Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Ensino de língua Inglesa na Era dos Pós-Métodos e A Aborda

No description
by

Renata Gomes

on 27 July 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Ensino de língua Inglesa na Era dos Pós-Métodos e A Aborda

O Ensino de língua Inglesa na Era dos Pós-Métodos e A Abordagem instrumental
Renata de Souza Gomes
renata_souza_gomes@yahoo.com.br

Há na attualidade uma mudança dos onceitos convencionais para métodos em direção a uma condição pós-metodológica. Tal condição empodera os professores e diminui o espaço entre teoria e prática na busca de uma alternativa para um método.
Há uma busca por uma alternativa para o método,mas não se trata de um método alternativo. (Kumaravadivelu, 1994)

Os professores desenvolveram a convicção de que não há uma perspectiva singular para o ensino de linguagem e não há uma explicação única para a aprendizagem. Em tais circunstâncias toda tentativa de criar um novo método torna-se um vão exercício (Freeman, 1991)
As dez macro-estratégias
a) Maximizar oportunidades de aprendizagem;
b) Facilitar a interação/negociação do discurso
c)Minimizar equívocos
d) Ativar conhecimento intiuitivo e heurístico
e) Promover conscientização linguística
f) Contextualizar o input linguístico
g) Integrar as habilidades linguísticas
h)Promover a autonomia do aprendiz
i)Criar concientização cultural
j)Garantir relevância social

An open-ended set of options and not a fixed outline

(Kumaravedivelu, 1994)
Teorias pós-críticas curriculares:

Identidade, alteridade, diferenças, subjetividades, construção de significado e discurso, conhecimento e poder representação cultural, gênero, raça, sexualidade e multiculturalismo.

A condição pós-metodológica prevê autonomia para o professor, pragmatismo e um ensino reflexivo e crítico.
Prabhu (1990) : sentimento de algo plausível
Um método neutro não implica em uma ausência de metodologia.
(Kumaravedivelu,1994)

Epistemologias concorrentes em Linguística Aplicada: Mutações em curso

A linguagem é uma prática social, ao estudarmos a linguagem, estamos estudando a sociedade e a cultura das quais ela é parte constituinte e constitutiva;
de que nossas práticas discursivas não são neutras, e envolvem escolhas (intencionais ou não) ideológicas e políticas atravessadas por relações de poder, que provocam diferentes efeitos no mundo social.
De que há na contemporaneidade uma multiplicidade de sistemas semióticos em jogo no processo de construção de sentido.


(FABRÍCIO, Branca Falabella. “ Linguística Aplicada como espaço de ‘desaprendizagem’ Redescrições em curso. In: MOITA LOPES, Luiz Paulo da (org) Por uma linguística aplicada Indisciplinar. São Paulo: Parábola Editorial, 2006)


Epistemologias concorrentes em Linguística Aplicada: Mutações em curso

A linguagem é uma prática social, ao estudarmos a linguagem, estamos estudando a sociedade e a cultura das quais ela é parte constituinte e constitutiva;
de que nossas práticas discursivas não são neutras, e envolvem escolhas (intencionais ou não) ideológicas e políticas atravessadas por relações de poder, que provocam diferentes efeitos no mundo social.
De que há na contemporaneidade uma multiplicidade de sistemas semióticos em jogo no processo de construção de sentido.


(FABRÍCIO, Branca Falabella. “ Linguística Aplicada como espaço de ‘desaprendizagem’ Redescrições em curso. In: MOITA LOPES, Luiz Paulo da (org) Por uma linguística aplicada Indisciplinar. São Paulo: Parábola Editorial, 2006)

An analysis to meet the curriculum
Munby's communicative Syllabus Design
Full transcript