Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of a flauta transversal...

No description
by

ana Bem.haja

on 12 June 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of a flauta transversal...

FLAUTA TRANSVERSAL A flauta transversal, por vezes chamada de flauta transversa ou simplesmente de flauta, é um aerofone da família das madeiras. É um instrumento não palhetado, possuindo um orifício por onde o instrumentista sopra perpendicularmente ao sentido do instrumento

Apesar de atualmente ser fabricada em metal, inicialmente, ela era é de madeira. Por esta razão, até hoje, a flauta transversa é classificada nas orquestras como um instrumento pertencente ao grupo das madeiras. FLAUTA TRANSVERSAL... A extensão normal (registro) da flauta é de três oitavas, do Dó4 (Dó central no piano) ao Dó6, mas os flautistas experientes podem chegar até ao Dó7. Algumas flautas modernas permitem também emitir o Si3. Recursos comuns na flauta transversal: Vibrato - introduzido pela escola francesa, é feito a partir do diafragma, semelhante ao vibrato vocal. Existe também a possibilidade de realizar o vibrato utilizando chaves em forma de anel presentes em algumas flautas. O abuso do vibrato por parte de flautistas leva a interpretações erradas, tocando em vibrato passagens que deveriam soar limpas e serenas. 1 Glissando - consiste em "deslizar" entre as notas, seja por meio das chaves ou por alterações na embocadura. 2 Harmónicos -são realizados mudando a embocadura e a direção da coluna de ar, obtendo uma nota diferente da que seria a da digitação fundamental. O timbre é mais doce e etéreo do que o da nota "real". 3 Multifonia - consiste em solfejar e tocar ao mesmo tempo, o resultado é um som cortante e agressivo. (técnica mais moderna) 4 Cuidados a ter: Ter CUIDADO com o bocal. Limpar sempre com flanela, por dentro e por fora, guardando-a sempre seca. Ter leveza nos dedos ao acionar as chaves. Guardar sempre a flauta no estojo e na bolsa. Encaixar delicadamente as partes da Flauta. Higienizar a boca e as mãos antes de tocar. Tocar sempre com a postura correta TRABALHO REALIZADO POR: Ana Bem-Haja;
Inês Miranda;
Carolina Marujo
&
Joana Costa EXTENSÃO
Full transcript