Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Livro Olam

Uma viagem pelo mundo de Olam - Crônicas de Luz e Sombras
by

Leandro Lima

on 1 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Livro Olam

MUNDO OLAM
UMA VIAGEM PELO...
PRINCIPAIS CIDADES DE OLAM
A terra de Olam
Há milhares de anos habitava em Olam um povo chamado de Os Kedoshins. Eram criaturas de luz praticamente incorpóreas que foram designadas para preparar o mundo para a habitação dos homens. Os Kedoshins pacificaram a terra, expulsando as trevas que cobriam o mundo, subjugando monstros e criaturas, e construíram cidades gloriosas ao sul de Olam.

Quando os homens surgiram na terra, os kedoshins os ajudaram, mostrando-lhes como extrair as potencialidades do mundo e de si mesmos. Além da arte e da tecnologia, eles ensinaram aos homens a lapidação das pedras shoham, uma espécie poderosa de pedra, que devidamente lapidada, podia oferecer confortos, facilidades e longevidade ao homem.
Um acontecimento nefasto, entretanto, subverteu toda a ordem e causou uma longa era de guerras, que por fim, foi interrompida pelo julgamento dos irins.

Os kedoshins se retiraram do mundo, mas deixaram aos homens dois presentes preciosos: uma espada (Herevel) e uma pedra branca que ficou conhecida como "O Olho de Olam".

Assim, começou a segunda era de Olam.
Leandro L. Wurlitzer
OLAMIR - CAPITAL DE OLAM
BETHOK HAMAIM
SALMAVET
Ben, é um jovem apelidado de “guardião de livros”. Ele trabalha numa espécie de biblioteca secreta em Havilá, uma pequena cidade de Olam. Foi criado por um homem misterioso chamado Enosh, um latash, um lapidador que utiliza técnicas proibidas nas pedras shoham.

Um incêndio na biblioteca e o desaparecimento de seu mestre o obrigam a partir numa jornada em busca de respostas.

Atraídos pelo destino, acabam no centro dos grandes acontecimentos que determinarão a continuidade ou o fim de Olam. Entre reis e mestres-lapidadores, tiranos e sacerdotes, princesas e guerreiros, descobrem o que há de melhor e pior nos seres humanos, e em si mesmos.

Criaturas do mundo antigo, terríveis demônios, cidades impressionantes e batalhas estão na rota do guardião de livros. Mas ele terá que enfrentar outras batalhas. Dividido entre a amizade e o amor, entre a lealdade e a paixão, percebe que seus maiores temores são testes pequenos diante do que terá que enfrentar quando começar a descobrir as misteriosas razões que o colocaram no centro de todos esses acontecimentos.
A saga “Olam” é uma trilogia

Volume 1: Crônicas de Luz e Sombras
Volume 2, Crônica do Mundo e do Submundo
Volume 3 Crônicas da Morte e da Ressurreição (sendo escrito).

Aspectos distintivos literáros da obra:
1) Construído sobre a literatura hebraica antiga, com volumosa pesquisa na Bíblia Hebraica, termos e criaturas.

2) A relação entre os opostos “luz e sombras”, “mundo e submundo”, “morte e ressurreição”.

3) As pedras shoham. As pedras shoham eram abundantes em Havilá (Gn 2.12 traduz shoham por ônix). É a mais antiga pedra preciosa descrita na Bíblia Hebraica. Ninguém sabe ao certo de que tipo de pedra se tratava; a tradução como ônix não é convincente. Também não é possível dizer se, no tempo em que essas pedras foram colocadas na estola sacerdotal do sumo sacerdote, tinham alguma função especial (Êx 25.7). Essa pedra foi mencionada em Ezequiel 28.13 como uma das pedras com que um suposto querubim caído se enfeitava ainda no tempo do Éden.

4) Cenas que privilegiam a ação e o dinamismo. Descrição de batalhas de tirar o fôlego.

5) Três narradores diferentes em cada livro, iniciando e fechando o livro em primeira pessoa.

