporte e do Exercício
Professora Universitária DIMENSÕES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO

Eficácia da técnica – é o grau de confiançaem diagnósticas e ensinar habilidades e;



Construção do carater – percepção da capacidade de influenciar na maturidade pessoal de cada atleta e nas atitudes positivas para o esporte. DIMENSÕES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO



Estratégia de uso – é a confiança em conduzir sua equipe para o desempenho com sucesso;





Motivação – é a confiança na capacidade de mudança do estado psicológico e das capacidades dos atletas; FONTES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO

1- Experiências e desempenhos passados;

2- Preparação de treinamento e registros anteriores de sucesso e fracasso;

3- Habilidade percebida ou talento dos próprios atletas;

4- Suporte social percebido: escola e comunidade. EFICÁCIA DE TREINAMENTO




O fenômeno eficácia de treinamento diz respeito ao desenvolvimento da confiança do treinadores em sua capacidade de influenciar o aprendizado e o desempenho de seus atletas.
(Feltz et.al, 1999) A FORMAÇÃO DO TREINADOR

Até então muito tecnicista, exigindo-se que os treinadores assimilem mais conhecimentos, nomeados como
“conhecimentos práticos”;

O que o fazem reproduzir comportamentos fundamentalmente de aspecto técnico-metodológico;

Deixando de lado o desenvolvimento de posturas profissionais reflexivas e sóciocríticas, a aquisição de uma consciencialização de si enquanto pessoa e enquanto profissional e a possibilidade de desenvolver competências de investigação e criatividade. A ESCOLHA DA CARREIRA DE TREINADOR


1- as próprias competências para ter sucesso em um certo trabalho;

2- uma perspectiva de capacidade de ocupação ou um trabalho para cumprir com suas ambições ou metas e;

3- obstáculos para entrar no campo de ocupação. FORMAÇÃO DO TREINADOR

Treinadores esportivos: - motivação
- desempenho (atletas e equipes)

Eles fornecem instruções, guiam a prática do esporte e das habilidades e dão feedbacks;

São preocupados com a aprendizagem e o desempenho de seus atletas que necessitam exercer diversos papéis para serem eficazes, como por exemplo ser: professor, motivador, estrategista, organizador e construtor de carater Avaliação Psicológica no Esporte

Viabiliza o diagnóstico das capaciaddes mentais, sociais e emocinais no contexto esportivo e possibilita a melhora do desempenho do atleta.

Permite, ainda, a análise dos fatores cognitivos, mentais e psicofisiológicos, dos processos motivacionais e realcionais do esportista.

Testes padronizados só podem ser aplicados, analisados e interpretados por profissionais habilitados – PSICÓLOGO. ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO


É um tipo de prática que pode se relacionar ao esporte espetáculo,
protagonizado pelo atleta profissional, ou ainda, a um tipo de
atividade esportiva que não é necessariamente remunerada,
mas que exige do praticante dedicação e rendimento que superam
uma prática de tempo livre ou amadora.







ONDE A PSICOLOGIA DO ESPORTE PODE SER INSERIDA?




TAREFAS E FUNÇÕES DO PSICÓLOGO DO ESPORTE





PSICOLOGIA DO ESPORTE
X
PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO Obrigada!!
adpesca07@gmail.com

XV Congresso Brasileiro e VIII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte e Exercício
Copa 2014 e Olimpíadas 2016:
Inspirações para o Esporte e Exercício.
De 06 a 09 de Novembro de 2013 – Hotel Castelmar - Florianópolis / SC
Realização:
SOBRAPE , SOCAPE, CESUSC

ESPERAMOS VOCÊ!! ESTRATÉGIA DOS LÍDERES vontade de adpatarem novas perspectivas acerca do trabalho, valorizando ideais e valores que são comuns a todos;
maior aceitação e envolvimento na missão e visão a concretizar;
melhoria dos sentimentos de competência e eficácia no trabalho;
maior disponibilidade para fazerem sacrificios e abdicarem dos interesses pessoais qual tal é necessário CARACTERÍSTICAS DOS LÍDERES capacidade de introduzirem mudanças: - valores e ideais dos atletas;
- organização esportiva.

