Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Sistema Estrutural na Obra de Oscar Niemeyer (res) - por Leonardo Inojosa

Apresentação da Mesa redonda na Jornada de Arquitetura e Urbanismo 2012 - UNIP Brasília
by

Leonardo Inojosa

on 3 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Sistema Estrutural na Obra de Oscar Niemeyer (res) - por Leonardo Inojosa

"Antigamente quando se terminava uma estrutura viam-se apenas lajes e apoios. A arquitetura vinha depois, como uma coisa secundária e eu queria o contrário, essa junção das estruturas com a arquitetura, queria que elas nascessem juntas e fossem bastante sem nenhum detalhe para demonstrar o projeto de arquitetura." Responsável pelo cálculo estrutural do Museu Oscar Niemeyer em Curitiba, 2002 e, mais recentemente do Museu Nacional em Brasília, 2007.

Com Niemeyer, Sussekind tem desafiado os limites do concreto armado nos últimos 30 anos. Sistemas Estruturais na Arquitetura
de Oscar Niemeyer Projetos Recentes.

Responsável por diversas obras da fase internacional de Niemeyer, como a sede da editora Mondadori em Milão na Itália em 1968 e a Universidade de Constantine, na Argélia em 1969. Edifício de Classes – Universidade de Constantine, na Argélia.
Fonte: Fundação Oscar Niemeyer Sede da Editora Mondadori em Milão, Itália. Fonte: UNDERWOOD, 2002, pag. 111. Vista aérea da Ponte Costa e Silva em Brasília. Foto de Augusto Areal.
Fonte: Infobrasília. Ponte Costa e Silva, 1967. Solução arquitetônica e estética com referência na arquitetura da cidade mas que estava em total harmonia com a solução estrutural. Palácio da Alvorada, 1956-1957. Palácio da Alvorada, Brasília 1957. Foto : Marcel Gautherot. Fonte: UNDERWOOD. 2003 p. 86. Primeiro palácio a ser construído em Brasília, em 1956;

Destaca-se a forma dos apoios dos pilares, que parecem apenas tocar levemente o solo; As obras arquitetônicas de Oscar Niemeyer se destacam pelo arrojo das formas e a plasticidade escultural.

A relação com a estrutura sempre marcou o trabalho de Niemeyer, ele sempre exigiu muito de seus calculistas, desenvolvendo a cada projeto novas formas para a estrutura.

Podemos notar que a técnica e os conceitos estruturais são questões de grande importância em toda sua obra. Apresentação Responsável pelo cálculo estrutural do Instituto Central de Ciências – ICC, em 1962, o superior Tribunal de Justiça, em Brasília em 1989 e o Museu de Arte Contemporânea – MAC de Niterói de 1996. Croqui de Niemeyer para o Museu de Arte Contemporânea – MAC de Niterói, no texto, uma alusão à contribuição de Bruno Contarini. Fonte: Fundação Oscar Niemeyer. Ilustrações com base no Gráfico de Momento Fletor para a Ponte Costa e Silva.
Fonte: FONSECA, Roger, 2007, p. 105. Palácio do Itamarati, 1963-1970. Catedral Metropolitana de Brasília, 1959. Estrutura dos pilares da Catedral de Brasília, 1959 – primeira fase da construção.
Fonte: Arquivo Público do DF. Estrutura inovadora e ousada totalmente aparente na obra terminada. Foto da construção em que aparecem os apoios dos pilares do Palácio da Alvorada antes de serem aterrados. Fonte: VACONCELOS, 1992 (Volume I), pág. 89. Os apoios das colunas foram “escondidos” sob o solo, dando a sensação de extrema leveza às colunas da fachada. Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte – MG. Fonte: Revista Techne, nº 154. Janeiro de 2010. Longevidade, continuidade e qualidade nos trabalhos, projetos importantes depois de 85 anos de idade;

Parceria do engenheiro calculista José Carlos Sussekind;

Desafios de inovação e reinvenção, novas soluções e novas formas arquitetônicas ; Estagiário no escritório de Lúcio Costa;

Importante participação na equipe do projeto do MEC no Rio de Janeiro em 1935;

Primeiro contato com Le Corbusier. Edifício do Ministério da Educação e Saúde, atual Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro. Fonte: CPDOC FGV em CASTRO, 2009. Oscar Niemeyer, em 1960. Foto de Rene Burri, fonte: FARIA, 2007, pag. 48 Arquiteto Oscar Niemeyer BRASÍLIA, 4 de Outubro de 2012 UNIP – Universidade Paulista
Jornada de Arquitetura - 2012 Mediador:
Arq. LEONARDO DA SILVEIRA PIRILLO INOJOSA, Msc
Componentes:
Prof. Dr. MÁRCIO AUGUSTO ROMA BUZAR;
Arq. MARCOS RITTER DE GREGÓRIO, Msc
Arq. NATHALIA COELHO PEREIRA, Msc O SISTEMA ESTRUTURAL NA OBRA DE OSCAR NIEMEYER

– Mesa Redonda– Construção de Brasília: Catedral de Brasília, 1959; Cúpula da Câmara dos Deputados, 1958; Museu Histórico e Brasília, 1960. De 1956 a 1964, construção de Brasília. Cardozo é integrado por Niemeyer à equipe da NOVACAP e é o responsável pelos projetos estruturais dos principais edifícios da nova capital nacional. Em 1940, Niemeyer convida Joaquim Cardozo para fazer o cálculo estrutura dos edifícios do projeto do Conjunto da Pampulha. Igreja São Francisco de Assis - 1945-55
(Conjunto da Pampulha). A primeira influência de Oscar Niemeyer na engenharia estrutural.

