Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Betina Schroeder

on 17 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

SIMULANDO O TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL:

Como proteger os Direitos Humanos em tempos de guerra?
Autoras:


Betina B. Schroeder
Larissa Urruth Pereira

Orientadora:

Tatiana de Almeida
F. R. Cardoso
I Edição da Competição TPI
No período de 07 a 10 de maio de 2013, foi realizada a fase nacional da I Edição da Competição de Simulação Judicial perante o Tribunal Penal Internacional, na qual 5 equipes de diferentes universidades, enfrentaram-se, atuando como se partes fossem na Corte Penal Internacional.


Objetivo
Difundir o mandato, atividades e jurisprudência da Corte (e de outros órgãos judiciais com competência para julgar crimes positivados no Estatuto de Roma);
Estimular o conhecimento e a aplicação do direito penal internacional.
Como funciona?
A fase nacional se divide em duas partes (escrita e oral) e se desenrola a partir da divulgação de um caso ocorrido em um Estado fictício.
Nesta 1.ª edição: dois grupos armados hipotéticos se enfrentavam no Estado de Antaño, cometendo, em função disto, Crimes de Guerra, bem como Crimes contra a Humanidade.

Fase Escrita
Elaboração de memoriais/alegações finais enquanto Defesa, Acusação e Representação Legal das Vítimas.
Fase Oral
Sustentação oral dos argumentos em audiências, perante uma sessão de juízes.
Após cada audiência, os juízes deliberavam acerca do desempenho de cada equipe, concedendo notas, as quais só foram divulgadas após a última audiência. As três melhores equipes, com melhor pontuação, somando a fase escrita e oral, enfrentaram-se na final, onde a posição processual a ser defendida foi sorteada.
A Audiência Final
A equipe da UNIRITTER alcançou o segundo lugar na final disputada contra a UNISAL e a GV Direito (FGV-SP), essa última, enquanto equipe vencedora representará o Brasil na fase internacional da competição, que será realizada em Haia, em julho deste ano.


Considerações Finais
A participação em uma competição desse porte enriquece a formação do aluno, colocando-o diretamente em contato com o Direito Internacional Penal, fazendo com que aprenda através da experiência prática, discutindo violações aos direitos humanos que atualmente não são tão hipotéticas.
Contribui também, para a vida profissional do estudante, estimulando desinibição, ao fazer com que sustente seus argumentos perante uma banca de juízes.
Integrantes da Equipe Uniritter
Betina B. Schroeder - Oradora
Larissa Urruth Pereira - Oradora
Rebeca Pizzi - Pesquisadora
Tássia Tavares - Pesquisadora
Marcelo Butelli - Pesquisador
Mariane Flores - Assistente
Profa. Tatiana Cardoso - Orientadora
Assista a final no Youtube
.
Obrigada pela atenção!
betinabarbacovi@hotmail.com
Full transcript