Capacidade de melhorar o desempenho destas organizações em que estão inseridos;

Os líderes com as características acima devem atingir quatro (4) estratégias diversas para obterem resultados positivos juntamente com o grupo e a organização; MODELOS DE ESTILOS DE LIDERANÇA 1- Fatores antecedentes (contexto sociocultural, clima organzacional, caracteristicas pessoal e de treinador), carcaterísticas pessoais dos atletas (idade, sexo...) exerce influência sobre o comportamento do treinador indiretamente através das suas experiências, crenças e metas;

2- Comportamento do treinador afeta a evolução dos seus atletas e no desempenho da equipe;

3- A efetividade das intervenções de treinamento é influenciada por vários fatores situacionais e diferenças individuais. A FORMAÇÃO DO TREINADOR
Se a influência do treinador vai além do contexto esportivo, também se faz verdade que a falta de formação e informação destes treinadores, pode, afetar o comportamento e desempenho de seus atletas dentro e fora do esporte.

O treinador deve ser visto como o profissional que tem a função específica de conduzir o treino desportivo, fazendo-o no quadro de um conjunto de saberes próprios, saberes esses que sustentam a capacidade de desempenho profissional;

A formação de treinadores, estilos de treinamentos, tomadas de decisões e eficácia de treinamento possuem relação especifica com os estilos de liderança; Está diretamento ligada a Autoeficácia;

A autoeficácia influência no comportamento, bem como no esforço, persistência, padrões de pensamento assim como nas metas e atribuições.

A eficácia de treinamento é uma importante variável dentro de uma diversidade de características pessoais que envolvem o comportamento do treinador. RELAÇÃO ENTRE AUTOEFICÁCIA E
EFICÁCIA DE TREINAMENTO
São crenças que as pessoas atribuem a si em determinadas situações, ou seja, a crença na capacidade de organizar e executar ações que produzem realizações (Bandura 1986, 1997). CONCEITO DE AUTOEFICÁCIA Avaliação Psicológica diz respeito a um processo de coleta e interpretação de informações psicológicas, resultantes de um conjunto de procedimentos confiáveis que permitam ao psicólogo julgar um comportamentos;

Os procedimentos são: entrevista, observação de treino e jogo, questionários, técnicas ou dinâmicas de grupo, instrumentos padronizados e entrevista devolutiva.

A utilização de testes psicológicos isolados dos demais procedimentos caracteriza rotular o avaliado.

Não pode se utilizar a avaliação psicológica para selecionar equipes esportivas; Avaliação Psicológica no Esporte São desenvolvidos e aplicados programas psicológicos de prevenção (prevenção de doenças, conscientização da necessidade de estilo de vida saudável), terapia (uso do EF para tratamento da ansiedade e depressão) e reabilitação para pessoas portadoras de limitações físicas, mentais e sociais. ESPORTE DE REABILITAÇÃO, SAÚDE E PREVENÇÃO Objetivo: analisar o comportamento recreativo de grupos de diferentes faixas etárias, classes socioeconômicas e atuações profissionais em relação a diferentes motivos, interesses e atitudes. Ex.: futebol de fim de semana, jogos em clubes de lazer. ESPORTE RECREATIVO Possibilidade de trabalho: processos de ensino e aprendizagem e processos de educação e socialização. ESPORTE ESCOLAR Orientação psicofisiológica: examina processos psicofisiológicos do cérebro e sua influência sobre o desempenho.

Orientação sociopsicológica: estuda como o ambiente social influencia o comportamento do indivíduo e como este influencia o ambiente.

Orientação cognitivo-comportamental: avalia como os pensamentos influenciam os comportamentos do atleta. ORIENTAÇÕES DA PSICOLOGIA DO ESPORTE FUNÇÕES DO PSICÓLOGO DO ESPORTE Psicólogo formado, associado ao CRP, com treinamento em Psicologia do Esporte.

Pós-graduação: prof. Ed. Física – utilização dos conhecimentos de psicologia para implementar sua atuação como técnico, compreensão do funcionamento dos atletas.

