Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Amsterdã

No description
by

Gabi Pazini

on 14 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Amsterdã

Amsterdã
Amsterdã
Referências Bibliográficas
História da Cidade, Leonardo Benévolo
Morfologia Urbana e Desenho da Cidade, de José M. Ressano Garcia Lamas
http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/conheca-historia-conjunto-canais-amsterda-748826.shtml
A Millennium of Amsterdam, Fred Feddes, Thoth, 2012
Renascimento
-Pioneira: Florença- Itália (1420/ 1500)
-Espalha pela Europa (1500/1600)


Amsterdã
Urbanismo no Renascimento e Barroco
Crescimento demográfico + criação de novas cidades por razões militares + de intervenções urbanas
=
O urbaninsmo na construção de fortificações + espaços públicos + reestruturação de cidades com novas redes viárias + novos bairros + expansões urbanas com quadriculas regulares

Arquitetura e Urbanismo
Urbanismo e Meio Ambiente
Prof. Juliana Trujillo

Alun. Ariel Martins
Gabriela Pazini
Isabella Sodré
Natália Ogawa
CAMPO GRANDE
2014
-Holanda
-Poder político administrado
coletivamente pela burguesia
mercantil
-República independente
-Centro do comércio e da
atividade bancaria europeia
-Os canais são ambientes de
vida, as áreas circundantes
são habitações e trabalho.
-Atualmente com 1 milhão de
habitantes.

- Primeira metade do
século XVI:
já é uma cidade
portuária média de
40.000 habitantes.
- 1578: tropas de
Guilherme, Taciturno,
conquista Amsterdã
e logo se projeta a
primeira ampliação,
o fosso se torna um canal interno.
- 1593: constroem um
novo centurião de muros
de acordo com as regras
da técnica militar
moderna.
- Inicio do século XVII:
projeta uma nova e
grandiosa ampliação.
- 1607: aprovação do plano.

- Século XVII: decorrer do
desenvolvido o projeto.
O plano:
1- escavar 3 canais concentricos do ocidental pro oriental
2- parque público no fim
3- governo desapropria terrenos, constrói canais e vende terrenos pra recuperar o gasto

Resultado:
-Lotes mais regulares
-Canais do século XVII são traçados de troncos retilíneos. -A maioria das casa tem uma largura uniforme
-Com fachadas desiguais (passeio arquitetônico)

Barroco
- Após o Renascimento até 1765, com posterior início do rococó e o do neoclássico.
No começo do século XV alguns artistas florentinos mudam a natureza do trabalho artístico e suas relações com as atividades humanas
Ghiberti, Brunelleschi, Donatello, Paolo Ucello, Masaccio
- Século XV as construções passam a obedecer tratados, geometria e ordem, contraste com a irregularidade medieval, forma urbana subordinada a unidade e a racionalidade, forma radiocêntrica considerada perfeição geométrica da cidade.
RENASCIMENTO X BARROCO
Renascimento: permanência e imobilidade das coisas, calma, beleza, criações perfeitas sem revelar nada forçado ou inibido, sem inquietação ou agitação, calma e satisfação celestial, impressão suave e lenta porém duradoura.
No urbano: equilíbrio sossegado, completo em si memso, num espaço limitado em repouso.
Exemplo: Piazza della Annuziatta, Florença.
Barroco: sentido de direção e movimento, emoção que comove e subjuga com seu impacto, impressão instantânea e poderosa de pouca duração.
No urbanismo: espaço de grande dinamismo e movimento.
Exemplo: e Praça de São Pedro, Roma.
Full transcript