Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Contraponto: Al Gore x Molion

Trabalho de Geografia
by

Aline Werner

on 23 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Contraponto: Al Gore x Molion

Al Gore vs. Molion
Integrantes do Grupo:
Aline, Denilson, Fabieli, Gean, Felipe Z. e Rayssa

Disciplina: Geografia
No filme Uma Verdade Inconveniente, Al Gore fala seu ponto de vista a respeito do aquecimento global e suas consequências. Ele faz uma relação entre o comportamento humano e emissão de gases na atmosfera.
Ele diz que os fenômenos climáticos estão ficando cada vez mais fortes e aparecendo com mais frequência devido a ação humana.
Mas esses fenômenos, como furacões e enchentes, são na realidade parte de um processo natural do nosso planeta. Os furacões, por exemplo, são formados quando o oceano é aquecido pelo sol, causando aquecimento da massa de ar próxima aos líquidos, aumentando a umidade. Por isso a força do furacão depende do calor liberado pelo vapor, e não da ação humana.
Luis Carlos Molion, ao falar sobre o aquecimento global, diz que ele não existe, e que o IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), por exemplo, mantém o aquecimento global.
Molion também fala que estamos nos encaminhando a um resfriamento global que ocorre a cada certo período de tempo, ou seja, um ciclo natural do nosso planeta, pois a temperatura nos oceanos está diminuindo, o que causa o resfriamento.

Assim, podemos perceber que entre as ideias apresentadas pelos dois filmes, há várias divergências.
Al Gore, por exemplo, fala do CO2 como um grande vilão, dizendo que ele ocasiona um aumento da temperatura média do planeta, já Molion afirma que sem o CO2 a vida na Terra não seria possível.

E quando a temperatura sobe nos oceanos, sobe também a quantidade de CO2 na atmosfera, e não o contrário. O homem praticamente não contribui no aumento de CO2 na atmosfera, e sim os oceanos.
Al Gore afirma que o derretimento das geleiras aumenta o nível do mar, o que poderia ocasionar sérias consequências, como fazer diversas cidades submergir. Molion, ao contrário, diz que o nível do mar não aumenta com o derretimento do gelo flutuante.
E também as temperaturas usadas nos modelos climáticos são medidas nas grandes cidades, onde há uma grande urbanização que impede a penetração da água no solo, sua evaporação e consequente refrigeração de um determinado local, por isso há a sensação de aquecimento.
Molion também fala que não devemos falar que o homem interfere no aquecimento global, pois não podemos falar do aumento de uma temperatura média em todo o planeta. Existem climas localizados, e nesses climas o homem consegue interferir.


Desmatamento:
Queimadas:
Nosso grupo apoia o ponto de vista mostrado por Molion, pois várias das informações apresentadas por Al Gore não possuem bases científicas, além de ter um grande interesse político.
Al Gore, ao colocar a culpa do aquecimento global nos homens e dizer que ainda há tempo para mudar, deixa claro que para isso alguém preocupado com essas questões deve ser eleito, alguém como ele.
Obrigado
pela atenção!
Full transcript