6) Trama central gira em torno do mistério enolvendo o "Guardião de Livros".
CRIATURAS INCRÍVEIS
PRINCIPAIS FUNÇÕES EM OLAM
GIBORIM
Guerreiro sagrado de Olamir. Há apenas cinquenta. Manuseiam armas potencializadas por pedras shoham.

NASÎ
Antiga classe de guerreiros extinta, os precursores dos giborins. Eram treinados pelos kedoshins.

MESTRE-LAPIDADORClasse de artífices que são iniciados nos segredos da lapidação das pedras shoham. São treinados na academia de Olamir. Só podem exercer a função dentro da cidade, sob rígida supervisão do Conselho.

SACERDOTEClasse de religiosos que existem em todas as grandes cidades. Formam conselhos locais que administram cada cidade.

MELEK
Cargo mais importante de Olam. Os Melek são descendentes diretos dos homens que fundaram a cidade de Olamir há dez mil anos. Com a ascensão dos Conselhos de Sacerdotes, o Melek teve seu poder reduzido, porém ainda preside o Grande Conselho.

LATASH
Mestres-lapidadores clandestinos que não se submetem às leis do Grande Conselho de Olamir. Remanescentes de uma antiga sociedade secreta intitulada Conselho Cinzento. Praticam técnicas de lapidação proibidas, inclusive uma técnica perigosa que abre o conhecimento e a longevidade deles, porém os torna estéreis.

CASHAPH
Um feiticeiro das pedras. No passado, foram rivais dos latash. As lendas falam que já existiu um Conselho Negro. Até onde se sabe, eles foram extintos.
Principais Aspectos Cristãos

1) A existência não é permeada pelo relativismo, mas por conceitos absolutos.
2) Os contrastes são determinantes (luz X sombras, mundo x submundo, morte x ressurreição.
3) A soberania de
El
se revela no mundo em todos os detalhes, quase sempre imperceptíveis.
4) Não é uma alegoria, mas uma ficção que privilegia uma cosmovisão cristã.
5) Criação - Queda - Redenção - Consumação
Outros povos e criaturas
KEDOSHINS
Espíritos benignos que ajudaram os homens a construírem sua civilização. Ensinaram aos homens a técnica da lapidação das pedras shoham. Forjaram Herevel e lapidaram o Olho de Olam. Construíram o reino mais esplendoroso da era anterior, cuja capital se chamava Irkodesh. Retiraram-se de Olam por razões misteriosas.

IRINS
Foram os juízes da era anterior. Por decreto deles, todo tipo de criaturas foi lançada no Abadom. Ainda aparecem, de vez em quando, na floresta de Ganeden.

DAKH
Antigo povo de baixa estatura que ajudou os kedoshins a extraírem as pedras shoham. Desapareceram nas Harim Adomim, as montanhas onde as pedras foram extraídas.

RIONS
Antigo povo esguio de pele pálida que construiu cidades de gelo nas Harim Keseph. Ajudaram Olamir na batalha que estabeleceu a supremacia da cidade e o estabelecimento do Olho de Olam na capital. Ninguém sabe encontrar os portais para as cidades de gelo dos rions.

POVO DE ZAMAR
Homens pequenos como crianças que habitam a floresta de Ganeden. Um povo festivo e alegre, mas que conhece muitos mistérios.

EVRÁ
Águia de Kenan, transportadora de pedras sentinelas. Sua plumagem é dourada. Ela tem quase dois metros de envergadura de asas.

BEHEMOT
Criatura da primeira Era do mundo, rival do Leviathan.

LEVIATHAN
O último remanescente da poderosa espécie de dragões-reis. Um monstro colossal capaz de abater uma cidade sozinho. Uma das duas criaturas da era anterior que ainda pode andar por Olam, porém não deve sair da quente região sul de Olam.

RE'IM
Um cavalo alado com um chifre solitário na testa.

SARAPH
Uma serpente gigante abrasadora de Midebar Hakadar.

SUSICH
Uma espécie de centauro.

YA'NA
Uma criatura semelhante ao avestruz, que pode carregar homens para a batalha.

TANNININS
Dragões capazes de carregar um homem. Existem aos milhares na terra de Hoshek.
SCHACHAT
SALMAVET
Full transcript