Pioneiro do concreto armado no Brasil e no mundo. Considerado como o “pai do concreto armado no Brasil”.

Responsável pelo cálculo estrutural, do MEC, no Rio de Janeiro em 1936. b. Funcionamento do sistema estrutural de contraventamento desenvolvido por Baumgart para o edifício do MEC.
Fonte: VACONCELOS, 1992 (Volume I), págs 29 e 30. a. Sistema estrutural da laje “cogumelo tipo Baumgat”; Diagrama de momentos fletores nas vigas no sentido Leste-Oeste do Palácio do Itamaraty.
Fonte: SANTOS, 2007. Os esforços estão concentrados nos pilares internos da estrutura, o que permite, a exemplo dos outros palácios, maior leveza nas colunas da fachada.
Sede da Editora Mondadori – Milão, Itália
Fonte: Wikimdia Commons Grande vãos e formas cada vez mais livres;

Recordes mundiais na tecnologia do concreto armado;

A inventividade de Niemeyer contribui para a evolução da técnica construtiva, colocando os profissionais brasileiros a frente de seu tempo;

Em 1988, Niemeyer recebe nos Estados Unidos o Prêmio Pritzker de Arquitetura. Juscelino Kubitscheck e Joaquim Cardozo;

Primeira obra individual de renome internacional e de maturidade artística do arquiteto;

Ruptura com o formalismo estrutural vigente, utilizando o limite da tecnologia do concreto armado;

Entre 1943 e 1953, projetos como a Casa de Canoas e Ibirapuera, consolidam o estilo ousado da Pampulha; Igreja São Francisco de Assis na Pampulha, Belo Horizonte-MG. Foto do autor. Antigo cassino, 1950, atual Museu de Arte da Pampulha
(Conjunto da Pampulha). Casa do Baile. 1943-48
(Conjunto da Pampulha). Sede do Touring Club, 1962. Diagrama de Momento Fletor da viga de cobertura do Touring Club do Brasil, Brasília. Desenho do autor. Programa FTOOL. Antigo Touring Club do Brasil, Brasília.
Foto do Autor. O desenho arquitetônico seguindo as linhas do sistema construtivo.
Apoios internos.




A laje da cobertura não é contínua no trecho da varanda.




A espessura da laje diminui até encontrar os pilares, Cortes transversais do Palácio da Alvorada.
Fonte: VACONCELOS, 1992 (Volume I), pág. 88. Para diminuir a carga pilares da fachada Joaquim Cardozo utilizou vários artifícios: ENGENHARIA ARQUITETURA A arquitetura nasce junto com a estrutura.

A própria função define o sistema estrutural e esse por sua vez é responsável pela forma.

O desenho estrutural se aproxima do resultado formal. Obras consagradas de diversas épocas e nacionalidades utilizam o componente estrutural como parâmetro norteador do projeto. Palácio Tiradentes,
Belo Horizonte – MG.
Fonte: Revista Techne, nº 154 Museu Nacional,
Brasília - DF.
Foto do Autor Museu oscar Niemeyer,
Curitiba - PR.
Fonte: Wikimedia Commons 16 pilares distribuídos em uma circunferência de 60 metros de diâmetro, tomam a forma de um parabolóide hiperbólico.



Anel de compressão, por dentro dos pilares no ponto onde esses se encontram, impedindo que as colunas se fechem.





Anel de tração, contorna toda a base e funciona como um tirante, absorvendo todos os esforços horizontais das colunas. Estrutura da Catedral de Brasília. Programa AutoCAD. por Carlos Magalhães, 2001.
Fonte: PESSOA, 2002 A simplicidade do programa arquitetônico e da planta baixa do conjunto contrasta com a complexa solução estrutural adotada. ENGENHARIA ARQUITETURA Distanciamento do calculista com as questões formais e estéticas do projeto arquitetônico. Arquitetos não levam em conta a adequação do sistema estrutural ao projeto ainda na fase de criação. Atualmente existe uma dificuldade na integração dos projetos de arquitetura e de estruturas. Sistemas Estruturais
na Arquitetura Supremo tribunal Federal em Brasília. Foto do autor. Palácio do Planalto em Brasília. Foto de Bernie DeChant, fonte: FARIA, 2007, pag. 21 Valorização da estrutura na aqrquitetura;

Utilização do potencial técnico do concreto armado, desafios tecnicos a Joaquim Cardozo;

Unidade de pensamento entre arquiteto e engenheiro;

Sistema estrutural definindo a arquitetura: “… lá em Brasília, quando uma estrutura se concluía a arquitetura já estava presente.” (Oscar Niemeyer) Catedral de Brasília. Foto do Autor. Calculista de Estruturas Teórico de Arquitetura Professor Topógrafo Caricaturista Engenheiro Escritor Poeta Joaquim Cardozo foi um homem muito culto, segundo Oscar Niemeyer, o homem mais culto que já conheceu. Os Calculistas de Niemeyer José Carlos Sussekind Bruno Contarini Emílio Baungart Joaquim Cardozo “A preocupação que sempre mantive em relação às estruturas é compreendida pelos técnicos do concreto amado com quem até hoje trabalhei”
(NIEMEYER, 2000) Sua trajetória profissional pode
ser dividida em cinco fases: Formação profissional Pampulha a Brasília Brasília Projetos no exterior (décadas de 1960 a 1980) Palácio do Itamaraty, Brasília.
Fotos do Autor O Engenheiro da Poesia
Full transcript