Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Ensino 2 - O Ministério de Formação

Formação de Formadores I
by

Ezeglair de Souza

on 20 February 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Ensino 2 - O Ministério de Formação

Ensino 2
O Ministério de Formação

Formação de Formadores I
“Como o barro está nas mãos do oleiro, que o molda e o dispõe, dando-lhe todas as formas que deseja, assim é o homem na mão de quem o criou, e que lhe retribuirá segundo o seu juízo.” - Eclo 33,13-14
Querigma
+
Catequese
A EVANGELIZAÇÃO
Querigma:
Primeiro anúncio. Experiência com o Cristo Vivo e Ressuscitado.
Catequese:
Ensino sistemático e progressivo da fé, nos leva ao compromisso social, refere-se à teologia, à moral, às verdades da fé, às leis divinas, aos dogmas de fé e à liturgia.
- Catequese doutrinal: nos ajuda a compreender melhor a Revelação de Deus em Jesus;
- Exortação moral ou parêntese: nos orienta sobre como agir na vida pessoal, familiar e social.
Querigma X Catequese
Pregação:
anúncio do Evangelho sob a unção do Espírito mediante o uso de recursos da oratória e da retórica (uso persuasivo da linguagem)
- Conteúdo querigmático
Procura atingir mais a emoção e os sentimentos
- Leva a uma experiência do amor de Jesus e sua salvação
Pregação X Ensino
O Ministério de Formação
"... O que de mim ouviste em presença de muitas testemunhas, confia-o a homens fiéis que sejam capazes de instruir outros" 2 Tm 2, 1-2b
“O que ouviste de mim em presença de muitas testemunhas, confia-o a homens fiéis que sejam capazes de instruir a outros.” 2Tm 2,2.
O Ministério de Formação

Formar não é apenas transmitir idéias, jogar conteúdo ou decorar


Levar as pessoas
a tomarem a
forma de Cristo.
Ef 4,11-13

FORMAR
Jesus, Mestre, ensinou o que havia vivido
Jesus é a fonte
de toda formação.
904: "Cristo... exerce seu múnus profético não somente por meio da hierarquia... mas também por meio dos leigos, fazendo deles testemunhas e provendo-os do senso da fé e da graça da palavra“

906: Os leigos que forem capazes e que se formarem para isto podem também dar sua colaboração na formação catequética, no ensino das ciências sagradas e atuar nos meios de comunicação social.
O CIC e a Formação
311. Os novos movimentos e comunidades são um dom do Espírito Santo para a Igreja. Neles, os fiéis encontram a possibilidade de se formar cristãmente, crescer e comprometer-se apostolicamente até ser verdadeiros discípulos missionários.
212. Para cumprir sua missão com responsabilidade pessoal, os leigos necessitam de sólida formação doutrinal, pastoral, espiritual e adequado acompanhamento para darem testemunho de Cristo e dos valores do Reino no âmbito da vida social, econômica, política e cultural.
A formação é o processo de promoção do desenvolvimento integral da pessoa humana, renovada pelo Espírito, enquanto participa da vida de Deus em Cristo e de sua missão salvífica, como membro da Igreja.

É uma etapa do Batismo no Espírito Santo.
Levar os participantes da RCC a caminharem na vida segundo o Espírito de Deus, no seguimento de Jesus, e a tomarem consciência de sua missão na Igreja e no mundo, vivendo-a carismaticamente.
OBJETIVOS DA FORMAÇÃO

- Formação Carismática
Deve ser sistemática, adaptada às capacidades dos membros, espiritual e apostólica, doutrinal e ao mesmo tempo prática.
CARACTERÍSTICAS DA FORMAÇÃO

A Formação transforma o homem natural
num homem
à estatura de Cristo.

EFÉSIOS 4
- ETAPAS
Conhecer a si mesmo (o dom de si, da força interior, da verdade de si) Sem nos conhecer (talentos, dons, virtudes, aptidões, inclinações, riquezas de Deus em nós, carismas, habilidades, capacidade), não conseguiremos fazer a vontade de Deus.
Descobrir e administrar os dons e talentos, canalizando essa graça para responder ao chamado que Deus nos faz
Ativar o dom e conduzi-lo para a vocação e o serviço.
Amadurecer: chegar à estatura de Cristo.
PROCESSO DE CRESCIMENTO
DO FORMADOR
Ministrar a formação na RCC
Módulo Básico
Módulo Formação Humana
Módulos Específicos
Módulo de Formação para Coordenadores
Módulo Reavivando a Chama
Formação nos Grupos de Perseverança

O Serviço do
Ministério da Formação

- Nível Nacional: Apostilas, Orientações e Congressos

- Nível Arquidiocesano:
Formação para Formadores
Implantar e coordenar a Escola Permanente de Formação Paulo Apóstolo
Reuniões, Retiros, Encontros e Congressos
Planejar a Formação na Arquidiocese
Funcionamento do Ministério de Formação

“Incutir-lhe-ei a minha lei; gravá-la-ei em seu coração. Serei o seu Deus e Israel será o meu povo.”
Jr 31,33-34

Formação no Coração

Quem aprende muito pode ensinar muito.

Com o auxílio do Espírito, pois nos lembrará todas as coisas

Ezeglair de Souza
9 9298-2870 – Vivo
9 8245-7502 – Tim
9 8400-4867 – Claro
ezeglair@hotmail.com
Serviço:

Ministério da Palavra

Ó divino Espírito Santo,
ensina-me tudo quanto Jesus ensinou e viveu.
Dái-me inteligência para entender;
memória proativa para lembrar;
vontade dócil para praticar;
um coração generoso para corresponder aos seus convites, aqui e agora.
Por NSJC nUES... Amém!

Ensino
– transmissão da doutrina cristã, também sob a unção do Espírito Santo, mediante o uso de recursos e métodos didáticos e pedagógicos
- Conteúdo catequético: procura atingir o raciocínio e a razão
- Leva à permanência na fé, através de conhecimentos sólidos
Usa recursos e métodos didático pedagógicos

O Ministério de Formação é um serviço contínuo de capacitação, uma sistemática padronizada, apreciação do ensino, aprendizagem, renovação e atualização de servos/líderes para que atuem na RCC e na Igreja exercendo sua vocação com espiritualidade, qualidade e competência.
- Tripé:
Sagrada Escritura,
Sagrada Tradição e
Magistério da Igreja
- Dinâmica
A Formação sólida fará surgir uma espiritualidade profundamente enraizada nas fontes de vida cristã
“A formação dos fiéis leigos tem como objetivo fundamental a descoberta cada vez mais clara da própria vocação e a disponibilidade cada vez maior para vivê-la no cumprimento da própria missão” (João Paulo II)
- Nível de Grupo de Oração
Planejar a Formação no Grupo de Oração
Servos
Grupos de Perseverança
Ministérios
Full transcript