Avaliação, treinamento e tratamento: só psicólogos. Quem pode ser o psicólogo do esporte? Entender como fatores psicológicos afetam o desempenho físico do indivíduo;


Entender como a participação em esportes e exercícios afeta o desenvolvimento psicológico, a saúde e o bem-estar da pessoa. QUAL É O OBJETIVO DA PSICOLOGIA DO ESPORTE?
É o estudo científico de pessoas e seus comportamentos em contextos esportivos e de exercício e as aplicações práticas de tal conhecimento O QUE É A PSICOLOGIA DO ESPORTE? Campo de atuação da Psicologia Aplicada (Psicologia no Esporte);

Uma das disciplinas das Ciências do Esporte.

Área muito nova - já é uma disciplina científica independente, com teoria, métodos e programas de treinamento próprios. ONDE SE SITUA A PSICOLOGIA DO ESPORTE? Objetivo: analisar e modificar os fatores psíquicos determinantes do rendimento;

Metas: melhorar o rendimento e otimizar o processo de recuperação. ESPORTE DE RENDIMENTO Fracasso Sucesso
Dimensões Técnica, Tática, Física e Psicológica
(Weinberg e Gould, 2001).







FATORES PSICOLÓGICOS (Feltz, Short & Sullivan, 2008) DIMENSÕES DO DESEMPENHO Entender como a participação
esporte e exercício afetam o
desenvolvimento psicológico,
a saúde e o bem – estar de
uma pessoa; Como fatores psicológicos
afetam o desempenho físico
dos indivíduos; Psicologia do Esporte
e do Exercício é o processo ativo, intencional e dirigido a uma meta, que depende da interação de fatores pessoais (intrínsecos) e ambientais (extrínsecos); são atitudes e julgamentos de ações baseadas no repertório de experiências passadas, que orientam comportamentos futuros; Processos Cognitivos Processos Motivacionais (Bandura 1986, 1993, 1997 e Pajares 1996) DIMENSÕES DE AUTOEFICÁCIA são as escolhas das pessoas frente o que vão fazer de acordo com aquilo que sentem que são capazes de executar com sucesso; são as reações emocionais dos indivíduos, como estresse e ansiedade que as pessoas experimentam em situações ameaçadoras; Processos de Seleção Processos Afetivos (Bandura 1986, 1993, 1997 e Pajares 1996) DIMENSÕES DE AUTOEFICÁCIA Motivar seus
Atletas/Equipe Ensinar as
hailidades
com sucesso “Férias” “Full Time” TREINADOR O TREINADOR Bandura (1997), Feltz, Short & Sullivan (2008) Fontes de Autoeficácia no Esporte Desempenhos realizados no passado Experiências Vicárias Persuasão Verbal Estados Fisiológicos Experiências Imaginativas Estados Emocionais FONTES DE AUTOEFICÁCIA NO ESPORTE

Área muito nova - já é uma disciplina científica independente, com teoria, métodos e programas de treinamento próprios. ONDE SE SITUA A
PSICOLOGIA DO ESPORTE?
É o estudo científico de pessoas e
seus comportamentos em
contextos esportivos e de
exercício e as aplicações
práticas de tal conhecimento O QUE É A PSICOLOGIA DO ESPORTE? AVANCOS E DESAFIOS





PSICOLOGIA DO ESPORTE
X
PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO DIMENSÕES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO



Estratégia de uso – é a confiança em conduzir sua equipe para o desempenho com sucesso;





Motivação – é a confiança na capacidade de mudança do estado psicológico e das capacidades dos atletas; FORMAÇÃO DO TREINADOR

Treinadores esportivos: - motivação
- desempenho (atletas e equipes)

Eles fornecem instruções, guiam a prática do esporte e das habilidades e dão feedbacks;

São preocupados com a aprendizagem e o desempenho de seus atletas que necessitam exercer diversos papéis para serem eficazes, como por exemplo ser: professor, motivador, estrategista, organizador e construtor de carater ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO


É um tipo de prática que pode se relacionar ao esporte espetáculo,
protagonizado pelo atleta profissional, ou ainda, a um tipo de
atividade esportiva que não é necessariamente remunerada,
mas que exige do praticante dedicação e rendimento que superam
uma prática de tempo livre ou amadora. DIMENSÕES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO

