Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cinema nas décadas de 30, 40, 50 e 60

Marilyn Monroe, Manoel de Oliveira e Franklin Roosevelt
by

Vanessa Pereira

on 7 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cinema nas décadas de 30, 40, 50 e 60

Cinema Nos Estados Unidos o cinema é marcado pelo domínio dos grandes estúdios de Hollywood;
É também marcada pela utilização do som;
O som permitiu também o nascimento de um novo género: o musical.
Aparecem estrelas como Maurice Chevalier, Fred Astaire e Ginger Rogers. 1950 Após a 2ºGrande Guerra ocorreu uma nova mentalidade cinematográfica;
O aparecimento da televisão permitiu aos estúdios ganharem dinheiro com a venda de filmes para o pequeno ecrã e alguns aproveitaram as suas estruturas para produzirem conteúdos televisivos;
Para combater a fuga de espectadores das salas de cinema, os estúdios começaram a apostar em avanços tecnológicos como os filmes a três dimensões que necessitavam de uns óculos especiais;
Os sistemas de projeção de grande formato contribuíram para o surgimento do cinema espectáculo.
Assim, chegam ao grande ecrã filmes que marcaram a década e nos dias de hoje como "Um Americano em Paris" (1951), "Serenata à Chuva"(1952), "Os 10 Mandamentos" (1956) e "A Volta ao Mundo em 80 Dias"(1956). 1997 1940 1930 1960 Meios de comunicação: Óscares A Academia das Artes e Ciências Cinematográficas foi fundada em 1927.
As suas cerimónias de entrega de prémios em breve se tornaram famosos;
Os prémios eram estatuetas douradas, com uma espada;
Existem várias histórias para explicar porque razão o troféu recebeu o apodo “Óscar”. Apareceram os primeiros filmes a cores - "Flowers and Trees" de 1933 e a longa-metragem Becky Sharp, de 1935;
A tecnologia de filmes a cores teve o seu melhor exemplo com o épico "E Tudo o Vento Levou";
Em França, o trabalho de realizadores como Jean Renoir reflecte uma visão negra que antecipa a guerra que se avizinhava;
Antes da guerra, a Alemanha produzia mais de 200 filmes por ano; Após a ascensão de Hitler em 1933, a industria cinematográfica alemã passa a ser controlada pelo Ministro da Propaganda, Joseph Goebbles, dando origem a verdadeiras homenagens ao fascismo, como o filme "O Triunfo da Vontade";
Em Espanha, o cinema é controlado pela Companhia Industrial del Film Espanol e com a ascensão do ditador Franco, no final da década, os filmes passam para a mão do Estado;
Na União Soviética, a produção é dominada por dramas, adaptações literárias e acontecimentos históricos, destacando-se o trabalho do realizador Sergei Eisenstein. Acontecimentos da década: Os estúdios Paramount Pictures, Warner Bros. e 20th Century Fox são os donos da maioria das salas de cinema dos Estados Unidos;
O Presidente da 20th Century Fox é forçado a vender o estúdio depois de ter perdido a sua fortuna no crash da bolsa em 1929;
A Itália estreia o seu primeiro filme sonoro, "La Canzone dell’amore", realizado por Gennaro Righelli;
Nasce o primeiro jornal diário dedicado exclusivamente à indústria cinematográfica: "The Hollywood Reporter";
Devido à grande depressão, o número médio de espectadores diminui nos EUA;
A Universal Pictures estreia "Dracula" e "Frankenstein" e inicia o seu famoso ciclo de filmes de terror; Sob o comando do produtor Arthur Freed, os musicais da Metro-Goldwyn-Mayer atingem o ponto alto durante a década;
Marilyn Monroe assina um contracto de longa duração com a 20th Century Fox;
É testada, em Chicago, uma versão de televisão paga, cujos clientes tinham direito a ver filmes novos;
A cerimónia de atribuição dos Óscares é transmitida pela primeira vez através da televisão;
A Warner Bros começa a produzir programas de televisão;
"Hércules" é o primeiro de uma série de filmes italianos dobrados em inglês a ter sucesso nos Estados Unidos. Acontecimentos da década (continuação): O filme "L’ Armata Azzurra", um tributo à força área de Mussolini, é o primeiro filme de propaganda italiano;
Na Alemanha, os nazis assumem controlo da indústria cinematográfica e forçam os judeus a abandonar os seus postos de trabalho;
A Warner Bros fecha o seu escritório de distribuição em Berlim em reacção à política anti-semita do governo Nazi Alemão;
A personagem Bugs Bunny é criada por um grupo de desenhadores da Warner Bros;
A 20th Century Fox é o primeiro estúdio a usar a rádio para promover os seus filmes;
A Branca de Neve e os Sete Anões, da Disney, é a primeira longa-metragem de animação;
Hattie Mcdaniel vence o Óscar na categoria de melhor actriz secundária e torna-se a primeira pessoa de raça negra a vencer um Óscar. Acontecimentos da década: Naves tinham sido utilizadas para bombardeamentos durante a guerra, mas foram adaptadas para uso civil depois do conflito;
A década de 1920 assistiu também ao nascimento do autogiro. Inventado por um engenheiro aeronáutico espanhol, Juan de la Cierva, é um antepassado do helicóptero moderno, concebido para levantar e poisar em pequenas distâncias e para voar a velocidades baixas.
Em 1925, a administração Postal dos EUA foi autorizada a celebrar contratos com companhias de aviação para o transporte de correio e, no ano seguinte criaram-se 14 rotas de correio aéreo. Em 1927 os aviões de correio norte-americanos transportaram um total de 37 000 passageiros. A 2ª Grande Guerra Mundial está na origem da mudança do panorama cinematográfico mundial;
