Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sorossilicatos

No description
by

Angela Cristina

on 25 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sorossilicatos

Clivagem - Boa em (001)
Dureza - 6,0
Densidade relativa - 3 - 3,2
Fratura - Subconchoidal
Brilho - Vítreo
Cor - Azul, verde a marrom
Associação - Associada a minerais de cobre.
Propriedades Diagnósticas - Hábito, associação mineral, densidade, cor.
Ocorrência
- Encontrada em depósitos de cobre, preenchendo amígdalas ou vesículas.
Usos
- Não apresenta.

Sorossilicatos
Estrutura
Hemimorfita
Clivagem - Perfeita {110}
Dureza - 4,5 - 5
Densidade relativa- 3,4 - 4,5
Fratura - Subconchoídal
Brilho - Vítreo, subperláceo
Cor - Azul, verde, amarelo, marrom
Associação - Associada a smithsonita, willemita, sulfetos de zinco, ferro e cobre.
Propriedades Diagnósticas - Estrias paralelas ao eixo b, hábito, traço branco, cor, associação mineral.
Ocorrência
- Encontrados em camadas de rochas calcárias.
Usos
- Fonte de zinco.
Lawsonita
Clivagem - Perfeita em {100} e {010}
Dureza - 6,0 - 6,5
Densidade relativa - 3 - 3,1
Brilho - Vítreo a graxo
Cor - Incolor, azul-pálido, cinza-pálido.
Associação - Associada a granada, clorita, albita, pumpellyíta, titanita e allanita.
Propriedades Diagnósticas - Associação mineral e propriedades ópticas.
Ocorrência
- Mineral secundário em alterações de gabros e dioritos ou como mineral acessório em certos xistos azuis de alta pressão.
Usos
- Não apresenta.
Pumpellyíta
Melilita
Caracterizam-se pelos grupos tetraédricos duplos, isolados, onde dois tetraedros SiO4 são unidos por um dos oxigênio comum a dois tetraedros.
Unidade Estrutural = (Si2O7)6-
Lavenita
Clivagem - Boa {100}
Dureza - 6
Densidade relativa - 3,4 - 3,5
Brilho - Vítreo
Cor - Incolor, amarelo, marrom
Associação - Associada a astrofilita, rosenbuschita, catapleíta.
Propriedades Diagnósticas - Geminação lamelar em {100}, solúvel em HCl, propriedades ópticas
Ocorrência
- Encontrado como mineral acessório em nefelina sienitos ou pegmatitos.
Usos
- Não apresenta.
Clivagem - Moderada {001}
Dureza - 5 - 6
Densidade relativa - 2,9 - 3,1
Fratura - Conchoídal
Brilho - Vítreo a resinoso
Cor - Amarelo, marrom, marrom-esverdeado
Associação - Associado a olivinas.
Propriedades Diagnósticas - Prismas tetragonais ou pseudo-octagonais, propriedades ópticas, cor.
Ocorrência
- Mineral comum, contituinte de rochas ricas em feldspatóides, como nefelina basaltos e leucititos.
Usos
- Não apresenta.
Vesuvianita (idocrásio)
Clivagem - Perfeita {010}
Dureza - 6,5
Densidade relativa - 3,1 - 3,3
Brilho - Vítrio a resinoso
Cor - Branco-acinzentado, cinza, verde, amarelo, vermelho, rosa.
Associação - Frequentemente associado a quartzo, feldspato, actinolita, axinita, clorita e outros.
Propriedades Diagnósticas - Hábito, propriedades ópticas (opticamente positivo), testes químicos.
Ocorrência
- Mineral tipicamente metamórfico e hidrotermal, ocorrendo em rochas como gnaisses, mica xistos, anfibolitos, serpentinitos, skarnitos; também ocorre e rochas como quartzitos, calcários e arenitos como produto de alteração. Ocorre em basaltos, por alteração de albita (espilitização). Descrito também em granitos.
Usos
- Pode ser usado como gema.
Grupo do Epídoto
Habito Crsistalino: prismático ortorrômbico
Dureza: pouco maior que 6
Cor: azul a violeta, verde, castanha, rosa, amarela, cinzenta ou incolor
Fratura: Irregular
Traço: Branco
Brilho: vítreo
Zoisita (Ca2(Al.OH)Al2(SiO4)3
Quando euédricos, os cristais apresentam estriação paralela ao eixo principal. Também paralela à direção do eixo principal existe uma direção de clivagem perfeita.
