Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Administração e o Futuro: As novas Tendências da Administração

No description
by

Kelly Passos

on 14 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Administração e o Futuro: As novas Tendências da Administração

As fronteiras nacionais estão se tornando cada vez mais insignificantes na definição das fronteiras dos negócios;

Aumento da competição;

Forças motrizes: procura de novos mercados e redução de custos.

A Nova Economia
ADMINISTRAÇÃO E O FUTURO:
AS NOVAS TENDÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO

A nova economia;
A nova organização;
O novo funcionário.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
Image by Tom Mooring
Administraão e o futuro: As Novas Tendências da Administração
Globalização
DEPARTAMENTO DE SAUDE - DSAU
CURSO DE FARMÁCIA
 Mudanças Tecnológicas
Visão integrada, gerenciamento e o compartilhamento de toda informação possuída;

O modo como as informações são geradas, armazenadas, utilizadas e compartilhada as tornaram mais acessíveis.

 As três ondas de Toffler
Economia baseada na agricultura;

Revolução industrial;

Era da Informação, conhecimento e alta tecnologia.

A Nova Organização
 Trabalho Flexível e Temporário
Conversão de cargos permanentes em temporários;


Funcionários permanentes limitam a flexibilidade da empresa mundo em transformação rápida;


As empresas sofrem os altos e baixos dos ciclos do mercado  mão-de-obra permanente = maiores custos;

 Diversidade da mão de obra
Organizações heterogêneas necessitam da adaptação de recursos humanos que reflitam essas mudanças;

Programas de diversidade de mão-de-obra


Benefícios favoráveis à família: ajudar os funcionários a equilibrar vida pessoal e trabalho.
 Gestão de qualidade total
Melhorar a eficácia da produção;

Uso de estatística para analisar a variabilidade no processo de produção.

O Novo Funcionário
 Os dois tipos de força de trabalho
 Rotatividade
Redução do quadro de pessoal, reestruturação, reengenharia, terceirização e extinção de cargos;

Quebra do contrato de lealdade anteriormente existente entre funcionário e empregador.
 Direcionando sua carreira
Transferência da responsabilidade pelo desenvolvimento da carreira;

Os novos funcionários devem se preocupar em manter atualizadas suas qualificações e em desenvolver novas habilidades;

Carreiras direcionadas pelo próprio funcionário exigem treinamento e aprendizado contínuos.

REFERÊNCIAS
 Diversidade Cultural
Mulher na força de trabalho;

Multiculturalismo e globalização.

Mudanças nas expectativas da sociedade
Responsabilidade social da empresa;

Sensibilidade com meio ambiente, comunidade e funcionários.

 Espírito Empreendedor
Empreendedorismo: criação;


Assumir riscos e recompensas;


Estímulo: mudanças recentes na economia, franquias.

''O cliente é o rei''
Qualidade, velocidade e baixos custos
Satisfação do cliente: “O consumidor sempre tem razão”;

Exigências: atendimento rápido, alta qualidade.

 Reduzindo o quadro de pessoal
Downsizing: Eliminação de processos desnecessários com o objetivo de tornar as organizações mais eficientes e produtivas;

O motivo nem sempre é claro;

A maioria das organizações está reduzindo operações que ficaram com excesso de pessoal e ao mesmo tempo, aumentando pessoal em áreas que adicionam valor.

 Reengenharia
Troca de melhorias lentas e contínuas por esforços de reengenharia bem planejada e implementada;

Motivo: as organizações desenvolvem processos depois se algemam a eles;

Repensar o que é a organização e reinventar os processos de produção.

Como faríamos coisas por aqui, se estivéssemos recomeçando da estaca zero?
 Aproveitando os pontos fortes: competências centrais
Capacidades de uma organização que a distinguem de suas concorrentes;

Tecnologia exclusiva, eficiência industrial, excelente atendimento ao consumidor, etc.

 Desmantelando a Hierarquia
Terceirizando funções;

Trabalhando em equipe.

 O Horário Flexível
Linha que separa o trabalho da vida pessoal é cada vez mais tênue;

Capacidades de comunicação móveis: os funcionários devem estar disponíveis a todo momento.
 Remuneração Flexível
Redução de níveis hierárquicos;

Remuneração de faixa ampla.

 A extinção de cargos e a perda da segurança do cargo tradicional
As organizações estão eliminando cargos;

Cargos: Revolução industrial e a criação de grandes companhias industriais;

A produção personalizada e a produção em massa;

 Delegando o poder
Transferência de autoridade e responsabilidade dos gerentes para os trabalhadores;

Mão-de-obra com mais formação e treinamento; competitividade global: capacidade de mudança rápida; o desmantelamento das hierarquias organizacionais.
 Responsabilidade Social e Ética
 ‘’Os cargos são soluções rígidas para um problema fluido’’
(ROBBINS, 2000)
As organizações são criticadas por falta de responsabilidade social;

A responsabilidade social vai além de obedecer às leis;

É indispensável as organizações: Consciência social, respeito aos indivíduos, conservação do meio ambiente, entre outros.
O novo funcionário deve aprimorar suas habilidades para executar funções específicas demandadas pelo mercado de trabalho;

Surgimento de uma força de trabalho bimodal;

Comparação entre o antigo funcionário e o novo funcionário.

 Participando de equipes
Desenvolver o tipo de habilidade necessárias para poder contribuir para equipes de alto desempenho;

Aptidões interpessoais: soluções de problemas, tomada de decisão em grupo, capacidade de ouvir, dar feedback e resolver conflitos;

Subliminar as ambições pessoais e pensar como um membro de equipe.
 Lidando com o stress
Redução de quadro e reengenharia fizeram com que muitos funcionários assumissem novas tarefas e, por isso, trabalhassem mais, gerando assim stress;
Discentes: Ananda Nascimento Pimentel Nunes, Ana Paula Santos de Souza, Gláucia Laís Pereira Lima Neco, Gleise Laíne dos Santos, Julia Santos Mendes, Kelliane Passos Goes, e Tainah Ferreira da Silva.
Docente: Edimar Caetité Jr.
Feira de Santana, BA
2015
Relação:
FARMÁCIA / ADMINISTRAÇÃO
Disciplina: Economia e Administração de Empresas Farmacêuticas
treinamento de funcionários;
Senso administrativo;

Ações Técnico-gerencias do farmacêutico;

Capacidade de se adaptar às mudanças rápidas/ novas tendências.


CHIAVENATO, Idalberto.
Administração nos novos tempos
. 6. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

GEHRINGER, M. E
mprego de A a Z
. São Paulo: Globo, 2008. p. 167.

KOBER, C.M. Educação, trabalho e qualificação profissional. In: ___.
Qualificação profissional:
uma tarefa de sísifo. Campinas: Autores Associados, 2004. cap. 1.

MARCOVITCH, Jacques. Empreendedorismo de ontem e de hoje.
Espm
, São Paulo, v. 11, n. 2, p.87-102, 2004.

ROBBINS, Stephen P.
Administração:
mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2000.

"Muitas coisas não ousamos empreender por parecerem difíceis; entretanto, são difíceis porque não ousamos empreendê-las."
Sêneca
Full transcript