Ao contrário da Europa, a produção cinematográfica americana do inicio da década é pujante e capaz de produzir filmes tão diversos como: "Vinhas da Ira", "Rebecca", "Casamento Escandaloso" e "O Grande Ditador";
Com a entrada do país na guerra, Hollywood contribuiu também com a sua parte, através de vários filmes destacando-se o filme: "Casablanca" que ganhou 3 Óscares (melhor filme, realizador e argumento);
O inicio da década é também marcada pela estreia do que é, hoje, considerado como o melhor filme de todos os tempos: "O Mundo a Seus Pés";
Inicia-se a produção de pequenos filmes musicais que eram vistos em máquinas semelhantes a jukeboxes até 1946;
O governo americano cria o Gabinete de Informação de Guerra (Office of War Information) para coordenar a propaganda de guerra e os laços com Hollywood. Uma das suas práticas é a censura cinematográfica;
Devido à guerra, Hollywood sofre restrições que vão afectar a rodagem e a estreia de filmes. Com o recrutamento de muitos das suas estrelas masculinas, Hollywood sente dificuldade em encontrar protagonistas para os seus filmes;
Na Alemanha, o governo nazi nacionaliza a indústria cinematográfica;
Tem lugar a primeira edição do Festival de Cinema de Cannes em 1946;
Marilyn Monroe posa nua para um calendário e estreia-se no último filme em que os irmãos Marx contracenam juntos: "Love Happy" em 1949;
A Grã-Bretanha, à semelhança de outros países europeus, impõe limites à quantidade de dinheiro que as empresas americanas podem retirar do país. Esta medida encoraja os estúdios americanos a investir parte dos seus lucros na produção cinematográfica local em 1948; Acontecimentos da década: Os acontecimentos ocorridos pouco alteraram o tipo de filmes produzidos em Hollywood;
Os estúdios apostavam cada vez mais em grandes espectáculos e chegaram às salas de cinema filmes como "Amor sem Barreiras", "Cleópatra", "Música no Coração", entre outros;
Tinham muitos outros filmes por onde escolher, entre eles os protagonizados por Elvis Presley;
As alterações no panorama cinematográfico americano deveram-se essencialmente a dois filmes estreados em 1967: "Bonnie e Clyde" de Arthur Penn e "A Primeira Noite" de Mike Nichols.
"Cowboy da Meia-Noite", filme classificado para adultos, ganhou o Óscar para melhor filme;
A produção americana entrava, assim, numa nova fase e a substituição do velho e desadequado Código de Produção, em 1968 por um sistema de classificação de filmes, veio ajudar a essa transformação. Acontecimentos da década: A empresa de casting norte-americana Central Casting começa a permitir que os actores negros tenham igualdade de oportunidade na selecção de papéis;
Uma nova versão do Código de Produção permite que a homosexualidade seja abordada em filmes;
Marilyn Monroe é vítima de uma overdose e a sua morte choca o mundo inteiro em 1962;
Sidney Poitier é o primeiro actor negro a vencer o Óscar para melhor actor pelo filme Lilies of the Field;
O realizador francês François Truffaut lança o livro “Hitchcock” em 1966;
A Motion Pictures Association of America institui um sistema de classificação de filmes, que substitui o Código de Produção em 1968. Nome artístico de Norma Jeane Mortenson;
Nasceu em Los Angeles, no dia 1 de junho de 1926 e morreu em Los Angeles, no dia 5 de agosto de 1962;
Foi uma das mais célebres atrizes norte-americanas;
Foi também cantora e modelo;
É uma das mais famosas estrelas de cinema de todos os tempos, um símbolo de sensualidade e um ícone de popularidade no século XX;
Tornou-se uma estrela com o filme: "Niagara" em 1953;
Em 1959, Marilyn venceu o Globo de Ouro de "Melhor Atriz em Comédia" com o filme: "Quanto Mais Quente Melhor". Marilyn Monroe Manoel de Oliveira Manoel Cândido Pinto de Oliveira nasceu no Porto, a 12 de Dezembro de 1908, no seio de uma família da burguesia industrial;
Com vinte anos, inscreveu-se na Escola de Actores de Cinema;
A 21 de Setembro de 1931 estreia a versão muda do "Douro, Faina Fluvial";
Em 1933, volta a ser actor, desta vez na "Canção de Lisboa", de Cottinelli Telmo;
Em 1942 realizou a sua primeira longa-metragem: "Aniki-Bóbó";
A partir de 1971 marca o início da sua teatrologia dos amores frustrados, da qual se incluem: "Benilde ou a Virgem Mãe" (1975), "Amor de Perdição" (1978) e "Francisca" (1981);
Mais tarde em 1985 voltou a ser galardoado com o Leão de Ouro pelo seu filme: "Le Soulier de Satin", no Festival de Veneza;
Manuel de Oliveira tem hoje 104 anos. Franklin Roosevelt Franklin Delano Roosevelt (1882-1945) foi o 32.° presidente dos Estados Unidos;
Do Partido Democrata, foi o primeiro presidente a conseguir mais de dois mandatos;
Durante sua estadia na Casa Branca, teve de enfrentar o período da Grande Depressão e a Segunda Guerra Mundial;
Foi o responsável pela entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial após o ataque a Pearl Harbor;
Recuperou os Estados Unidos após a crise de 29;
Implementou medidas que facilitaram o desenvolvimento do cinema nos EUA e sempre foi apoiante nessa área.
Full transcript