Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Coerência_progressão_textual

No description
by

Thiago Assunção

on 11 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Coerência_progressão_textual

Acesso - SF, 1TA Coerência e progressão textual Oswald de Andrade Infância

O camisolão
O jarro
O passarinho
O oceano
A visita na casa que a
gente sentava no sofá Adolescência Maturidade O Sr. e Sra. Amadeu
Participam a V. Exa.
O feliz nascimento
De sua filha
Gilberta Coerência Coerência é a relação que se estabelece entre as partes do texto, criando uma unidade de sentido.

O texto de Oswald de Andrade não possui elementos de coerência, porém conseguimos construir uma unidade de sentido. Por quê? Aquele amor
Nem me fale Apesar de não existir elementos de coesão, as ideias são encadeadas pelos títulos que dão a ideia de flashes da vida do autor. A primeira parte do texto é caracterizada pela descoberta do mundo [O oceano]

Por brincadeiras e travessuras [o jarro (que o menino quebrara), o passarinho que caçara]

A segunda é marcada pelo início das experiências amorosas, por amores perdidos, de que se lembra com carinho.

A terceira é assinalada pela formalidade e pelas responsabilidades, indicadas pela participação oficial do nascimento da filha. Se a primeira parte é uma sucessão de palavras
Se a segunda é uma frase em que falta um nexo
Se a terceira é uma participação no nascimento

Por que entendemos o texto?

Porque é coerente.

Pode ser que não entendamos cada palavra
do texto, mas se compreendemos a ideia, por
mais genérica que seja, pode-se dizer que há
coerência no texto, mesmo que não haja coesão. A coesão auxilia no estabelecimento da coerência, mas não é necessária para que ela ocorra.

Há, como no exemplo do início da aula, conjuntos linguísticos que são textos porque são coerentes, apesar de não apresentarem coesão. Coesão: encadeamento linear das unidades linguísticas presentes no texto. (ligação lógica entre frases/ideias)

Coerência: São as relações de sentido que um texto estabelece.

Quando se fala em coerência, compreende-se a não contradição de sentidos entre passagens do texto, na existência de uma continuidade semântica (de sentido).

Num texto, uma ideia ajuda a compreender outra, para criar um sentido global. A coerência é um fator de interpretação do texto, pois permite que a atribuição de um sentido unitário do texto.

Uma ideia ajuda a compreender outra, para criar um sentido global. Cada parte do texto deve estar relacionada a essa unidade de sentido.

A INCOERÊNCIA É A VIOLAÇÃO DAS ARTICULAÇÕES DE CONTEÚDO DOS NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO DO TEXTO. Coerência narrativa: ocorre quando se respeitam as implicações lógicas entre as partes da narrativa.

Um personagem só realiza uma ação se tem capacidade para isso. Uma ação implica poder e saber fazer.

Na narrativa, uma ação posterior depende de uma anterior.

Relatar uma ação de um sujeito que não tem condições de executá-la é incoerência. Exemplo

"Lá dentro havia uma fumaça espessa que não deixava que vissemos ninguém.
Meu colega foi à cozinha, deixando-me sozinho. Fiquei encostado na parede da sala, observando as pessoas que lá estavam. Na festa, havia pessoas de todos os tipos: ruivas, brancas, pretas, amarelas, altas, baixas etc."

(Nesse caso há uma incoerência, o personagem vê algo, apesar de no início do texto relatar que era impossível de se ver algo) Coerência argumentativa Todo cão come carne. Ora, o cão é uma constelação. Logo, uma constelação come carne.

Há incoerência na conclusão, pois a palavra cão foi usada em dois sentidos distintos.

Cão, animal e cão, grupo de estrelas que apresenta aspecto de cão.

Agora: São Paulo tem pobres. Toda cidade tem pobres. Logo São Paulo é uma cidade. A coerência argumentativa diz respeito às relações de implicação ou de adequações que se estabelecem entre certas ideias pressupostas ou afirmações explícitas que se fazem deles decorrer.

Se um texto disser que o descontrole orçamentário é a causa da inflação e que esta é o problema mais grave do país, será contraditório se a conclusão sugerir que o governo gaste mais para girar a economia, o texto será incoerente. Progressão textual "Estou começando a me sentir vazia, pálida, desesperançosa e oca. O vazio me invade e sinto um tremendo vazio dentro de mim."

TEXTO CIRCULAR, a mesma ideia é repetida 4 vezes, em 3 linhas.

Um texto tem unidade. Fala sobre o mesmo tema. O que não significa repetir-se excessivamente em torno de uma mesma ideia.

Em síntese, cada segmento deve acrescentar um novo dado ao anterior.
Full transcript