Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

COMO VOCÊ VAI QUERER SER LEMBRADO DEPOIS QUE VOCÊ SE FOR?

Prof. Bravin
by

João Bravin

on 9 October 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of COMO VOCÊ VAI QUERER SER LEMBRADO DEPOIS QUE VOCÊ SE FOR?

COMO VOCÊ VAI SER LEMBRADO DEPOIS QUE VOCÊ SE FOR?
EZIMAR BRAVIN
A preocupação com a posteridade.
A busca pelo sentido da existência.
A busca pelo sentido de nossa existência tembém é uma
constante na trajetória do homem pela face da Terra.
Passamos a caminhar sozinhos
Mas como vivemos em sociedade nos é colocado um constante desafio:

Conviver com o "outro".
Viver em grupo:
a difícil arte de conviver com o "outro"
- Arrrogância X Inteligência.
Não ensinar o que se sabe.
Não praticar o que se ensina.
Não perguntar o que se ignora.
Três caminhos para a infelicidade
Sartre disse que “o inferno são os outros”.
A existência do conflito
É impossível pensar uma sociedade sem conflito.
O conflito é sempre ruim
?
A Modernidade trouxe o "indivíduo"
e o "individualismo".

Na Grécia Antiga, Aquiles preocupava-se em como e se seria lembrado pelos gregos da posteridade. Por isso buscou a glória nas batalhas.
Os Faraós egípcios ordenaram a construção de grandes obras para que pudessem ser lembrados.
Uns o encontram na religiosidade.
Outros o encontram na posse de bens materiais.
Eu posso; eu sou capaz; eu me basto.
ESCOLA MONTEIRO
Preocupa-se com a arte de viver, com a elaboração de uma vida bela e boa.
Ela busca o equilíbrio entre o que quero, o que devo e o que posso.
CONVERSA COM GENTE QUASE GRANDE
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora /
Um dia a gente chega em outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história /
Cada ser carrega em si o dom de ser capaz /
De ser feliz.

Dessa forma nos tornamos ilhas.
Tocando em frente - Almir Sater
-Ser flexível não é ser volúvel
- O Exercício da alteridade.
Alguém tem algo a acrescentar?
OBRIGADO PELA ATENÇÃO
Nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a casa dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.
Por quem os sinos dobram?
Full transcript