Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cinema

No description
by

Sofia Prazeres

on 21 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cinema

A 28 de dezembro de 1895, no Salão Grand Café, em Paris, os irmãos franceses Auguste e Louis
Lumiére
, fizeram uma apresentação pública do produto por si inventado ao qual deram o nome de
Cinematógrafo
(máquina de filmar, revelar e projetar). O filme exibido foi "A chegada de um comboio à estação". A sua apresentação pública marcou oficialmente o início da história do cinema.
As primeiras películas, rodadas a seguir à "Saída da Fábrica", tiveram um caráter de mera curiosidade científica.
Georges Méliès foi um ilusionista francês de sucesso e um dos precursores do cinema, que usava efeitos fotográficos para criar "efeitos especiais". Este começou a exibir filmes em 1896, sendo que o mesmo realizou centenas de curtas-metragens, tais como "Viagem à Lua", "Um Jogo de Cartas", "A Sereia", entre outros.
O Vitaphone
No final dos anos 20 surgiu um sistema de sonorização no cinema, o Vitaphone, que permitia a sincronização do filme com um disco de 78 rotações, dispensando a presença dos músicos. A possibilidade de introduzir som no cinema obrigou a repensar a sua função dramática, uma vez que para além da música era possível incluir diálogos e ruídos.
A primeira longa-metragem sonora foi "
The Jazz Singer
", com o ator Al Jolson.
O Cinema no Mundo
A introdução do som no cinema revolucionou a produção cinematográfica nos EUA, onde surgiam os grandes estúdios e se consagravam as estrelas de Hollywood. Em 1929 o cinema falado representava 51% da produção norte-americana. Seguiram-se outros centros cinematográficos em França, na Alemanha, na Suécia e em Inglaterra. A partir de 1930, a Rússia, o Japão, a Índia e os países da América Latina recorreram à nova descoberta.
Atualmente, os maiores produtores cinematográficos são a Índia e os EUA. O cinema é conhecido como a sétima arte, no entanto, porque também é um meio de comunicação e de informação, é um
media
.
Bibliografia / Netgrafia
WIKIPÉDIA. - (2015). História do cinema, acedido em maio 16, 2015 em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_cinema
WIKIPÉDIA. - (2015). L'Arrivée d'un train en gare de La Ciotat, acedido em maio 16, 2015 em
http://pt.wikipedia.org/wiki/L%27Arriv%C3%A9e_d%27un_train_en_gare_de_La_Ciotat
WIKIPÉDIA. - (2012). Georges Méliès, acedido em maio 17, 2015 em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_M%C3%A9li%C3%A8s
WIKIPÉDIA. - (2013). Une partie de cartes, acedido em maio 17, 2015 em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Une_partie_de_cartes
LINDOMAR. - (2006). História do Cinema, acedido em maio 19, 2015 em
http://www.infoescola.com/cinema/historia-do-cinema/
WEBCINE. - (2005). História do Cinema, acedido em maio 19, 2015 em
http://www.webcine.com.br/historia1.htm#Cinema mudo
WIKIPÉDIA. - (2014). Cinematógrafo, acedido em maio 19, 2015 em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinemat%C3%B3grafo
SOUSA, Rainer. - (2015). O cinematógrafo dos Lumière, acedido em maio 19, 2015 em
http://www.historiadomundo.com.br/francesa/o-cinematografo-dos-lumiere.htm
BJR. - (2014). GEORGES MÉLIÈS - O MESTRE DOS EFEITOS ESPECIAIS, acedido em maio 20, 2015 em
http://obviousmag.org/archives/2009/06/georges_melies.html
SANTANA, Ana Lucia. - (2006). Cinema Mudo, acedido em maio 20, 2015 em
http://www.infoescola.com/artes/cinema-mudo/
WIKIPÉDIA. - (2015). Charlie Chaplin, acedido em 20, 2015 em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Charlie_Chaplin
SANTIAGO, Luiz. - (2011). Plano Histórico #3 / Uma Introdução ao Cinema Sonoro, acedido em maio 20, 2015 em
http://www.planocritico.com/plano-historico-uma-introducao-ao-cinema-sonoro/
Durante 30 anos, foi apenas possível registar a imagem, sendo que a intenção era transmitida através de legendas, mímica e expressões corporais, ao qual se deu o nome de Cinema Mudo.
Os filmes eram praticamente silenciosos sendo acompanhados por um pianista que se encontrava nas salas de cinema, a quem cabia o papel de criar, através da música, o suporte sonoro das cenas, com uma função meramente ilustrativa. Nas salas mais afortunadas, poder-se-ia até encontrar orquestras inteiras, muitas vezes com partituras originais para o filme. Por isso, o cinema nunca foi "totalmente" mudo.
Charlie Chaplin
foi considerado uma das figuras mais importantes do cinema mudo.
Cinema Mudo
Ano Letivo: 2014 / 2015
Trabalho realizado por:
Sara Prazeres N.º22
Sofia Prazeres N.º23
8ºG
Professora: Elsa Costa
Escola Básica Carlos Ribeiro
Disciplina: História
Introdução
Este trabalho de pesquisa integra-se na disciplina de História e destina-se a aprofundar os nossos conhecimentos sobre o cinema.
Vamos então apresentar o conceito de cinematógrafo, também retratando quem o inventou, dar a conhecer um pouco do ilusionista Georges Méliès, definir cinema mudo e o facto do mesmo não ser "totalmente" mudo, dar a conhecer o sistema de sonorização no cinema, o Vitaphone, e retratar o cinema no mundo.
Conclusão
Com este trabalho pensamos ter atingido os objetivos propostos, pois aprendemos mais sobre a história do cinema, dando a conhecer o conceito de cinematógrafo, e a defenição de cinema mudo e vitaphone. Tratando os temas atrás definidos como melhor entendemos e utilizando imagens e vídeos para uma melhor compreenção dos mesmos.
Full transcript