Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

GUERRA DE CANUDOS

No description
by

Oian Lopes

on 12 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of GUERRA DE CANUDOS

A GUERRA DE CANUDOS
Guerra de Canudos ou Campanha de Canudos, conflito amplamente conhecido e elaborado na história do Brasil, entre os integrantes de um movimento popular de fundo sócio-religioso liderado por Antônio Conselheiro e o exército brasileiro, que teve a duraçao de aproximadamente uma ano (1896 a 1897), na então comuidade dos participantes do movimento de canudos.
CAUSAS
A REAÇÃO DOS LATIFUNDIÁRIOS
GUERRA DE CANUDOS
ANTÔNIO CONSELHEIRO

- O governo baiano, com o apoio dos grandes latifundiários (donos de terras, chamados de Coronéis), passou a exigir que toda a população pagasse impostos.

- Porém a estiagem daquele ano foi uma das piores, destruindo roças, matando animais, levando a fome, miséria e desemprego. Para forçar a população a pagar grupos armados que eram contratados pelos coronéis.
- Os grandes fazendeiros da área, sentindo-se ameaçados, se uniram então à igreja e criaram um forte grupo de pressão sobre a recém-instaurada República, exigindo que fossem tomadas as devidas providência contra Conselheiro e seus seguidores.

- Foram criados boatos de que Canudos estava se armando para dominar cidades de seus arredores e partir em direção à capital, na intenção de depor o atual governo republicano e reinstituir a monarquia.
INFORMÇÕES
Período:
Novembro de 1896 a Outubro de 1897.
Local:
Interior do sertão da Bahia.
Envolvidos:

-
De um lado os habitantes do Arraial de Canudos liderados por Antônio Conselheiro.

-
Do outro lado as tropas do governo da Bahia com apoio de militares enviados pelo governo federal.
O revolucionário de canudos
- Conselheiro dizia ser um enviado de Deus, e que sua missão na Terra era liderar um movimento contra as injustiças sociais;

- Ele se tornou um mandarilho, ele saiu no meio das matas do sertão pregando;

-Ele também dizia que ideal era voltar para a monarquia;

- Por essa razão acabou se tornando o inimigo número 1 dos latifundiários.

- Ele conseguiu arrebatar dezenas de homens, que se uniram e lutaram em uma das Guerras Civis mais importantes da História.
Filho de comerciante Antônio Vicente Mendes Maciel mais conhecido como Antônio conselheiro, nasceu em 13 de março de 1830, na Vila de Quixeramobim, interior do Ceará, conselheiro ficou órfão da mãe aos seis anos. Aos 27 anos, perdeu o pai e começou a cuidar da loja da família, com a qual sustentava as quatro irmãs, 22 de setembro de 1897 Morre Antônio Conselheiro. Não se sabe ao certo qual foi a causa de sua morte. As razões mais citadas são ferimentos causados por uma granada.
BIOGRAFIA

A INTERVENÇÃO DO EXÉRCITO

- Mesmo não havendo prova alguma de tais rumores, o Exército foi destacado e enviado para Canudos.

- As três primeiras expedições militares contra Canudos saíram de lá derrotadas, e o poder de batalha encontrado na situação acabou apavorando a opinião pública, que passou a exigir a destruição total do arraial, o que legitimou um massacre de até 20 mil sertanejos.
SIGNIFICADO DO CONFLITO
A Guerra de canudos significou a luta e resistência das populações marginalizadas do sertão nordestino no final do século XIX. Embora derrotados, mostraram que não aceitavam a situação de injustiça social que reinava na região.
SITUAÇÃO DO NORDESTE
- FOME:
desenprego e baixíssimo rendimento das famílias deixavam muitos sem ter o que comer.
- SECA:
a região do agreste ficava muitos meses e até anos sem receber chuvas. Este fator dificultava a agricultura e matava o gado.
- FALTA DE APOIO POLITICO:
os governantes e políticos da região não davam a mínima atenção para as populações carentes;
- VIOLÊNCIA:
era comum a existência de grupos armados que trabalhavam para latifundiários. Estes espalhavam a violência pela região.
- DESENPREGO:
grande parte da população pobre estava sem emprego em função da seca e da falta de oportunidades em outras áreas da economia.
A DERROTA DE CANUDOS
- Depois de várias expedições, finalmente o povo de canudos rendeu-se de forma corajosa, depois de muitas baixas do exército fortemente armado.
- A quarta expedição que derrotou o exército de canudos ocorreu em 5 de outubro de 1897
By Oian Santos
Full transcript