As ocorrências transparentes têm qualidade gemológica.
Epídoto
(pistacita)
Clivagem - Perfeita {001}, imperfeita {001}
Dureza - 6
Densidade relativa - 3,3 - 3,4
Brilho - Vítreo a resinoso
Cor - Verde, amarelo, vermelho, marrom, cinza, preto.
Associação - Frequentemente associado a quartzo, feldspato, actinolita, axinita, clorita e outros.
Propriedades Diagnósticas - Cor (em geral amarelo-esverdeado), longitudinalmente estriado, clivagem, decomposto parcialmente em HCl.
Ocorrência
- Mineral tipicamente metamórfico e hidrotermal, ocorrendo em rochas como gnaisses, mica xistos, anfibolitos, serpentinitos, skarnitos; também ocorre em rochas como quartzitos, calcários e arenitos como produto de alteração. Ocorre em basaltos, por alteração de albita (espilitização). Descrito também em granitos.
Usos
- Usado como gema.
Clinozoisita
Clivagem - Perfeita {010}
Dureza - 6,5
Densidade relativa - 3,1 - 3,3
Brilho - Vítrio a resinoso
Cor - Branco-acinzentado, cinza, verde, amarelo, vermelho, rosa.
Associação - Frequentemente associado a quartzo, feldspato, actinolita, axinita, clorita e outros.
Propriedades Diagnósticas - Hábito, propriedades ópticas (opticamente positivo), testes químicos.
Ocorrência
- Mineral tipicamente metamórfico e hidrotermal, ocorrendo em rochas como gnaisses, mica xistos, anfibolitos, serpentinitos, skarnitos; também ocorre e rochas como quartzitos, calcários e arenitos como produto de alteração. Ocorre em basaltos, por alteração de albita (espilitização). Descrito também em granitos.
Usos
- Pode ser usado como gema.
Allanita
Clivagem - Imperfeita {001}
Dureza - 5 - 6,5
Densidade relativa - 3,0 - 4,2
Fratura - Subconchoídal
Brilho - Submetálico a resinoso
Cor - Marrom a preto
Associação - Variável em rochas ácidas a básicas.
Propriedades Diagnósticas - Hábito, halos pleocróicos, em geral radioativa, testes químicos, propriedades ópticas.
Ocorrência
- Mineral acessório de várias rochas como granitos, sienitos, dioritos e pegmatitos. Em rochas metamórficas, ocorre em gnaisses, anfibolitos, skarnitos e outras. Raramente como espécie detríticas.
Usos -
Pode ser fonte de terras raras.
Piemontita
Cristalografia - Monoclínico   
Classe – Prismática
Dureza - 6 - 6,5
Densidade relativa - 3,4 - 3,6
Brilho - Vítreo a resinoso
Cor - Vermelho, marrom a preto (tricóico).
Propriedades Diagnósticas - Cor, clivagem, sinal óptico, formula pleocróica e outras. 
Ocorrência -  Mineral pouco frequente,  metamórfico ou hidrotermal, ocorrendo em rochas como sericita xistos, riolitos e andesitos. Ocorre também em depósitos de manganês, podendo ser de origem metassomática, típico de pressão alta.
Usos
- Não apresenta.
Clinozoisita
Clivagem - Perfeita {010}
Dureza - 6,5
Densidade relativa - 3,1 - 3,3
Brilho - Vítrio a resinoso
Cor - Branco-acinzentado, cinza, verde, amarelo, vermelho, rosa.
Associação - Frequentemente associado a quartzo, feldspato, actinolita, axinita, clorita etc.
Propriedades Diagnósticas - Hábito, propriedades ópticas (opticamente positivo), testes químicos.
Ocorrência
- Mineral tipicamente metamórfico e hidrotermal, ocorrendo em rochas como gnaisses, mica xistos, anfibolitos, serpentinitos, skarnitos; também ocorre e rochas como quartzitos, calcários e arenitos como produto de alteração. Ocorre em basaltos, por alteração de albita (espilitização). Descrito também em granitos.
Usos
- Pode ser usado como gema.
Nesta classe os tetraedros (SiO4)4- (esquerda) ligam-se através dos vértices, formando agregados isolados.
Full transcript