Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Crise de 1929, New Deal e a ascensão dos Regimes Totalitários.

No description
by

Janine Hadassa

on 24 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Crise de 1929, New Deal e a ascensão dos Regimes Totalitários.

Ao final da 1ªGM, os EUA se tornaram a maior potência mundial por financiar armamento bélico e alimentos para a Europa. Em 1920, a indústria americana era responsável por 50% de toda produção industrial no mundo.
O setor primário havia crescido pelo surgimento de novas tecnologias.
. Consumismo: foi nessa época que o consumismo tornou-se o "estilo de vida americano". Esse período dos anos 20 foi chamado de "Anos Felizes" "Ter tornara-se mais importante que o Ser" A Europa se recuperava dos prejuízos da 1ªGM. Os governos, juntamente com as indústrias, procuravam reanimar a economia Por isso,
surgiram medidas protecionistas por parte dos europeus, ou seja,
redução de importação para que a economia interna se recuperasse. No entanto, os EUA continuaram a produzir em larga escala ultrapassando a capacidade dos mercados interno e externo. Isso causou uma superprodução, ou seja, se produzia mais do que se consumia. Queda dos preços
Redução da atividade econômica
Desemprego em massa BLACK TUESDAY No dia 29 de outubro de 1929, houve uma drástica queda do valor de milhares de ações na Bolsa de Valores de Nova York. Era o marco da quebra do mercado financeiro que reduziu (até 1932) 54% da produção industrial. A Falência da Bolsa de Valores causou impactos em todo o mundo. Os EUA reduziram drasticamente suas importações e exportações, e isso afetou diretamente o Brasil, pois, o país exportava café (principalmente) para a América do Norte. Empresas e investidores agora voltavam as suas atividades para a Europa. O governo brasileiro queimou milhões de sacas de café com o objetivo de estabilizar os preços
O sistema republicano ficou desestabilizado NEW DEAL
Roosevelt adotou medidas socioeconômicas para superar a crise
(O New Deal foi inspirado no economista John Keynes). Contrariando todo o pensamento liberal da época (mínima intervenção do Estado na economia; minarquia), o New Deal era um compilado de "liberdade de mercado" e "intervencionismo". Medidas Keynesianas Controle governamental dos preços
Concessão de empréstimos para os fazendeiros
Obras públicas
Salário-desemprego
limitação dos preços e da produção às exigencias do mercado
Salários mínimos e limitação da jornada de trabalho. A partir de 1935 a economia voltou a se fortalecer. O New Deal é considerada uma precursora do Estado de bem-estar social. A partir de 2008, os EUA entraram novamente em uma crise econômica. Até hoje não houve uma total recuperação. 1929 1920, 30 e 40. Hitler e Mussolini Totalitarismo Autocrata Partido Exército Propaganda
e Censura Censura da liberdade de
expressão Doutrinação ideológica Culto à personalidade do líder Hierarquia Ideologia Extinção da oposição Forte armamento bélico Repressão
física Disciplina rígida ESTADO INDIVÍDUO A Alemanha estava desestabilizada com as consequências e reformas do pós-1ªGM.
Com o Tratado de Versalhes, a Alemanha assumiu uma dívida com os países vencedores e então, sua estrutura econômica e social entrou em colapso. Em 1923, os nazistas tentaram promover um golpe de estado. O golpe não deu certo e Hitler foi preso. Na prisão, Hitler escreveu o livro autobiográfico "Mein Kampf" que relata a ideologia nazista. Hitler tornou-se chanceler em 1933 (com o apoio do chefe de Estado, Hinderburg). Era o começo do Terceiro Reich. Em Main Kampf, Hitler pregava a superioridade da raça ariana, o antissemitismo, a total subordinação do indivíduo ao Estado e o Expansionismo (territorial e militar).
O Nazismo é o resultado de uma corrente literária, autodenominada "filosófica e científica" que já acontecia na Aústria e na Alemanha antes do século XX. A grande insatisfação política e popular levou à ascensão de regimes totalitários na primeira metade do século XX. O totalitarismo é caracterizado por:
Monopartidarismo
Autocracia
Ideologia oficial
Estado policial
Propaganda estatal
Intervencionismo econômico
Restrição às liberdades individuais
Censura O individuo estava absolutamente subordinado ao Estado. Facismo (Itália): Mussolini era o líder fascista.
Itália vivia um momento de crise, desemprego, inflação e dívidas externas altíssimas. O partido apresentava-se como a solução para a crise italiana; falavam abertamente sobre repressões às greves operárias. (doutrina antiliberal e antiproletária) O apoio desse movimento veio dos industriais e dos proprietários de terras. Em 1922, Mussolini assumiu o poder. Racismo e xenofobia Nacionalismo extremado e repressão dos protestos Em 1919, Hitler se filiou ao Partido dos Trabalhadores Alemães, mais tarde, em 1920, foi renomeado para Partido-Nacional Socialista Alemão. PROPAGANDA É A ARMA DO NEGÓCIO A partir de então, a propaganda neonazi se instalava em todos os lugares através de Goebbels. A propaganda nazista era de uma linguagem chula, sensacionalista e grosseira. Salazar e Franco O governo de Roosevelt foi um governo populista
"Roosevelt, a escolha dos trabalhadores" CRISE DO CAPITALISMO Ditaduras Ascensão dos regimes totalitários Dificuldades no pós-guerra: (principalmente Alemanha) Crise do capitalismo: com a Crise de 29, a Europa se afundou em desemprego e inflação.
Crise das democracias liberais
Avanço dos ideiais socialistas: em oposição ao socialismo estava o nazismo e o facismo. O chefe de estado alemão não conseguiu reerguer a Alemanha dos prejuízos do pós-guerra. Com isso, o Partido Nazi foi ganhando força e assim, conquistaram a maioria no parlamento nas eleições democráticas de 1932. Goebbels comandou a doutrinação nazi na Alemanha.
Hitler mantinha o controle de todos os setores da sociedade e impôs ideias nazistas às artes, à música, à literatura, ao cinema e até às pesquisas científicas. A educação alemã foi intensamente marcada pela militariazação, pelo racismo, xenofobia e antissemitismo Professores eram obrigados a ensinar a doutrina nazista.
O governo nazista organizava entre os jovens competições, reuniões e discussões políticas.
Hitler era grandiloquente, tinha a capacidade de convencer multidões e com isso, manipulava a opinião pública.
Os desfiles do exército alemão eram constantes, para passar a imagem de organização e disciplina. Em1932, Salazar tornou-se presidente do Conselho de Ministros. Concentrando todos os poderes, Salazar outorgou a Constituição de 1933. A partir daí, o ditador acabou com os partidos e censurou organizações e movimentos. Apoiado pela igreja, pelos latifundiários e pelo exército, Franco instaurou uma guerra civil na Espanha, em 1931
O objetivo era dar um golpe de estado. Franco recebeu apoio militar da Alemanha e da Itália. om o sucesso do golpe, Franco impôs ums ditadura controlada pela Falange (1933 - administravam autoritariamente a educação, os sindicatos, os meios de comunicação e os órgãos de segurança).
Esse regime foi mantido até a morte de Franco, quando a monarquia parlamentar espanhola foi restaurada, através de eleições democráticas.
Full transcript