Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Dissertação Mestrado

Ortografia e produção textual em diferentes níveis do Ensino Básico
by

Inês Moura

on 23 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Dissertação Mestrado

ORTOGRAFIA E PRODUÇÃO TEXTUAL
EM DIFERENTES NÍVEIS
DO ENSINO BÁSICO

12 de abril de 2013
Problemática do estudo

Inês Moura | imoura@ua.pt
Luísa Álvares Pereira | lpereira@ua.pt
Rosa Lídia Coimbra | rlcoimbra@ua.pt
A ortografia tem sido encarada como um assunto tabu. Com uma grande polémica associada, nomeadamente com a questão do novo acordo , a ortografia levanta bastantes dúvidas não só nos alunos como nos professores e adultos em geral.
"A visibilidade dos erros ortográficos, detetados de imediato pelo professor, não deve sobrepor-se à procura de melhorias nas outras dimensões do texto. Mas, se os problemas de ortografia permanecerem, eles podem constituir um obstáculo ao desenvolvimento da relação do aluno com a escrita. Por conseguinte, as duas dimensões, a ortográfica e a textual, merecem uma atenção específica"

(Baptista, Viana e Barbeiro, 2008, p.47).
A escrita ocupa um papel quase vital no nosso quotidiano, na medida em que a comunicação que estabelecemos com os outros, de uma forma quase instantânea e por vezes irrefletida, está constantemente presente através de e-mails, redes sociais, blogues...
Objetivos de investigação
Comparar erros ortográficos e textuais de produções escritas de alunos do 4.º e 6.º anos de escolaridade;
Verificar a evolução do desenvolvimento das produções escritas dos alunos dos 9 aos 12 anos de idade;
Avaliar a evolução dos padrões de escrita do 4.º ao 6.º ano de escolaridade;
Participantes no estudo
Procedimentos de análise
WebQDA
Classificações e categorias de análise
Todas as turmas do 4.º e 6.º anos de escolaridade de um Agrupamento de Escolas de Aveiro, num total de 150 alunos com idades compreendidas entre os 9 e os 13 anos.
Conclusões do trabalho investigativo
Tanto os alunos do 4.º como do 6.º ano apresentaram, na sua maioria, textos pouco extensos (< 170 palavras);
A maioria dos alunos do 4.º ano incluiu três das quatro fases da sequência descritiva propostas por Adam (2001) – excluem a fase do Relacionamento. A maioria dos alunos do 6.º ano apenas inclui a fase da Aspetualização;
A maioria dos textos, de ambos os anos, é pobre em adjetivos;
Os alunos do 6.º ano utilizaram mais conetores nos seus textos;
No 4.º ano de escolaridade há mais variedade de marcadores espaciais;
Não existem diferenças significativas ao nível do número de erros ortográficos entre os dois anos de escolaridade;
Os tipos de erros ortográficos mais recorrentes em ambos os anos de escolaridade são: problemas de acentuação, substituições vocálicas, erros de omissão de carateres (incluindo o ‘h’ em ‘há’) e representações múltiplas.
A caneta

A caneta desliza docemente
Faz as letras, as palavras, os versos
E assim, pelos modos mais diversos
Põe no papel o que me vai na mente.

É a caneta, sempre meigamente
Que reúne pensamentos dispersos
Que dentro do meu ser vivem submersos
E aos quais vai dar vida, claramente.

A uns dá pinceladas de saudade
A outros as cores da realidade
A todos um pouco da tarde calma.

Assim a caneta é aquela Fada
Que consegue com a sua pincelada
Mostrar a poesia da minha alma.

Rogério Moura
Análise
de
Conteúdo
Análise
do
discurso
Contextualização teórica - autores de referência
Halliday and Hasan (1976);
Koch (1997);
Charolles (1978);
Bernárdez (1982);
Barros (2005);
Marques et al. (2006);
Pereira (2009);
Texto
Sequência descritiva
Adam (2001);
Rodrigues (2004);
Didática da produção de textos
Barbeiro (2007);
Barbeiro e Pereira (2007);
Pereira e Azevedo (2005);
Ortografia
Sousa (1999);
Morais (2002);
Bernárdez (2008);
Cardoso (1997);
Gomes (1987);
Zorzi (1998);
Azevedo (2000);
Barbeiro (2007);
Erro ortográfico
Tipologias do erro
Zorzi (1998);
Gomes (2001);
Araújo, Mieiro e Martins (2007);
Didática da ortografia
Allal et al. (2001);
Morais (2002);
A relação entre a ortografia e a produção de textos
Montésinos-Gelet, Morin e Lavoie (2010);
Hunkeler (2011);
Slusarczyk (2011);
Metodologia de investigação - Estudo de caso
Memorização
Compreensão
Reflexão
Qualidade textual e ortográfica
Full transcript