Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Organizações Modernas

No description
by

Julia Conzatti Schmidt

on 4 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Organizações Modernas

FONTS
Burocracia: do latim, escritório.
Weber construiu um tipo "ideal" de burocracia:
O que é uma organização?
Organizações Modernas
Equipe: David Pedro Willemann
Eduarda Reimann
Julia Conzatti Schmidt
Leonardo Lazarini
Mariana de Oliveira
Vinicius Machado Duarte

Grande agrupamento de pessoas
Impessoalidade
Objetivos comuns
Mas quais os avanços e as consequências dessas organizações?
Max Weber
Michel Foucault
Teoria da organização: Max Weber
Organizaçoes são formas de coordenar as atividades humanas e os bens que produzem de uma maneira estável.
Controle das informações
Regras escritas
Profundamente hierárquicas
Burocráticas
Frequentemente associada à papelada, ineficiência
Porém, alguns autores veem a burocracia como um modo de cautela, precisão e administração.
Weber via a burocracia como algo inevitável nas sociedades modernas!
Hierarquia definida;
Regras que regem a conduta dos funcionários;
Os funcionários trabalham em tempo integral, assalariados;
Separação de tarefas e
Nenhum membro da organização
possui os materiais utilizados.
Peter Blau: relações formais e informais dentro das burocracias
Relações formais
As relações formais são burocráticas por se basearem em regulamentos com direitos e obrigações.

Estrutura planejada no sentido de facilitar a realização dos objetivos da organização.
Relações Informais
É a relação entre pessoas baseada em atitudes pessoais, costumes, emoções e ideais.

A informalidade se desenvolve, normalmente, em pequenos grupos.
Merton e as disfunções da burocracia
Temia que a adesão às regras fossem tão rigorosas que poderia acabar tendo prioridade sobre as metas organizacionais
Tensão entre o público e a burocracia
Burs e Stalker
Dois tipos de organização:
Mecanicista:
fluxo de comunicaçao vertical
(tradicional)


Orgânica:
comunicação livre
(flexivel)

Instituições Totais
Ervin Goffman
Instalações de isolamento do mundo exterior, organizado e supervisionado.

Os membros se desfazem de objetos pessoais e recebem um novo nome para identificação.

Objetivo: analisar as reações dos reclusos.
Conclusão: resistência.

Críticos: Cohen e Taylor



Desenvolvimento das Prisões
Casas de trabalho
(trabalho físico pesado)
Cadeia Local
(bebados ou aguardando a execução)
Prisões modernas
(sociedade disciplinar)
O gênero e as organizações
A questão de gênero não era discutida
A partir de movimentos feministas (1970)
Segregação ocupacional, baixa remuneração de gênero

Subordinadas aos homens
Carreira burocrática era uma carreira masculina
As mulheres são negadas a suas oportunidades de progressão no trabalho
"O problema estava no poder e não no gênero" Rosabeth Moss Kanter.


Mulheres gerentes estão fazendo a diferença?

Comunicação consenso e trabalho em equipe
Salários mais baixos, poucas áreas
Quando chegam a altos cargos tendem a administrar como homens
Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego – MTE/Relação Anual de Informações Sociais – Rais.

Apesar de toda essa mudança até mesmo na cultura das organizações, porque ainda existe um diferencial tão substancial entre os sexos no que tange o mercado de trabalho?

Ultrapassando os limites da burocracia?
Confirmou-se o modelo de Weber: Burocracia dominante nas organizações;

Idéia de Weber começa a parecer arcaica: Organizações menos hierárquicas;

Modelos colaborativos, flexíveis e melhor adaptados aos mercados flutuantes;

Mudança organizacional: o modelo japonês.
Pioneiras de muitas mudanças que hoje são utilizadas ao redor do mundo;
Sucesso fenomenal na década de 1980 devido a suas características distintas:

Tomadas de decisões de baixo pra cima;
Menos especialização;
Segurança no emprego;
Produçao voltada para o grupo;
Fusão da vida profissional com a vida privada.

Empregados respondem positivamente ao maior envolvimento nas decisões;

Modelo japonês deixa lições ao conceito weberiano de Burocracia;


Segundo Ouchi: Organizações claramente burocratizadas levam ao fracasso interno;
A transformação do gerenciamento
◦ Principalmente questões gerenciais, porém impossível ignorar práticas de produção;

◦ Empregados de todos os níveis sentiam um vínculo pessoal com a empresa;

◦ Contraste com os métodos hierárquicos e autoritários ocidentais;

◦ Em 1980, organizações ocidentais passam a introduzir novas técnicas de gerenciamento:

▪ Gerenciamento de RH;
▪ Cultura empresarial (corporativa).

◦ Diversas empresas fundadas nos últimos anos seguem os princípios citados anteriormente;
▪ Exemplo: Saturn, empresa norte americana do ramo automobilístico.