Eficácia da técnica – é o grau de confiançaem diagnósticas e ensinar habilidades e;



Construção do carater – percepção da capacidade de influenciar na maturidade pessoal de cada atleta e nas atitudes positivas para o esporte. FONTES DA EFICÁCIA DE TREINAMENTO

1- Experiências e desempenhos passados;

2- Preparação de treinamento e registros anteriores de sucesso e fracasso;

3- Habilidade percebida ou talento dos próprios atletas;

4- Suporte social percebido: escola e comunidade. EFICÁCIA DE TREINAMENTO




O fenômeno eficácia de treinamento diz respeito ao desenvolvimento da confiança do treinadores em sua capacidade de influenciar o aprendizado e o desempenho de seus atletas.
(Feltz et.al, 1999) A FORMAÇÃO DO TREINADOR

Até então muito tecnicista, exigindo-se que os treinadores assimilem mais conhecimentos, nomeados como
“conhecimentos práticos”;

O que o fazem reproduzir comportamentos fundamentalmente de aspecto técnico-metodológico;

Deixando de lado o desenvolvimento de posturas profissionais reflexivas e sóciocríticas, a aquisição de uma consciencialização de si enquanto pessoa e enquanto profissional e a possibilidade de desenvolver competências de investigação e criatividade. A ESCOLHA DA CARREIRA DE TREINADOR


1- as próprias competências para ter sucesso em um certo trabalho;

2- uma perspectiva de capacidade de ocupação ou um trabalho para cumprir com suas ambições ou metas e;

3- obstáculos para entrar no campo de ocupação. Avaliação Psicológica no Esporte

Viabiliza o diagnóstico das capaciaddes mentais, sociais e emocinais no contexto esportivo e possibilita a melhora do desempenho do atleta.

Permite, ainda, a análise dos fatores cognitivos, mentais e psicofisiológicos, dos processos motivacionais e realcionais do esportista.

Testes padronizados só podem ser aplicados, analisados e interpretados por profissionais habilitados – PSICÓLOGO. Personalidade do Esportista



Grandes esportistas que ficaram na história são chamados de “personalidade do esportista”, isto pelo fato de possuírem características positivas como: autodisciplina, inteligência de jogo, controle emocional, motivação positiva... .







ONDE A PSICOLOGIA DO ESPORTE PODE SER INSERIDA?




TAREFAS E FUNÇÕES DO PSICÓLOGO DO ESPORTE Entender como fatores psicológicos afetam o desempenho físico do indivíduo;


Entender como a participação em esportes e exercícios afeta o desenvolvimento psicológico, a saúde e o bem-estar da pessoa. QUAL É O OBJETIVO DA PSICOLOGIA DO ESPORTE?





PSICOLOGIA DO ESPORTE
X
PSICOLOGIA DO EXERCÍCIO







Profa. Dra. Andréa Duarte Pesca
Presidente SOCAPE
Psicóloga do Esporte e do Exercício
Professora Universitária Obrigada!!
adpesca07@gmail.com

XV Congresso Brasileiro e VIII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte e Exercício

Copa 2014 e Olimpíadas 2016:
Inspirações para o Esporte e Exercício.
De 06 a 09 de Novembro de 2013 – Hotel Castelmar - Florianópolis / SC
Realização:
SOBRAPE , SOCAPE, CESUSC

ESPERAMOS VOCÊ!! ESTRATÉGIA DOS LÍDERES vontade de adpatarem novas perspectivas acerca do trabalho, valorizando ideais e valores que são comuns a todos;
maior aceitação e envolvimento na missão e visão a concretizar;
melhoria dos sentimentos de competência e eficácia no trabalho;
maior disponibilidade para fazerem sacrificios e abdicarem dos interesses pessoais qual tal é necessário CARACTERÍSTICAS DOS LÍDERES capacidade de introduzirem mudanças: - valores e ideais dos atletas;
- organização esportiva.

