Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

II Encontro Municipal de Dirigentes Desportivos

No description
by

Vitor Filipe

on 7 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of II Encontro Municipal de Dirigentes Desportivos

Plataforma de Clubes II Encontro Municipal de
Dirigentes Desportivos Necessidades A autarquia acredita no sucesso de uma plataforma de clubes formal! O que é Faro 2013 Reunião 29 de Março I Encontro em Fevereiro de 2012 Plataforma De Clubes Comunicação Recursos Humanos Transportes Infra-estruturas De uma forma geral, todas as associações/clubes presentes realçaram a necessidade de uma maior e melhor divulgação das suas atividades, apresentando as seguintes propostas:
•divulgação através de MUPIs que estejam a cargo da Câmara;
•criação de um microsite criado dentro do site da Câmara;
•criação de uma newsletter desportiva e uma revista desportiva distribuídas no IPJ, DRE ou DRALG, entre outras entidades e locais chave;
•divulgação das actividades e associações recorrendo a demonstrações no parque das figuras; Quanto aos recursos humanos, em conjunto, as associações/clubes aperceberam-se que podiam solucionar o problema da falta de recursos humanos investindo ou até mesmo utilizado recursos já existentes. Propondo a aposta na criação de um bolsa de voluntários que permitisse o voluntariado por parte de estudantes, reformados e outros membros da sociedade. Para conseguir voluntários, referiu-se a possibilidade de utilização de bolsas existentes como a bolsa de voluntários da Câmara Municipal de Faro.
A criação de um regime de intercâmbios entre associações foi outras das ideias propostas. De forma a encontrar soluções para a problemática de falta de transporte próprio das associações/clubes foram equacionadas as seguintes soluções
•Protocolos com rentacares
•Protocolos com concessionários auto;
•Trocas entre as próprias associações/clubes com veículos próprios; A problemática foi apresentada como estando centrada em três áreas principais: I - Sedes, II - Espaços desportivos e III – Equipamentos, sendo apresentadas soluções específicas para cada uma.
I – Sedes:
•Inclusão das associações/clubes no mapeamento de espaços não utilizados para possíveis futuros contratos de comodato;
•Pedido de terrenos à Câmara;
•Partilha de sedes entre clubes.
II - Espaços desportivos
•Inclusão nos projetos da Câmara;
•Adaptação das infraestruturas da Câmara;
•Criar parcerias com privados.
III - Equipamentos
•Junção de coletividades para partilha de sedes e equipamentos desportivos;
•Rentabilização dos espaços da Câmara entregando aos clubes a sua gestão e manutenção. Finanças Para solucionar a falta de financiamentos, as associações/clubes enunciaram as seguintes possíveis soluções:

•apoiar o processo para obtenção de estatuto de utilidade pública;
•protocolar entre entidades trocas de serviços e isenções de pagamentos;
•agregar associações para recolha de patrocínios/serviços e produtos com preços preferenciais;
•criar um evento anual das associações/clubes com empresas;
•desenvolver um pacote de Team Building para empresas;
•interligar evento/marca;
•adequar a dimensão das associações às atividades/rendimentos O conjunto de propostas apresentadas culminou com a criação de um grupo de trabalho para estudar a possibilidade de desenvolver uma plataforma municipal de associações e clubes desportivos. Plataforma de trabalho formal Grupo de trabalho Informal Vantagens Desvantagens - Mais-valia da realização de sinergias;
- Representatividade oficial;
- Reconhecimento Local, Nacional e Internacional;
- Vinculo das associações pelo - Excessiva Burocracia
- Falta de Recursos Humanos;
- Processo lento de constituição. Vantagens Desvantagens - Agilidade a curto prazo;
- Baixos custos de funcionamento. - Menor compromisso;
- Falta de identificação ou reconhecimento A plataforma de clubes poderá assegurar um apoio constante ao nível da racionalização/angariação de recursos financeiros, que colmatarão a atual impossibilidade legal e económica por parte da autarquia de apoiar financeiramente as coletividades nos próximos anos;

Aumento da capacidade de negociação da plataforma de clubes na angariação de apoios e realização de contratos publicitários, com transportes e espaços, quer desportivos quer para sedes;

