Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Dimensionamento de suportes estruturais metálicos para tubulações insdutriais

Apresentação do Projeto IV - Engenharia Civil - UFF
by

Aline Mohamed

on 18 November 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Dimensionamento de suportes estruturais metálicos para tubulações insdutriais

Dimensionamento de Suportes Estruturais metálicos para tubulações industriais
Suportes de Tubulação
Definição
Objetivo do projeto:
Dimensionar a estrutura com otimização de sua vida útil economizando ao máximo na utilização de materiais.
Cargas Atuantes
Etapas do Projeto de Tubulação
Detalhamento das linhas
Obrigada!
Metodologia
Análise Computacional de Tensões
Dúvidas?
Força de atrito
Cargas de ações dinâmicas
Pesos
Cargas consequentes do alongamento das tubulações
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
TCE - Escola de Engenharia
TEC - Departamento de Engenharia Civil
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Engenharia Civil da Universidade Federal Fluminense, como requisito parcial para obtenção do grau de Engenheiro Civil.
ALINE DANTAS MOHAMED
Orientador:Prof. Dr. LUIZ CARLOS MENDES
Niterói, março de 2013
Os suportes de tubulação (pipe-supports) são dispositivos destinados a suportar os pesos e os demais esforços exercidos pelos tubos ou sobre os tubos, transmitindo esses esforços diretamente ao solo, às estruturas vizinhas, a equipamentos ou, ainda, a outros tubos próximos.
Para a suportação de tubulações, deve-se fazer ao máximo, uso de estruturas existentes, ainda que isso implique em linhas mais extensas com em um trajeto maior. Porém, no aproveitamento dessas estruturas há preocupações como:
Verificar se os esforços atuantes estão compatíveis com a estrutura utilizada;

Deve-se, ao máximo, descarregar os pesos nos blocos de fundação, nos pilares, ou vigas próximo aos pilares, a fim de diminuição de efeitos dos esforços de flexão e torção gerados;

Evitar torções e flexões laterais nas vigas e flexões ou compressões em peças esbeltas ou de contravento;

Evitar, ao máximo, a transmissão de calor e efeitos de vibração a estrutura;
É importante que a estrutura bastante rígida e não apresente flechas sensíveis, por efeitos de esforços transmitidos pela tubulação. Pois, havendo flecha em qualquer suporte, o tubo acompanhará seu movimento e esse deslocamento implicará em surgimento de esforços internos e tensões não admissíveis na tubulação, que não foram levados em conta no seu dimensionamento. O efeito desses esforços não contabilizados no projeto da tubulação vai de vazamentos nos flanges (pontos mais suscetíveis) até o colapso da linha.
Peso próprio de: tubos, válvulas e acessórios da linha; Peso do fluido contido; Peso do isolamento térmico (se houver); Sobrecargas diversas, tais como peso de outros tubos, pessoas, plataformas, estruturas, etc;
Proveniente dos movimentos entre o tubo e os suportes
Dilatação térmicas dos tubos
Golpes de aríete, acelerações do fluido circulante, vibrações, ação do vento, etc
Consiste no desenho do arranjo das linhas, ou seja, o caminho e a configuração das disposições que a tubulação vai ter na indústria
Estudo da flexibilidade
Nesta etapa, já com o traçado da tubulação em mãos, as linhas são simuladas em um programa de análise de linhas, onde são imputados todos os seus parâmetros de funcionamento. O estudo consiste no calculo das tensões desenvolvidas nos tubos e das reações exercidas sobre os suportes e bocais. Esta etapa fornece as coordenadas exatas da linha que deverão ser suportados.
Modelagem dos suportes
Projeto dos suportes de tubulação:
Os suportes são feitos no local da obra durante a montagem.
Deverá resistir a uma combinação de cargas, em função do número e diâmetro dos tubos suportados, do tipo do suporte, do traçado das tubulações e etc.
Para cada projeto é elaborado um catálogo de suportes
No projeto de todos os tipos de suportes e de fixações deve ser adotado um amplo coeficiente de segurança (geralmente o valor 4, no mínimo), pelas seguintes razões:


Dar ao suporte, alta rigidez e imobilidade, de modo que não apresentem flechas ou deformações sensíveis, uma vez que a tubulação é calculada supondo que todos esses dispositivos são indeformáveis.

Permitir a adoção do menor número de dispositivos padronizados, abrangendo cada uma maior faixa de variação de cargas.

Permitir futuras ampliações na instalação sem necessidade de modificações ou reforços nos suportes.

Dar uma boa margem de sobre-espessura para corrosão, pois os suportes, na maioria dos casos, ficam em locais de difícil acesso para uma pintura e manutenção, e ficam frequentemente sujeitos a intensa corrosão, por isso não se devem adotar chapas, barras e perfis com espessura inferior a 6 mm.
alinemhd@gmail.com
Conclusões
Os suportes devem trabalhar de maneira a sustentar os pesos das tubulações e resistir aos seus esforços;
Os suportes devem garantir a estática de tubulações calculadas, inicialmente, sem movimento;
Os suportes não devem transmitir para as tubulações qualquer tipo de esforço adicional;
O analista deve ter conhecimento sobre o contexto de desenvolvimento da aplicação da ferramenta, de forma a ser capaz de analisar possíveis incompatibilidades do processo.
Full transcript