Capacidade de melhorar o desempenho destas organizações em que estão inseridos;

Os líderes com as características acima devem atingir quatro (4) estratégias diversas para obterem resultados positivos juntamente com o grupo e a organização; MODELOS DE ESTILOS DE LIDERANÇA 1- Fatores antecedentes (contexto sociocultural, clima organzacional, caracteristicas pessoal e de treinador), carcaterísticas pessoais dos atletas (idade, sexo...) exerce influência sobre o comportamento do treinador indiretamente através das suas experiências, crenças e metas;

2- Comportamento do treinador afeta a evolução dos seus atletas e no desempenho da equipe;

3- A efetividade das intervenções de treinamento é influenciada por vários fatores situacionais e diferenças individuais. A FORMAÇÃO DO TREINADOR
Se a influência do treinador vai além do contexto esportivo, também se faz verdade que a falta de formação e informação destes treinadores, pode, afetar o comportamento e desempenho de seus atletas dentro e fora do esporte.

O treinador deve ser visto como o profissional que tem a função específica de conduzir o treino desportivo, fazendo-o no quadro de um conjunto de saberes próprios, saberes esses que sustentam a capacidade de desempenho profissional;

A formação de treinadores, estilos de treinamentos, tomadas de decisões e eficácia de treinamento possuem relação especifica com os estilos de liderança; Está diretamento ligada a Autoeficácia;

A autoeficácia influência no comportamento, bem como no esforço, persistência, padrões de pensamento assim como nas metas e atribuições.

A eficácia de treinamento é uma importante variável dentro de uma diversidade de características pessoais que envolvem o comportamento do treinador. RELAÇÃO ENTRE AUTOEFICÁCIA E
EFICÁCIA DE TREINAMENTO
São crenças que as pessoas atribuem a si em determinadas situações, ou seja, a crença na capacidade de organizar e executar ações que produzem realizações (Bandura 1986, 1997). CONCEITO DE AUTOEFICÁCIA Avaliação Psicológica diz respeito a um processo de coleta e interpretação de informações psicológicas, resultantes de um conjunto de procedimentos confiáveis que permitam ao psicólogo julgar um comportamentos;

Os procedimentos são: entrevista, observação de treino e jogo, questionários, técnicas ou dinâmicas de grupo, instrumentos padronizados e entrevista devolutiva.

A utilização de testes psicológicos isolados dos demais procedimentos caracteriza rotular o avaliado.

Não pode se utilizar a avaliação psicológica para selecionar equipes esportivas; Avaliação Psicológica no Esporte Objetivo: analisar o comportamento recreativo de grupos de diferentes faixas etárias, classes socioeconômicas e atuações profissionais em relação a diferentes motivos, interesses e atitudes. Ex.: futebol de fim de semana, jogos em clubes de lazer. ESPORTE RECREATIVO Orientação psicofisiológica: examina processos psicofisiológicos do cérebro e sua influência sobre o desempenho.

Orientação sociopsicológica: estuda como o ambiente social influencia o comportamento do indivíduo e como este influencia o ambiente.

Orientação cognitivo-comportamental: avalia como os pensamentos influenciam os comportamentos do atleta. ORIENTAÇÕES DA PSICOLOGIA DO ESPORTE FUNÇÕES DO PSICÓLOGO DO ESPORTE Psicólogo formado, associado ao CRP, com treinamento em Psicologia do Esporte.

Pós-graduação: prof. Ed. Física – utilização dos conhecimentos de psicologia para implementar sua atuação como técnico, compreensão do funcionamento dos atletas.

Avaliação, treinamento e tratamento: só psicólogos. Quem pode ser o psicólogo do esporte?
É o estudo científico de pessoas e seus comportamentos em contextos esportivos e de exercício e as aplicações práticas de tal conhecimento O QUE É A PSICOLOGIA DO ESPORTE? Campo de atuação da Psicologia Aplicada (Psicologia no Esporte);

Uma das disciplinas das Ciências do Esporte.