A tecnologia e as organizações modernas
Organizações modernas ocupam-se em reordenar o espaço e tempo;

Mais do que nunca a assimilação da tecnologia é determinante para o sucesso;

◦ Diferente da ideia de Weber, as organizações podem estar em todos lugares e em nenhum lugar, simultaneamente;


◦ Tecnologias de comunicação dificultam a influência do estado sobre as informações;

▪Exemplos: Bolsa de valores,
comércio eletrônico e
finanças online;
As organizações em formato de redes
◦ Redes complexas de relacionamento facilitam as operações das orgnaizações;

▪ Segundo Manuel Castells, os empreendimentos em rede são as formas organizacionais mais adequadas a economia global.

Prontamente coordenar atividades em conjunto com empresas do outro lado do mundo;
◦ Exemplos: Benetton e IBM;
◦ Corporações grandes e lucrativas sentem a pressão de manter-se a frente do mercado;



Exemplo: AOL e Time-Warner.

Descentralização contribui para o funcionamento de organizações como redes.

▪ Segundo Stanley Davis, ao passo que se tornam redes, as organizações transferem os poderes do topo em direção aos níveis inferiores da organização.

O debate em torno da desburocratização
Debate: É testemunho do declino da burocracia ao estilo weberiano?
(processo de desburocratização )

OU

As burocracias continuam sendo a típica forma de organização dentro da sociedade?

Há pouco consenso entre os sociólogos ao modo de interpretar as mudanças nas estruturas das empresas.

O avanço da "adocracia " - Henry Mintzberg
Para Mintzberg: (modelo burocrático)
não existe um único modelo
variedade de estruturas organizacionais adaptáveis
cita 4 burocracias tradicionais (variações weberianas)
Identifica uma quinta forma organizacional

ADOCRACIA
mais comum
circunstâncias variáveis
sem tarefas padronizadas
procedimentos estabelecidos
funções e composição em constantes mudanças
trabalho em equipe
não substitui a eficiência das formas tradicionais
alternativa para mercados em transformação

A organização pós-moderna - Stuart Clegg
mudança internas na burocracia
origem a organização pós-moderna

Clegg:
valores e estilos de vida ligados a cultura
alteram o modo de funcionamento das organizações
impedindo em parte as estruturas burocraticas


des-diferenciação
tendência do abandono de tarefas minuciosas
desenvolvimento de atividades mais amplas/diversas

pós-moderna
envolver em número de maior de estágios do processo produtivo.
importância de ser competente varias áreas é mais importante que ser especialista em uma.

A "
Mc
Donaldização
" da sociedade - George Ritzer
Ritzer:
nem todos acreditam que estamos nos afastando da visão weberiana burocráticas rígidas
temos tendências
processo de desburocratização
estamos testemunhando a McDonaldização da sociedade

McDonaldização
processo
princípio dos restaurantes fast-food vêm dominando um número de setores da sociedade norte-americana
também o resto do mundo

Ritzer:
a sociedades está se tornando cada vez mais racionalizada.
modelo cada vez mais padronizado e regulado para realização de coisas
envolvimento com sistemas automatizados e computadores em vez de seres humanos

teme, como Weber, os efeitos prejudiciais da racionalização sobre a criatividade e o espirito humano.

Será que as redes, as tomadas de decisões de baixo para cima e a tecnologia da informação estão nos afastando da visão pessimista de Weber sobre o futuro da burocracia ???

existem quem diga que sim, mas...
temos que ter CAUTELA!


Por que??

sistemas burocráticos são mais mutáveis internamente do que acreditava Weber
são desafiados por outras formas de organização menos hierárquicas
não desaparecerão por completo
existirá um “empurra-empurra“ constante entre tendências
um lado busca ampliar o tamanho, a impessoalidade e a hierarquia das organizações
outro exerce certas influências de oposição

A burocratização das prisões
Punição em publico afastada
Punição sistematizada
Crescimento das áreas urbanas
Novos desafios a ordem social
Integração das pessoas do campo com a vida nas cidades
Prisão moderna desordeiros
As prisões ficaram mais burocráticas
Rede administrativa complexa
Sistema de justiça legal e criminal

A teoria das organizações de Michel Foucault:
o controle do tempo e do espaço
Organizações modernas em ambientes planejados
Possui características em comum com outras organizações
Geografia de uma organização afeta seu funcionamento:
Proximidade física facilita a criação de grupos primários
Distância afasta grupos
Horários: condição de disciplinas organizacionais
Fazem que um grande numero de pessoas se encaixem

A vigilância nas organizações
Focault:
Visibilidade ou falta dela
Influência e padrões de autoridade
Supervisão das atividades
Cargos elevados submetem-se à vigilância



Quando mais humilde o indivíduo, maior a tendência de seu comportamento ser vigiado de perto

Duas formas de vigilância:

1) Supervisão direta do trabalho do subordinado pelo superior.

2) Vigilância mais sutil, porém igualmente importante:

Fichas de empregados contendo:
Horas de trabalho completas
Detalhes pessoais
Avaliação de caráter

Utilizadas para monitorar comportamento e avaliar as chances de promoção.

Difusão da tecnologia da informação

Despertou preocupações sobre vigilância
Monitoramento dos empregados
Uso do correio eletrônico e internet
Para os empregadores não passa de uma questão de produtividade do trabalho
Vigiar o uso é uma invasão de privacidade e uma violação dos direitos do trabalhador
Full transcript