Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Formação do Sistema Solar

No description
by

Cristina Silva

on 15 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Formação do Sistema Solar

Como se formou o Sistema Solar ?
Teoria Catastrófica
Colisão entre duas estrelas (Buffon 1749)
Aproximação entre duas estrelas
(Chamberlain 1900)
Teoria Nebular
Contracção de uma nebulosa gasosa em rotação que formou o sol no centro. A partir deste libertaram-se anéis de matéria que originaram os planetas. (Kant- Laplace1776)
Constituição do Sistema Solar
SOL

Ocupa 99% da massa do Sistema Solar
Planetas Principais
Orbitam em torno do Sol;
Têm massa suficiente para terem gravidade própria e apresentam uma forma arredondada;
Dominam claramente a sua órbita.
Planetas Secundários
Planetas que giram em torno de um planeta principal
.
Exemplo: Lua
Planetas Telúricos ou Rochosos
Os planetas telúricos do Sistema Solar são Mercúrio, Vênus, Terra e Marte
Estão mais próximos do Sol e por esse motivo, situam-se no Sistema Solar interior.

Têm maior densidade que restantes planetas do Sistema Solar. Esta relação planetária está relacionada com a formação do sistema solar, dado que os materiais mais densos tendem a concentrar-se mais perto do sol e os mais leves mais longe.

A sua composição interna é basicamente rochas (silicatos), ferro e outros metais pesados.
Planetas Gasosos
São planetas de grandes dimensões;
Estes planetas são corpos compostos, maioritariamente, por gases (Hidrogénio, Hélio, Metano) possuindo um pequeno núcleo sólido rochoso no seu interior;

A sua composição é semelhante à da nebulosa original que deu origem ao sistema solar;
Existem quatro planetas gasosos no sistema solar: Júpiter, Saturno, Urano e Neptuno.
Este filme não contém legendas!
E não obstante toda esta complexidade, o que vimos não passa de um minúsculo ponto na vastidão do Universo.
É uma estrela
Planetas anões
São corpos celestes muito semelhantes a um planeta principal, uma vez que orbitam em torno do Sol, possuem forma arredondada mas não possuem uma órbita desimpedida.
Todos os planetas do sistema solar realizam dois movimentos
Movimento de rotação
Movimento de translação
Pequenos corpos do Sistema Solar
Asteróides
Corpos rochosos de forma irregular que seguem as leis gerais do movimento dos planetas
Este é o Mathilde, um asteróide com 59 km de comprimento.
Cometas
São pequenos corpos celestes esferoidais compostos por água, gases gelados e poeira rochosas. Têm diâmetros entre 1km e 10km e apresentam órbitas muito excêntricas
O Halley é um cometa famoso porque nos visita a cada 76 anos.
Meteoróides
São o resultado da colisão entre asteróides ou da desagregação de um cometa.
Quando entram na atmosfera terrestre, sofrem um aquecimento devido ao atrito e tornam-se incandescentes deixando um rasto luminoso denomidado
meteoro
.
Os meteoróides que resistem ao atrito provocado pela atmosfera e colidem com a superfície terreste denomimam-se

meteoritos
.
Classificação dos Meteoritos
Sideritos ou Férreos
- Formados por ferro e níquel com inclusões de troilite.
Siderólitos ou Petroférreos-
São constituídos, em idêntica proporção, por minerais silicatados e de uma liga metálica de ferro e níquel.
Aerólitos ou pétreos-
Possuem uma elevada % de minerais silicatados e uma reduzida % da liga de ferro e níquel. Estes ainda se dividem em
condritos
e
acondritos
.
Formação do planeta Terra- acreção e diferenciação
e Ganimedes
Ceres
Plutão
1)
Formação de um protoplaneta, heterogéneo e de baixa densidade, a partir da aglutinação de planetesimais e de fenómenos de acreção.
2)

Afundamento dos materiais metálicos mais pesados, como o ferro e o níquel, para as zonas mais profundas do planeta e subida, para a superfície, dos materiais menos densos, como silicatos.
3)

Arrefecimento da superfície do planeta e consequente formação da crusta terrestre.
Full transcript