Facilidade na realização de documentos que congreguem toda a informação desportiva, servindo posteriormente para efeitos de divulgação e formação; Uma associação de clubes e de sociedades desportivas, pessoa coletiva de direito privado, de fins não lucrativos, ao abrigo do Decreto-Lei Nº. 248-B/2008, de 31 de Dezembro, que resulta de um agrupamento de clubes cujo objeto será:
A defesa dos direitos e dos legítimos interesses dos clubes e sociedades desportivas seus filiados;
Fomento, Promoção, Divulgação da prática desportiva, em todas as suas vertentes, assim como dos clubes e sociedades desportivas seus filiados;
Promover reuniões para debate de assuntos relativos ao desporto no concelho de Faro;
Promover a formação desportiva para os agentes desportivos em atividade nos clubes e sociedades desportivas seus filiados;
Organização de eventos desportivos;
Estabelecer parcerias com instituições públicas e setor empresarial com vista ao desenvolvimento desportivo no Concelho de Faro; Para que Serve Realização de eventos que revertam a favor da mesma e consequentemente dos seus associados;
Realização de protocolos com o setor empresarial para a redução de custos com transportes, equipamentos, aspetos legais, inspeções e tratamentos médicos;
Criação de serviços desportivos remunerados com vista à comparticipação do desporto federado;
Realização de ações de formação de acordo com as necessidades dos seus associados;
Criação de pacotes de experiências desportivas dirigidas, quer ao turismo, como a empresas;
Congregação de toda a informação desportiva com o intuito de melhorar a comunicação e divulgação do desporto concelhio;
Promoção conjunta da iniciação desportiva do concelho;
Angariação de patrocinadores e mecenas para fazer face às despesas com as atividades regulares; Como Funciona? Plataforma De Clubes RECURSOS HUMANOS – as especificidades desta plataforma exigem um profissional a tempo inteiro, remunerado, dinâmico e com perfeito conhecimento da situação desportiva no Concelho, nomeadamente com serviço prestado no associativismo local e com formação superior, de preferência na gestão desportiva e/ou marketing. RECURSOS FINANCEIROS Despesas Valor anual Técnico Comunicações Sede Transportes Outros 14.500,00 € 2.500,00 € 2.500,00 € 1.500,00 € 5.000,00 € 26.000,00 € Receitas Valor anual Sócios Efetivos Sócios Institucionais Apoios Eventos/Publicidade TOTAL 1.440,00 € 12.000,00 € 10.000,00 € 5.000,00 € 28.840,00 € Correspondente à quotização mensal de 20 sócios no valor de 120,00€ anuais Correspondente à quotização mensal de 10 sócios no valor de 1.200,00€ anuais Correspondente à redceita de eventos e venda de publicidade nas instalações desportivas préviamente protocoladas e eventuais publicações feitas pela Associação de Clubes Próximos Passos Constituição Constituir uma associação de clubes e de sociedades desportivas, pessoa coletiva de direito privado, de fins não lucrativos, ao abrigo do Decreto-Lei Nº. 248-B/2008, de 31 de Dezembro. Decisão Marcar reunião para levantamento das necessidades para o funcionamento da Plataforma, tomada de decisão relativamente à forma de constituição e respetivos elementos constituintes. RECURSOS MATERIAIS - numa fase inicial, a CMF colaborará com a disponibilização de um espaço para o funcionamento da sede e com o suporte informático para que possam ser dados os primeiros passos na organização estrutural da plataforma. Após este período inicial, será necessária uma sede com todos os recursos necessários ao seu funcionamento. Entrada em funcionamento Numa fase inicial, poderá funcionar a partir da Divisão de Desporto e Juventude usufruindo dos meios existentes. Plataforma de Clubes Férias Desportivas
Entregar via e-mail a proposta de actividades, com horários, localizações e contactos até ao próximo dia 10 de maio. Apoio na Divulgação Apoio em Instalações A autarquia disponibilizará gratuitamente as instalações do Centro Náutico, das Piscinas e restantes campos de futebol mediante pedido até ao próximo dia 10 de maio. Apoio no seguro À semelhança de anos anteriores, incluiremos os praticantes inscritos no seguro desportivo da Câmara Municipal de Faro.
Eventos Desportivos Verão Ativo Conjunto de atividades realizadas durante a época balnear, na praia de Faro. Pretende-se com este evento mostrar o produto do trabalho associativo através de um momento demosntrativo, que possa simultaneamente contribuir para a angariação de fundos que reverta para os clubes. Gala Desportiva À semelhança de anos anteriores, pretendemos mais uma vez, proporcionar aos munícipes uma experiementação das atividades desportivas que são oferecidas no concelho. Faro Ativo Apoio logístico regular A autarquia continua a apoiar o tecido associativo através da cedência de uma série de meios próprios, quase exclusivamente para o associativismo, cuja avaliação se estima em cerca de 600 mil euros anuais. Instalações desportivas Como podemos verificar a autarquia continua a ser a principal fonte de cedência de instalações desportivas para que os clubes possam realizar a sua prática regular. Número de praticantes federandos Evolução do número de clubes 63 Clubes Ativos
Full transcript