Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Tempera, Guache e Aquarela

No description
by

Luisa Spiri

on 7 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Tempera, Guache e Aquarela

Tempera, Guache e Aquarela
TÊMPERA
A têmpera é uma técnica de pintura no qual os pigmentos ou os corantes podem ser misturados com um aglutinante. Esse aglutinante pode ser uma emulsão de água e gema de ovo, o ovo inteiro, ou somente a clara.
GUACHE
O guache é uma mistura de aglutinante (goma arábica) com pigmento branco, que resulta numa tinta opaca de grande poder de cobertura. É constituído por pigmentos coloridos moídos em pó aglutinados com um pigmento plástico (medium) e pigmento branco opaco.
AQUARELA
Aquarela é um tipo de pintura feita com tintas que são diluídas em água.

Professora Carmen Laranjeira
FIB - Faculdades Integradas de Bauru

A técnica da aquarela surgiu na China, há mais de 2000 anos, exatamente na mesma época onde foram inventados o papel e os pincéis.
História
Aquarela de Ou Hao-nien
Edward Hopper, Couple Drinking, 1906-1907
.
O método foi utilizado por artistas flamengos, e amplamente empregado em Florença e Veneza. Foi com Albert Dürer que a aquarela pode resistir ao tempo, já que ele deixou pelo menos 120 obras suas.
É possível ver também exemplos dessa pintura na Idade Média, que depois espalhou-se para vários países da Europa, como Inglaterra, França e Itália.
Inicialmente a aquarela era considerada uma pintura fútil, desnecessária e muito feminina para os hábitos da época, e era vista com um certo preconceito.

Albrecht Dürer

Albrecht Dürer
Efeito de transparência
É solúvel em água.
Secagem muito rápida
Com a evaporação da água, o papel adquire luminosidade
Características
Pintura usando a tinta Aquarela
Silvia Pelissero / Agnes-Cecile
Referida na obra de Cennino Cennini, Il Libro dell´Arte, do final do século XIV, a técnica de pintura a têmpera foi largamente utilizada na arte italiana nos séculos XIV e XV, tanto em afrescos como em painéis de madeira preparados com gesso ou cré . Dadas as limitações da técnica na gradação de cambiantes de cor, viria a ser substituída pelos pintores e pelos artesão pela pintura a óleo.
Historia
Madonna in trono con Bambino - Duccio
^
A têmpera, que vem latim (temperare) significa misturar ou aglutinar, é a tinta mais antiga que temos. Foi usada na Antiguidade, Idade Média e na Renascença, nos murais das dinastias do Egito, Babilônia, Grécia, China e primeiras decorações da arte cristã.
Na maioria das vezes, era produzida pelos próprios artistas. Poucos fabricantes comercializavam as tintas para essa técnica. Na verdade, cada um tinha uma maneira de produzir.
Piero della Francesa, O Batismo de Cristo- 1442
Características
É resistente a ação do tempo.
Sua secagem é rápida
Seu efeito é brilhoso e transparente.
É solúvel em água.
Mantém o registro das pinceladas.
Não sofre rachaduras tardias.
Depois de seca as cores mantêm-se muito próximas às do pigmento original.
Diferencia-se da aquarela pela sua qualidade opaca, as cores claras podem ser colocadas em cima de outras mais escuras, desde que já secas.
Historia
Na Idade Média já se usavam guaches nas iluminuras. Muitos artistas o usaram desde aí até aos nossos dias. Existem habitualmente em tubos e também em pastilha
Guache é uma palavra que provem do Italiano “Guazzo” que quer dizer tinta de água. O termo foi originalmente cunhado no século XVIII em França, embora a técnica seja muito mais antiga, utilizada frequentemente a inícios do século XVI em Europa.
Tropaelum majus de Hans-Simon Holtzbecker
Marc Chagall. Etude pour Les Tois Rouges, 1952-53.
Pablo Picasso. La ofrenda. 1908
Características
Dependendo da qualidade, podes conseguir cores bastante uniformes.
Uma tinta mais opaca
O guache dilui-se com água até ter mais ou menos a consistência do azeite
Aplica-se sobre papéis e cartões variados que devem ter algum “corpo” para não enfolarem
Fazendo a tinta Têmpera
É uma técnica feita com tintas aguadas e sem sobreposição de umas a outras, podendo ser utilizada para pintura em diversos materiais, entre eles, papel, couro, tela etc.
Pintura usando Guache
Daniella Dota
Luisa Spiri
Nylmara Leal
Victoria Camargo
Full transcript