Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Grandes Navegações

No description
by

Bárbara Burjack Cruz

on 4 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Grandes Navegações

Grandes Navegações
Grandes Navegações
Bárbara Burjack Cruz - Estagiária
Outubro 2013
CEAN
Pioneirismo Português
Desde o século XIII os portugueses já faziam pequenas viagens comerciais para locais que hoje chamamos de França e Inglaterra.
Ao longo do tempo, a tecnologia naval foi se desenvolvendo graças a estas viagens.
Escola de Sagres.
Chamamos de Grandes Navegações, ou Expansão Marítima Europeia, o conjunto de viagens que expandiu o conhecimento do que os europeus tinham da Terra e também as relações comerciais em todo o mundo. Este movimento ocorreu entre o século XV e o século XVI.
Começo de um novo período: Idade Moderna
Desenvolvimento de antigas tecnologias como o Astrolábio e a Bússola
Novas concepções sobre o formato da Terra e sua posição no Universo
Fim da Idade Média
Homem usa um compasso para medir o globo
O modelo de divisão em feudos é lentamente substituído.
Unificação Portuguesa. Revolução de Avis (1385). Absolutismo
Crescimento e fortalecimento da burguesia.
Dinamização das relações comerciais com diversas regiões.
Nova organização do Estado
O modelo Feudal é substituído em algumas regiões pelo Mercantilismo.
Modelo do Absolutismo para controlar a economia.
Mercantilismo: palavra inventada no século XIX.
Mercantilismo e seus princípios: Metalismo, Balança comercial favorável. Taxas alfandegárias.
Novo modelo comercial: Mercantilismo
Comércio no Mar Mediterrâneo era monopolizado pelos Árabes, Venezianos e Genoveses.
Preços, portanto, exorbitantes.
Necessidade de encontrar um outro caminho pra a Ásia.
Por que se jogar ao mar?
O Oriente possuia produtos de luxo muito apreciados pela Nobreza e pela Burguesia. Tecidos. Corantes.
Valia a pena se arriscar no Mar Tenebroso.
As Grandes Navegações foram fruto de uma parceria entre burguesia e Coroa.
Os produtos exóticos e valiosos do Oriente
Algumas motivações:
Busca por ouro em outras regiões
Conversão de conquistados
Posição geográfica de Portugal
Unificação portuguesa
Barcos armados
Pioneirismo Português
Caráter de disputas religiosas com os árabes. Tomou domínios seus como Ceuta (1415)
Captura de africanos como escravos
Permissão do Papa que fizessem muçulmanos e africanos pagãos de escravos.
Criação de entrepostos na África
Grandes Navegações: conquistas também religiosas
Depois da centralização da Espanha e do sucesso das viagens de Portugal, o Estado espanhou procurou investir nas navegações.
A Espanha se joga ao mar
Colombo acreditava que a Terra era redonda. Por isso, se navegasse para o Oeste, chegaria-se às Índias.
Portugal não tinha interesse por sua rota.
Em 1492, Colombo chega à América Central, patrocinado pela Espanha, acreditando ser a Índia.
Colombo, um italiano a serviço da Espanha
Mesmo com novas tecnologias, organização social diferenciada, novas descobertas científicas, o homem moderno ainda tinha medos medievais. Monstros do oceano.
Modernos, mas com mentalidade medieval
Depois da "descoberta" da América, os portugueses continuaram buscando a Ásia, enquanto a Espanha continuou viajando para América.
Interpretações mais tradicionais afirmam que Cabral chegou ao "Brasil" por engano.
Alguns historiadores acreditam que os portugueses já sabiam da existência de territórios para estes lados.
Cabral e o "Brasil": descobrimento?
Racismo: uma história
Devemos julgar um tempo?
Hoje temos a concepção de que a escravidão é contra os direitos humanos e que não existem distinções de raça. Mas essa concepção existia naquela época?
Mesmo com toda a violência do período, com as Navegações começaram o que chamamos hoje de Globalização.
Descobrimento
Estranhamento
Diferença
Inferiorização
Índio como mau selvagem e não como pessoa
Devemos ver o diferente como fruto de um mundo específico dele e não como errado, mas com respeito
Se a diferença for vista como errada, violência e intolerância acontecem
A diversidade não está só lá fora, mas aqui dentro também
O outro, diferente
Full transcript