Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O pensamento de Ferdinand Saussure

No description
by

Clara Teixeira

on 19 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O pensamento de Ferdinand Saussure

Clara Teixeira Estudo do pensamento de Ferdinand Saussure Foi um linguista e filósofo suíço, cujas elaborações teóricas propiciaram o desenvolvimento da linguística enquanto ciência autônoma. Ferdinand Saussure
(1857-1913) A lingüística é o estudo científico da linguagem. Saussure entendia a linguística como um ramo da ciência mais geral dos signos, chamada por ele de Semiologia. Seu pensamento Graças aos seus estudos a linguística adquiriu autonomia, objeto e método próprios. Seus conceitos serviram de base para o desenvolvimento do estruturalismo no século XX. Saussure estudou Física e Química, mas sempre esteve envolvido nos estudos da linguagem. Paralelamente aos cursos de exatas, o linguista estudou gramática grega e latina e aprendeu sânscrito sozinho. Convenceu-se que sua carreira estava nos estudos da linguagem e ingressou na Sociedade Linguística de Paris. Aos vinte e um anos publicou uma dissertação sobre o sistema primitivo das vogais nas línguas indo-europeias. Entre 1906 e 1909, outro estudo que é comumente chamado de Os anagramas de Saussure. Nesse trabalho, o filósofo observou poemas clássicos para tentar provar a existência de um mecanismo de composição poética baseado na análise fônica das palavras pelo hipograma (palavratema) e pelo anagrama (processo de composição). Pode ser usada como sinônimo de Semiótica, é a ciência geral dos signos que estuda todos os fenômenos de significação. Para Saussure, “a língua é o palco de fenômenos relevantes” Qual é a importância da linguagem para a sociedade? Ferdinand Saussure buscou definir definir um objeto de estudo para a linguística. Dicotomias saussureanas Para o linguista, os signos são a mistura de um significado com um significante. Semiótica por Saussure Desenho + idéia de ser uma moeda da União Européia Um signo (sob a ótica de Saussure) é uma mistura de:
• Significante: Uma forma material ou sonora
• Significado: A idéia e o conceito que aquela forma trás. Mas os simbolos podem ter interpretações diferentes Um signo (sob a ótica de Saussure) é uma mistura de:
• Significante: Uma forma material ou sonora
• Significado: A idéia e o conceito que aquela forma trás. Dicotomias de Saussure 2. signo:
significado / significante 1. semiologia / linguística 3. arbitrariedade / linearidade 4. linguagem: língua / fala 5. sincronia / diacronia 6. sintagma / paradigma São conceitos definidos um em relação ao outro. Eles não podem ser compreendidos de maneira exata se estudados isoladamente. A língua é um fato social. Independente da vontade do individuo, envolve a descrição de regras para se tornar um código. A própria língua, que antes era vista como um catálogo de nomenclaturas, passa a ter uma relação que foge a essa entre "palavras" e "coisas", partindo para uma entre "imagens acústicas" e "conceitos". A dicotomia Significado versus Significante redefine a língua e a emancipa. Significante e significado, juntos, formam um signo, cujo estudo denominou-se "semiologia". Toda frase, segundo essa dicotomia - e não apenas frases, mas também palavras e até signos extra-linguísticos -, possui dois eixos: um de seleção e outro de combinação. Na frase "Eu comprei um carro novo", há possibilidades combinatórias claras, tais como "Um carro novo eu comprei" (mudança de ordem das palavras) ou outras, como ao acrescentarmos novos termos à oração. Também há inúmeras possibilidades seletivas, tais como: "eu / ele / tu / João / Dina - comprou / vendeu / roubou / explodiu - um / dois / três / muitos - carros / foguetes / caminhões - novos / velhos / antigos / raros". O eixo de seleção proposto pela relação paradigmática, corresponde às palavras que podem ocupar determinado ponto em uma sentença. A semiologia é a teoria geral dos signos, em que consistem as leis que os regem. Ciência de todo o sistema de comunicação. A linguística é uma parte dessa ciência (linguagem humana). O significado não depende da livre escolha de quem fala, é imotivado, arbitrário em relação ao significado, com o qual não tem nenhum laço natural na realidade. O princípio da linearidade aplica-se às unidades do plano da expressão (fonemas, sílabas, palavras), são emitidas em ordem linear ou sucessiva na cadeia da fala, sendo o princípio das relação sintagmáticas. A fala é uma propriedade individual que capta de forma integrada a linguagem contemporânea e atualiza a língua. A linguagem tem dois modos de funcionamento: a combinação (relações sintagmáticas) e a seleção (relações associativas ou paradigmáticas). O eixo sintagmático (mecanismo de combinação) é a realização da língua, representando a fala; o eixo paradigmático (mecanismo de seleção) representa o plano da língua, sistema disponível na memória do falante. Saussure propõe estudar não mais como as línguas evoluem, mas como se estruturam. A linguística, portanto, pode abordar a língua nas perspectivas sincrônica (estuda a língua em um dado momento) ou diacrônica (estuda a língua através dos tempos). Saussure adotou a sincronia. Preocupou-se em compreender como funcionam e não como se modificam as línguas. Mas, e a semiótica? Saussure concebia o signo como uma combinação de significantes (uma expressão) e um significado (um conceito), unidos por uma relação de ARBITRARIEDADE. O signo analisado sozinho é um elemento isolado, mas quando é aplicado dentro de um contexto, seu significante ganha, além de um significado, a competência de poder significar mais de um significado. manga Parte do vestuário que cobre o braço. Filtro em forma de saco. Túnel regulável que liga a entrada de um avião a uma porta de embarque do aeroporto. Dispositivo de forma cónica, que indica a direção e a intensidade do vento. "arregaçar as mangas" Fruto da mangueira, de formato longo e polpa amarela a envolver um caroço grande. Significante - significado
Arbitrariedade - Linearidade
Atividade Escreva um texto curto contando como foi a sua semana. Os dias da semana outrora conhecidos por Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado e Domingo, serão doravante designados por Pizza, Sabonete, Maçaneta, Alladino, Macaco, Severino e Aleatória. AMOR
Full transcript