Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O-Sistema-Nervoso-e-a-Cognicao-Arvore-do-Conhecimento-Maio2012

Apresentação sobre o Cap7 - O Sistema Nervoso e a Cognição do livro Árvore do Conhecimento, de Maturana e Varela. Explica de que forma o Sistema Nervoso amplia as possibilidades de conduta de um organismo.

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O-Sistema-Nervoso-e-a-Cognicao-Arvore-do-Conhecimento-Maio2012

CONDUTAS
são ações ou movimentos de um organismo descritos por um observador
CONDUTAS são descrições feitas por um observador das mudanças de estado de um sistema em relação a um meio, a fim de compensar perturbações que recebe deste.
CONDUTAS são a visão externa da dança de relações internas de um organismo
TIPOS DE
SISTEMA NERVOSO
PERTURBAÇÕES
SUPERFÍCIE SENSORIAL
SUPERFÍCIE MOTORA
diferentes formas de implementação da rede de conexões (dependente da ontogênese)
grande possibilidade de conexões permite vasta possibilidade de acoplamento senso-motor
De que forma o Sistema Nervoso
expande os domínios de interação e conduta
em um organismo ?
Sistema Nervoso

sinais químicos e elétricos
transmissão rápida de informações
efeitos de curta duração
ação localizada
mantém invariáveis certas relações entre seus componentes diante das contínuas perturbações que geram, tanto na dinâmica interna quanto na interação com o ambiente
CONDUTA
SUPERFÍCIE SENSORIAL
(admite perturbações
)
SUPERFÍCIE MOTORA
(gera movimentos e ações)
manutenção das correlações internas
A configuração e a atividade da rede neural determinam a contínua relação senso-motora.
Como há infinitos estados possíveis, as possibilidades de conduta também o são
SISTEMA NERVOSO
conserva a constância interna essencial para a organização do organismo como um todo
seu operar consiste em manter ivariáveis certas relações entre seus componentes diante das contínuas perturbações que geram, tanto em sua dinâmica interna como nas interações do organismo que integra
O conhecimento funda-se no organismo como unidade e no fechamento operacional do Sistema Nervoso.
Todo conhecer é fazer, como correlações senso-motoras nos domínios de acoplamento estrutural no qual o Sistema Nervoso existe.
Plasticidade do Sistema Nervoso
Estruturas independentes da história de interações (determinadas geneticamente)
Estruturas dependentes da história particular de interações (estruturas ontogênicas)
CONDUTAS INSTINTIVAS
CONDUTAS APRENDIDAS
APRENDIZAGEM é uma expressão do acoplamento estrutural, mantendo a compatibilidade entre o operar do organismo e o meio (adaptação).
Toda conduta pode ser avaliada como um ato cognitivo
VIVER É CONHECER NO ÂMBITO DO EXISTIR

Como o Sistema Nervoso participa dos fenômenos cognitivos ?
Em sua clausura operacional
Como parte de um sistema metacelular
ampliação do domínio de estados possíveis do organismo
permite novas dimensões de acomplamento estrutural
aparecimento dos sistemas autopoieticos
Sistema Nervoso se torna relevante principalmente para seres vivos que se movimentam
SISTEMA NERVOSO
O Sistema Nervoso acopla superfícies sensoriais e motoras através de uma rede de neurônios cuja configuração pode ser muito variada
10 100.000 1
neurônios sensoriais interneurônios motoneurônios
Matriz mostrando conexões diretas entre pares de estruturas cerebrais envolvidas no controle da pressão arterial. O grafo traz a mesma representação, enquanto o histograma ilustra o número de vias polissinápticas conectando indiretamente o baroceptor carotídeo e o cerebelo.
Nicolelis,M. - Muito além do nosso eu , 2011.
Principais estruturas que compõem o sistema somestésico trigemial em ratos.
Vg - gânglio trigemial; SpV - núcleo espinhal; PrV - núcleo principal; VPM - tálamo ventroposterior medial; POM - tálamo posterior medial; ZI - zona incerta; RT - núcleo reticular.
Nicolelis,M. - Muito além do nosso eu , 2011.
"O ponto de vista próprio do cérebro influencia decisivamente a maneira pela qual percebemos tanto o mundo exterior como a imagem de nosso corpo e nosso senso de existir. Dessa forma, a visão cartesiana de que o cérebro humano interpreta ou decodifica passivamente sinais gerados no mundo exterior , sem nenhuma opinião prévia (...) não pode mais resistir à evidência experimental acumulada nas últimas duas décadas."
Nicolelis, M. - Muito além do nosso eu, 2011.
Obrigado!
Prof. Antonio Dégas
SINAPSES
Descrição feita pelo observador, já que para o SN só existe a manutençao de certas correlações internas.
O Sistema Nervoso não opera com representações dos estímulos externos.
QUER VER UM EXEMPLO ??
De aorcdo com uma pqsieusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as lrteas de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia lrteas etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma ttaol bçguana que vcoê cnocseguee anida ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa ltrea szoinha, mas a plravaa cmoo um tdoo.
Maria Elena
Obrigado pela possibilidade de conhecer Maturana, literalmente ...
Full transcript