Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

UTFPR-Universidade Tecnológica Federal do Paraná

No description
by

Jéssica Mariane

on 24 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of UTFPR-Universidade Tecnológica Federal do Paraná

UTFPR-Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Prof: Alessandro Silveira Duarte
Processos de Software
Modelo-V

O que é um processo de
Software ?
Modelo-V
Esse modelo sugere que nenhuma fase pode ser considerada completa, e a seguinte começar, até que o documento produzido esteja completo.

O Modelo-V preconiza que as atividades de testes devem iniciar desde o início do ciclo de vida do desenvolvimento do software.

Quanto mais cedo um defeito for encontrado, menor será o custo para sua correção.
Equipe: Jéssica Mariane M. dos Santos
Luciano Henrique Quintino
Mario Gobbo
William Novaes
Como Surgiu?
Empresa tecnológica alemã , em 1989.

Uma derivação do modelo Cascata, com o intuito de melhorá-lo
Fases
Verificação

Validação


O que é o Modelo V ?
Verificação- Quality Assurance
Tem como objetivo assegurar através da utilização de técnicas como inspeções de software que os requisitos são completos, não ambíguos, realizáveis, testáveis e relevan
Validação - Quality Control
Assegurar através da aplicação, por exemplo, das estratégias de testes e técnicas que o produto final corresponde aos requisitos do usuário.

Nessa fase que são feitos os testes com o software.
Testes Realizados
Testes Unitários: validar a lógica interna do sistema.

Testes de Integração: validar a integração dos módulos/componentes.

Testes de Sistema: validar o sistema em funcionamento contra os requisitos especificados.

Testes de Aceitação: validação do sistema pelo usuário final.
Vantagens
A fase de teste começa no início do ciclo.

Permitir um melhor planejamento dos testes que precisam ser executado

A segunda fase de testes é extremamente
reduzida.
Desvantagens
Dificuldade em seguir o fluxo sequencial do modelo.


É necessário maior feedback entre todas as fases do ciclo.


Não é suficientemente flexível
Conclusão
Como dizia Iris Richter (analista sênior de testes), “Os benefícios advindos da adoção do modelo em ‘V’ (V-model) no âmbito de testes é detectar os defeitos precocemente, maior envolvimento do time de testes no início do projeto e aumento da qualidade do software”.
Pode-se concluir que o Modelo-V é um modelo relativamente seguro, pois são feitos testes a todo momento do processo de desenvolvimento, garantindo assim que só se passe para próxima fase, sabendo que a anterior foi devidamente concluida.

Referências
SHUPING,LIU;LING,PANG.
The research of V model in testing embedded software
,North China, 2008.


SOFTWARE DEVELOPMENT METHOD TAILORING AT MOTOROLA
,Ireland, Magazine
Communications of the ACM - Digital rights management CACM ,April 2003.

HIRAMA, K.
Engenharia de Software: qualidade e produtividade com tecnologia
. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Elsevier editora ltda, 2012. 207 p.
Full transcript