Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

LUDWIK FLECK

No description
by

Natalia García

on 9 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of LUDWIK FLECK

Coletivo de pensamento
Estilo de Pensamento
Redescobrindo LUDWIK FLECK
Círculo
Esotérico
Comunidade
de especialistas
Pressupustos segundo os quais o coletivo constrói seus conhecimentos (Problemas que interessam o coletivo)
Normas
Cículo
exotérico
Fato científico
Observação
Experiência
Independente
do cientista
Concepções
Disposição para perceber orientado.
Contexto
Histórico-cultural
Comunidade de indivíduos que compartilham
Práticas
Concepções
Tradições
Ideias
Categorias Principais
Estilo de pensamento
Coletivo de pensamento
Círculo esotérico
Círculo exotérico
Formação de proto-ideias ou pré-ideias
Desenvolvido
Recuperada 26 de maio de 2014 as 10:41 am de http://segr-did2.fmag.unict.it/~polphil/polphil/fleck/fleck.html
Biografia
Encontrei a quase desconhecida monografia de Ludwik Fleck, “Gênese e Desenvolvimento de um Fato Científico” (Basiléia, 1935), um ensaio que antecipa muitas das minhas próprias ideias (...), a obra de Fleck me fez que essas ideias poderiam necessitar de uma colocação no âmbito da sociologia e da comunidade científica (Kuhn, 1970, p. 11)
1961 – Faleceu vítima de um segundo infarto.
1925 a 1927 – Direção do laboratório bacteriológico da divisão de doenças epidêmicas e venéreas do Hospital estatal/público de Lwów.
Nasceu no dia 11 de julho de 1896 em Lwów (Ucrânia) descendente de família judia.
1914 – Conclusão dos estudos secundários e inicio dos estudos médicos na Universidade Jan Kazimierz em Lwów.
1923- Casa-se com Ernestina Waldman.
1935 – Publicação de Gênese e desenvolvimento de um fato científico - No alemão.
1943 – Na 2ª Guerra Mundial, Fleck e sua família foram deportados para os campos de concentração de Auschwitz e Buche
nwald.
- Durante a guerra prosseguiu suas pesquisas e desenvolveu uma nova técnica de preparação de vacina contra tifo a partir da urina dos doentes.
1945 – Libertação do campo de concentração. Retorno de Fleck para a Polônia.
1947- Assume a Cátedra de Microbiologia na Universidade Marie-Curie Sklodowska em Lublin. Foi professor universitário e membro de importantes associações científicas de seu país.
1957 – Migra com a esposa para Israel, onde seu filho (Ryzard Arie Fleck) já se encontra desde o final da guerra. Assume a Diretoria da Divisão de Patologia Experimental no Instituto para Biologia Experimental em Ness Ziona.
1956 – Fleck sofre um infarto e descobre que está com câncer.
Crítica
Visão
Permanente
Fixa
constitui
Modo de perceber
Articulação
determinado pelo
Relação
Observação - Teoria
Condicionamento
Estilo de pensamento de uma época
Conceitos considerados
pertinentes nessa epoca
Proto - Ideias
ou Pré - Ideias
Idéias iniciais ainda mal delineadas
Epistemologia comparada
Idéias atuais
Idéias do pasado
Relação
Não sempre tem
Fases no desenvolvimento das idéias
Classicismo
Todos os fatos concordam perfeitamente à teoria
Exceções frequentes
Os fatos começam a não encaixar tão bem na teoria
Persistência de Ideias
Determinada
Tipos de observar
Ver confuso inicial
Ver formativo direto e desenvolvido
Treinamento prévio no campo científico
Determina perspectiva
Anula a habilidade para outras formas
Ver Formativo Direto
Determina método
Construção de conhecimento
Vincular
Conhecimento
Conhecer
Atividade social
Presença de diversos níveis
Trânsito de idéias
Entre indivíduos do mesmo coletivo de pensamento
Sofrem pequenas modificações
Fato científico
Observação
Classificação
Emergência
Sistema de Ideias
Popularização
Ampliação
Legitimação
Fenômenos Epistemológicos
Primeiro
Os indivíduos do mesmo coletivo de pensamento pensam de maneira similar.
São incapazes de comunicar-se com outros que não comungam das mesmas idéias.
Segundo
O da transformação resultante da circulação de idéias.
Terceiro
Forma pela qual as idéias são desenvolvidas dentro da estrutura do pensamento a partir das "Proto-Idéias".
Lema ou símbolo
Próprios de cada estilo de pensamento.
Inintendível para pessoas externas do coletivo.
Muda o sentido da palavra quando é traduzida ao linguagem popular.
Conhecimento
Meios de divulgação
Leigos
Massa e elite
Originado por
Proto ideias
Circulação de ideias
Efeitos constantes de estilos distintos.
Esfera pública
Full transcript