Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Monografia

No description
by

Bruno Albanese

on 11 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Monografia

Agradecimentos: 1.“APESAR DE POSSÍVEIS COINCIDÊNCIAS COM A REALIDADE, ESTE FILME É UMA OBRA DE FICÇÃO”: INTRODUÇÃO Como tudo começou.... Objetivos: Geral: cinema - identidade nacional

Específico:
a) Coronel Nascimento como herói-nacional?

b)as imagens da sociedade brasileira nos filmes Perguntas de Pesquisa 1. Como é constituída a representação do Coronel Nascimento?
2. Quais são as condições de produção do filme?
3. Como são constituídas as representações dos brasileiros nos filmes?;
4. Quais são as condições de produção da reportagem? Justificativa Tropa de Elite: os filmes Revista Veja: a revista 2.“O CONCEITO DE ESTRATÉGIA, EM GREGO STRATEEGIA...”: METODOLOGIA -Materialidade Significante (LAGAZZI, 2011): Materialidade Significante + História = Discurso -Paradigma Indiciário (GINZBURG, 1986) “Quando as causas não são reproduzíveis, só resta inferÍ-las a partir dos efeitos" 3.“POLICIAL DO BOPE TEM DE SABER AONDE PISA”: BASE TEÓRICA Teorias: - Análise de Discurso materialista: M. Pechêux e E. Orlandi

-Estudos antropológicos de J. Campbell Concepção de Sujeito: -consciente e incosciente;

-sujeito a ideologia;

-afetado pela linguagem;

-ocupa uma posição sujeito Concepção de Língua e Linguagem -Língua: uma das formas de Linguagem;

-Linguagem: toda forma de interação entre sujeitos;

-A Língua é aberta e opaca, inscreve-se na História para significar;

-Ideologia -> Discurso -> Língua Concepção de Herói: -homem ou mulher que venceu as limitações histórico-sociais de seu tempo e conseguiu algo que nunca havia sido conseguido;
-abre mão de seus objetivos pessoais pelos coletivos;

-sensível aos problemas de sua comunidade;

-a posição sujeito herói não é permanente

-celebridade X herói 4."SE O POVO ESTAVA DIZENDO QUE EU ERA HERÓI, NÃO IA SER O GOVERNADOR QUE IA DIZER O CONTRÁRIO”: ANÁLISE DE DADOS O Herói pelos filmes - 5 trechos de Narração em off O Herói Pela Revista As diferentes Construções do Herói Tropa de Elite - Agora o Inimigo é Outro

-Tema: Luta contra a corrupção dos políticos
-Ações heróicas: investigação e denúncia da corrupção Revista Veja:

-Tema: deslocando a proposta aristotélica de herói e de tragédia
-Ação heróica: espancar políticos e torturar traficantes, pois é autorizado pela situação. 5. "E MISSÃO DADA, PARCEIRO, É MISSÃO CUMPRIDA": CONSIDERAÇÕES FINAIS - a forma como o cinema é trabalhado na sala de aula

-a importância de se trabalhar com o aspecto ideológico das materialidades - 4 cenas “Homem de farda preta entra na favela para matar, nunca para morrer.” "Ao considerar os heróis da tragédia clássica grega em sua Poética, o filósofo Aristóteles dizia que os homens completamente virtuosos ou totalmente maus não servem para esse papel: a situação trágica por excelência, dizia ele (Aristóteles), é a do homem de grande reputação, moderadamente virtuoso, que cai no infortúnio não por ser vil, mas "por força de algum erro"
Full transcript