Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Trabalho de Astrofísica - 1 ano do Ensino Médio.

No description
by

Gabriel de Mello

on 21 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Trabalho de Astrofísica - 1 ano do Ensino Médio.

A complexidade da vida como conhecemos.
Radioastronomia.
O que é considerado um planeta habitável? Como a água é essencial para manter todas as formas de vida, é crucial que as condições do planeta permitam a existência de água em forma líquida para que possa conter vida. Se o planeta estiver muito perto da estrela, a água não poderá se condensar, e se ele estiver muito longe ela estará sempre congelada. E a área entre as duas distâncias? Esse ponto é conhecido como a zona habitável de uma estrela.

A zona habitável ou zona Goldilocks é definida como a área ao redor da estrela na qual o fluxo de energia estelar permite à superfície terrestre do planeta permanecer na temperatura correta, possibilitando a existência da água em estado líquido.

A espectativa de vida no universo, no espaço-tempo cósmico.
"luz"
Sir. Isaac Newton
Johannes Kepler
Eba! Finalmente a teoria da gravitação está completa!
Galileu Galilei
Podemos afirmar que os primeiros que começaram a formular hipóteses sobre o movimento dos astros foram, Ptolomeu e Copernico que, por sua vez, sugeriu um modelo heliocêntrico para o sistema solar.
Uma breve história da gravidade.
Só que não!
Aeeeeee!
As leis de kepler
Resumindo, Kepler desenvolveu três regras matemáticas que eram capazes de descrever as órbitas dos planetas.

1° - Um planeta se move em uma elipse com o Sol em um dos focos.
2° - Os planetas percorrem áreas iguais da sua órbita em intervalos de tempos iguais
3° - O quadrado do período orbital é proporcional ao cubo das distâncias planetárias medidas a partir do Sol

ou
"Terceira lei de Kepler ou lei harmônica, é a relação precisa entre o tamanho da órbita de um planeta e o período gasto por ele para completar uma volta em torno do Sol. Isto se aplica nitidamente a Urano, Netuno e Plutão, planetas descobertos bem depois da morte de Kepler."- Carl Sagan, em COSMOS.
Surge Einstein.
Einstein formulou:
"A Teoria da Relatividade Geral."
"A Teoria da Relatividade Restrita."
Que na verdade são uma única teoria, porém como estamos falando sobre gravitação, infelizmente vamos abordar apenas a Teoria da Relatividade Geral.
"Relatividade Geral"
A gravitação é considerada como uma deformação do espaço-tempo, explicando assim que a gravidade é uma curvatura do espaço-tempo causada por um corpo e sua massa. Quanto maior for a massa de um corpo, mais o espaço-tempo se encurvará.
Um tanto abstrato né?
"Bom vamos deixar um verdadeiro Físico explicar."
O conceito de espaço, ou melhor espaço-tempo.
A teoria da relatividade geral nos diz que o espaço e tempo são interligados, formando assim uma grandeza de quatro dimensões, as 3 dimensões que conhecemos mais uma quarta dimensão que seria o tempo.




Poderiamos perguntar de que modo podemos unificar grandezas com propriedades tão distintas.
Sabemos que tempo é medido em segundos, horas, etc enquanto que espaço ou seja, comprimento, é medido em metros, quilômetros, etc.

Como fazer essa união matemáticamente?

Isso é feito multiplicando-se o termo associado ao tempo pela velocidade da luz, o que dá uma medida de espaço uma vez que espaço = velocidade x tempo
Mudando de assunto, ou não...
Esses conceitos mudaram nossa forma de ver o mundo. Agora espaço e tempo são uma única entidade, entre tantas outros conceitos fantásticos que não poderei abordar.
Afinal o que é um radiotelescópioo?
Um radiotelescópio observa as ondas de rádio emitidas por fontes de rádio(naturais ou artificiais), normalmente através de uma ou um conjunto de antenas parabólicas de grandes dimensões.O radiotelescópio mais conhecido é o localizado em Arecibo, Porto Rico. Outro, também muito conhecido, é o Very Large Array (VLA), em Socorro, Novo México.
A equação de Drake
Principio da equivalência.
S.E.T.I.
(Busca por Vida Inteligente Extraterrestre)



SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) é uma área científica cujo objetivo é detectar vida inteligente fora da Terra. Uma abordagem, conhecida como rádio SETI, usa telescópios de rádio para ouvir sinais de rádio de banda estreita do espaço. Tais sinais não são conhecidos por ocorrer naturalmente, para uma detecção provaria a tecnologia extraterrestres.


A primeira busca por sinais de vida inteligente foi realizada por Frank Drake, que apontou o radiotelescópio para duas estrelas vizinhas do nosso sistema estelar: Episilon Eridani e Tau Ceti. De Episilon Eridani só foi captado ruído. De Tau Ceti, porém, receberam um sinal modulado de aparente origem extraterrestre. Porém, constatou-se mais tarde que o sinal captado nada mais era do que uma interferência causada por uma cidade próxima.


Até hoje foram captados 37 sinais que não foram explicados. Entre eles, o famoso sinal Wow!, captado em 1977 em Ohio, pelo radiotelescópio "Big Ear ".





Zona habitável.
Introdução
Movidos pelo mistério, os homens tentam entender como o universo em que habitamos funciona. Milênios se passaram e ainda existem mistérios a serem desvendados.
Como tudo funciona? Essa pergunta parece simples, porém sua resposta é complexa, e nem foi respondida totalmente.
Sinal "Wow"
Trabalho de Astrofísica.
Temas:
Campo gravitacional e sua relação com as massas e distâncias.

Estimativa de vida no Universo.

A busca pela vida inteligente extraterrestre.

Alunos responsáveis: Clebson Azevedo, Fernanda Santos, Gabriel de Mello, Julio Braga e Larissa Lopes.
"Existem muitos mundos ou haverá um só? Esta é uma das perguntas mais nobres e elevadas no estudo da Natureza."
- Albertus Magnus, século XIII
Obrigado por contemplar nosso trabalho!
"Diante da vastidão do espaço e da imensidade do tempo,
é uma alegria para mim
partilhar um planeta e uma época com vocês!"
-Carl Sagan (Adaptado)
"Eu consigo calcular o movimento dos corpos celestiais, mas não a loucura das pessoas."
Slides elaborados pelo aluno: Gabriel de Mello
"Às vezes acredito que há vida em outros planetas às vezes eu acredito que não. Em qualquer dos casos, a conclusão é assombrosa."
-Carl Sagan
"Basicamente foi o primeiro a pensar em alguns conceito que envolviam gravidade."
Explicação encontrada no capítulo 7 do curso de ASTROFÍSICA GERAL do observatório nacional.
Newton mostrou que a gravidade não somente faz uma maçã cair ao chão mas também governa os movimentos dos planetas e seus satélites. A teoria da gravitação de Newton deve se aplicar a quaisquer corpos até mesmo, por exemplo, a estrelas binárias.
Newton expressou a lei universal da gravitação em forma matemática, mostrando que a força da gravidade cai inversamente com o quadrado da distância entre dois corpos.

"
"
kkkkkk - Rindo potássios!
Nossos antecessores prepararam o caminho, devemos então aperfeiçoá-lo.
-Gabriel Mello
Full transcript