Área muito nova - já é uma disciplina científica independente, com teoria, métodos e programas de treinamento próprios. ONDE SE SITUA A PSICOLOGIA DO ESPORTE? Objetivo: analisar e modificar os fatores psíquicos determinantes do rendimento;

Metas: melhorar o rendimento e otimizar o processo de recuperação. ESPORTE DE RENDIMENTO São desenvolvidos e aplicados programas psicológicos de prevenção (prevenção de doenças, conscientização da necessidade de estilo de vida saudável), terapia (uso do EF para tratamento da ansiedade e depressão) e reabilitação para pessoas portadoras de limitações físicas, mentais e sociais. ESPORTE DE REABILITAÇÃO, SAÚDE E PREVENÇÃO Possibilidade de trabalho: processos de ensino e aprendizagem e processos de educação e socialização. ESPORTE ESCOLAR Fracasso Sucesso
Dimensões Técnica, Tática, Física e Psicológica
(Weinberg e Gould, 2001).







FATORES PSICOLÓGICOS (Feltz, Short & Sullivan, 2008) DIMENSÕES DO DESEMPENHO Entender como a participação
esporte e exercício afetam o
desenvolvimento psicológico,
a saúde e o bem – estar de
uma pessoa; Como fatores psicológicos
afetam o desempenho físico
dos indivíduos; Psicologia do Esporte
e do Exercício são as escolhas das pessoas frente o que vão fazer de acordo com aquilo que sentem que são capazes de executar com sucesso; são as reações emocionais dos indivíduos, como estresse e ansiedade que as pessoas experimentam em situações ameaçadoras; Processos de Seleção Processos Afetivos (Bandura 1986, 1993, 1997 e Pajares 1996) DIMENSÕES DE AUTOEFICÁCIA é o processo ativo, intencional e dirigido a uma meta, que depende da interação de fatores pessoais (intrínsecos) e ambientais (extrínsecos); são atitudes e julgamentos de ações baseadas no repertório de experiências passadas, que orientam comportamentos futuros; Processos Cognitivos Processos Motivacionais (Bandura 1986, 1993, 1997 e Pajares 1996) DIMENSÕES DE AUTOEFICÁCIA Motivar seus
Atletas/Equipe Ensinar as
hailidades
com sucesso “Férias” “Full Time” TREINADOR O TREINADOR Bandura (1997), Feltz, Short & Sullivan (2008) Fontes de Autoeficácia no Esporte Desempenhos realizados no passado Experiências Vicárias Persuasão Verbal Estados Fisiológicos Experiências Imaginativas Estados Emocionais FONTES DE AUTOEFICÁCIA NO ESPORTE Copa 2014 e Olimpíadas 2016:
Inspirações para o Esporte e Exercício.
De 06 a 09 de Novembro de 2013 Hotel Castelmar - Florianópolis / SC

Realização: SOBRAPE , SOCAPE, CESUSC PSICOLOGIA DO
ESPORTE E DO EXERCICIO Como fatores psicológicos afetam o desempenho físico dos indivíduos Entender como a participação
esporte e exercício afetam o
desenvolvimento psicológico,
a saúde e o bem – estar de
uma pessoa; Viabiliza o diagnóstico das capacidades mentais, sociais e emocionais no contexto esportivo e possibilita a melhora do desempenho do atleta.

Permite, ainda, a análise dos fatores cognitivos, mentais e psicofisiológicos, dos processos motivacionais e realcionais do esportista.

Testes padronizados só podem ser aplicados, analisados e interpretados por profissionais habilitados – PSICÓLOGO. Desempenhos realizados
no passado Experiências Vicárias Fontes no Esporte de Autoeficácia Estados Fisiológicos Estados
Emocionais Experiencias
Imaginativas Persuasao
Verbal Processos Motivacionais é o processo ativo, intencional e dirigido a uma meta, que depende da interação de fatores pessoais (intrínsecos) e ambientais (extrínsecos); são atitudes e julgamentos de ações baseadas no repertório de experiências passadas, que orientam comportamentos futuros DIMENSÕES DO DESEMPENHO Dimensões Técnica, Tática, Física e Psicológica Sucesso Fracasso FATORES PSICOLÓGICOS
(Feltz, Short & Sullivan, 2008) Processos Afetivos são as reações emocionais dos indivíduos, como estresse e ansiedade que as pessoas experimentam em situações ameaçadora são as escolhas das pessoas frente o que
vão fazer de acordo com aquilo que sentem que são capazes de executar com sucesso; Processos de Seleção TREINADOR
Full transcript