Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Hábitos alimentares das crianças do 1° ciclo em Faro

No description
by

Giovanna Angela

on 12 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Hábitos alimentares das crianças do 1° ciclo em Faro

CONHECER OS HÁBITOS ALIMENTARES DAS CRIANÇAS DO 1º CICLO EM ESCOLA BÁSICA DE FARO

Revisão da literatura
Objetivo Geral

• Conhecer os hábitos alimentares de crianças em uma escola básica do 1º ciclo em Faro




• Comparar as preferências alimentares das crianças e dos pais
• Analisar o consumo de sopa entre o sexo masculino e feminino
• Avaliar o consumo de produtos hortícolas no primeiro prato

Metodologia
Local de estudo:
Escola Básica 1º ciclo da Penha em Faro

Tipo de estudo:
observacional, transversal e descritivo

População-alvo:
crianças do ensino básico do 1º ciclo, dos 6 aos 10 anos de idade

Amostra:
294 crianças

Critérios de inclusão:
todos os alunos pertencentes à escola mencionada

Critérios de exclusão:
alunos...
• se recusem a participar
• não estiverem presentes
• não forem autorizados pelos encarregados de educação

Referências bibliográficas
Ottawa, c. (17-21 de Novembro de 1986). Carta de ottawa - primeira conferência internacional. Obtido em 06 de Dezembro de 2013, de Educação para a Saúde: http://www.dgidc.min-edu.pt/educacaosaude/index.php?s=directorio&pid=96

dos Santos, L. A. (Abril de 2005). Hábitos alimentares de crianças do 1º ciclo do ensino básico - Um estudo de caso. Minho, Portugal. Obtido em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/3150/3/tese%20final.pdf

Moreira, P. (2005). 2.1 Hortofrutícolas: importância para a saúde. Porto, Portugal. pág. 9. Disponível em: http://www.who.int/dietphysicalactivity/relatorio%20do%20wkshop%20de%20Lisboa%20web.pdf

Sousa, M. J. (2009). Promoção da alimentação saudável. Lisboa, Portugal. Obtido em: http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/2191/1/22411_ulfp034951_tm.pdf

Ogden, J. (2010). The psychology of eating. In J. Ogden. Toronto - Canadá: 350 Main Street, Malden, MA 02148-5020, USA; 9600 Garsington Road, Oxford, OX4 2DQ, UK; The Atrium, Southern Gate, Chichester, West Sussex, PO19 8SQ, UK. Obtido em: http://www.imd.inder.cu/adjuntos/article/616/The%20Psychology%20of%20Eating.pdf

Bizzo, M. L., & Leder, L. (2005). Educação nutricional no ensino fundamental. Obtido em 06 de Dezembro de 2013, de scielo.br: http://www.scielo.br/pdf/rn/v18n5/a09v18n5

Alimentação nas escolas a tempo inteiro da R.A.M. - Directrizes orientadoras. Disponível em: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:tDuCMhHqdwcJ:www.madeira-edu.pt/LinkClick.aspx%3Ffileticket%3D0fGKte8v-S8%253D%26tabid%3D1261%26mid%3D5048%26forcedownload%3Dtrue+&cd=1&hl=pt-PT&ct=clnk

Fernandes, C. R. L. (2010). Consumo de fruta e hortícolas numa amostra de crianças do ensino pré-escolar, factores sociodemográfico, familiares e comportamentais: d) Consumo de hortícolas. Porto, Portugal. pág. 13. Disponível em: http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/54580/3/138742_1042TCD42.pdf
Justificação do estudo
Hortícolas e legumes
benefícios da ingestão:
- ausencia -> carência nutricional

importância nutricional para criança :
- crescimento
- desenvolvimento físico e cognitivo

costume ou hábito em Portugal
- consumo de sopa

grupo de nacionalidades não portuguesa

Adérita Fortes – 46166
Giovanna Oliveira – 49192
Meire Tambuque – 34909
Raysse Ribeiro – 42815

Qualidade de vida
Padrão alimentar
- Custo dos alimentos

- Disponibilidade dos alimentos

- Publicidade alimentar

- Influenciada pelo estilo de vida

Infância
é uma importante fase na aprendizagem de bons hábitos e práticas alimentares

Sendo decisivas a médio e a longo prazo na saúde das crianças
Participação na formação de
hábitos alimentares
das crianças
Local privilegiado
- Função social
- Desenvolvimento de um trabalho sistematizado e contínuo
- Fácil confeção e valor nutricional

- confecionado por:
produtos hortícolas (legumes e hortaliças);
cereais (trigo);
leguminosas secas (feijão, feijão verde, grão, ervilhas e lentilhas);
tubérculos (batata, batata-doce)

variada, colorida e saborosa
Objetivos Específicos
• Há diferenças entre as preferências alimentares transcritas pelos pais em relação às preferências alimentares da própria criança?

• Será que as raparigas consomem mais sopa do que os rapazes?

• Será que o rendimento económico dos pais influencia o consumo de hortícolas e legumes das crianças?

• Pode-se afirmar que as crianças preferem alimentos processados à hortícolas e legumes frescos?

Hipóteses de investigação:
- Questionário alimentar para as crianças

- Questionário e frequência alimentar para os pais

Métodos e ferramentas de inquirição
programa SPSS Statistics 20.0

hipóteses
-“as preferências alimentares transcritas pelos pais são diferentes das preferências alimentares da própria criança” -> teste X² de Pearson

-“será que as raparigas consomem mais sopa do que os rapazes” -> análise exploratória

- “Será que o rendimento económico dos pais influencia o consumo de hortícolas e legumes das crianças?” -> teste de correlação

- “pode-se afirmar que as crianças preferem alimentos processados a hortícolas e legumes frescos?” -> gráfico de barras que representará a % consumo de alimentos processados e de hortícolas e legumes
Estratégias para análise dos dados
Organização do estudo
Cronograma:
Recursos humanos e técnicos:
responsabilidade e coordenação do grupo


Custos previstos:
-
fotocópias (294 questionário para os alunos 59.25€; questionário para os encarregados de educação 23.7€; consentimento informado 14.22€)
-
deslocações 10€
Total: 107.17€.

Questões éticas e de confidencialidade:
consentimento assinado pelos respetivos encarregados de educação
Full transcript