Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

[Ética - Aula 03] Modelo ético aristotélico

No description
by

Carlos Moiteiro

on 22 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of [Ética - Aula 03] Modelo ético aristotélico

Caracterização dos modelos éticos:
Aristóteles.

Ética - Aula 2 - Prof. Carlos Moiteiro - PUCPR
ARISTÓTELES

Viveu entre 383 e 322 a.C.
Autor de
Ética a Nicômaco
e
Ética a Eudemo.
Fundador da Ética enquanto
reflexão específica
no campo das
epistemes
relacionadas à filosofia.
No âmbito gnosiológico, Aristóteles deu amplo destaque ao papel da experiência (gr.:
empeiría
) enquanto fundadora da ciência (gr.:
epistéme
).
No âmbito da
Ética
, Aristóteles desvinculará sua
teoria das ações humanas
de qualquer abstração, ao contrário do que havia sido feito anteriormente por seu mestre
Platão
, transferindo os mesmos princípios empíricos de sua
epistéme
para a análise do agir humano.
- Toda ação humana age com vistas a um fim desejado;

- Há coisas que desejamos com vistas a outras coisas;

- Há, ainda, um fim que desejamos por ele mesmo; este fim é o
sumo bem
.
O que desejamos acima de todas as outras coisas?
Mais valor
Menos valor
O bem humano é um fim a ser atingido tanto para o indivíduo quanto para o Estado. E ainda que valha a pena atingir este bem para um indivíduo apenas, é mais
belo
[
kalía
] e mais
divino
alcançá-lo para o grupo social em geral.
Este bem é a
eudaimonía
(trad. latina:
felicitas
).
A
Ética
, como
arte do indivíduo
, é indissociável da
política
, como
arte do coletivo
.
Se a ética é a extensão para o campo do individual daquilo que no social tange ao campo do político,
qual o comportamento esperado perante os demais indivíduos daquele que vive em determinado grupo social?
A
Política
faz prevalecer os interesses individuais ao interesse do Estado.
Objetivo da Ética:
indicar a verdade (
alétheia
); buscar a precisão (como na ciência da
mathesis
). A ética opõe-se à arte retórica, pois não pode contentar-se em impor suas proposições tão somente pela arte do convencimento.
Por este motivo, a
Ética
, enquanto ciência das ações do indivíduo, é também ela uma
máthesis
, ou seja, uma mensuração destas ações.
Como medida, a
eudaimonía
é fruto de um
equilíbrio
(
medianía
) entre dois opostos:
de um lado, há o
vício
(
vitius
) do excesso...
... e de outro, o
vício
da falta.
A
virtude
(
areté
,
virtus
), portanto, é uma
mediania
entre um excesso e uma falta.
A
coragem
, por exemplo, é uma mediania entre um excesso, a
temeridade
, e uma falta, a
covardia
.
Por isso, Aristóteles irá afirmar que a justiça (
dikaiosyne
) não é apenas uma virtude, mas a maior de todas as virtudes, pois toda virtude é, em si mesma, uma
diké
entre dois extremos.
Tipos de Justiça:
Distributiva;
Corretiva;
Política.
Filme:
"O que você faria?"

ARISTÓTELES.
Ética a Nicômaco.
Livros I, II e V. São Paulo: Abril Cultural, 1973.
- Teoria das 4 Causas:
causa material;
causa formal;
causa eficiente;
causa final.
Em sua obra
Ética a Nicômaco
, Aristóteles legará a primeira definição da ciência que chamará de
Ética
, designando-a como uma
arte
e uma
investigação
, mas ao mesmo tempo como uma
ação
e uma
escolha
.

Vamos compreender melhor estes conceitos...
A Escola de Atenas
, de Rafael Sanzio (1509-1510)
Ética:
duas origens...

(gr.)
é
thos
:
ações que o indivíduo pratica por hábito ou costume social, e que se diferem das ações praticadas naturalmente (por instinto) - em latim,
suetos
.

(gr.)
ê
thos
: ações que o indivíduo pratica de forma refletida, ou por hábitos formados refletidamente - em latim,
mores
.
Arte
=
techné
(melhor traduzido por "perícia")

Escolha
=
haíresis
(escolha deliberada =
proaíresis
)

Finalidade
=
telos
(discurso sobre os fins =
teleología
)
A ética aristotélica expressa uma busca constante pelo fundamento moral das ações a partir de seus
fins
- trata-se, portanto, de uma
ética teleológica
.
Full transcript