Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Educação ao encontro das Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação

FAPAM - IV Simpósio de Educação - 02 a 04 de Outubro
by

Reinaldo Galvão

on 6 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Educação ao encontro das Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação

Educação ao encontro
das Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação

Introdução
Considerações Finais
Desafios
Oportunidades
Riscos

Reinaldo Galvão
reinaldogalvao@gmail.com
Tecnologia x Metodologia
"O futuro não depende tanto de nossas tecnologias em si, mas do que sejamos capazes de fazer com ela". (Azocar, 2001)
Devemos estar atentos ao futuro.
Explorar as Novas Tecnologias
Ao lidar com TDICs, devemos:
ser rigorosos;
ser equilibrados;
ser inovadores;
ser honestos;
ser pacientes;
ser persistentes.
Devemos transformar desafios
em oportunidades!
“[...] acho que o uso de computadores no processo de ensino/aprendizagem, em lugar de reduzir, pode expandir a capacidade crítica e criativa... Depende de quem a usa a favor de quê e de quem e para quê.” Paulo Freire
Educação e Tecnologia
Essa é para os temerosos no uso das tecnologias na educação: E não vai nesta consideração nenhuma arrancada falsamente humanista de negação da tecnologia [...]. Pelo contrário é consideração de quem, de um lado, não diviniza a tecnologia, mas, de outro, não a diaboliza. De quem a olha ou mesmo a espreita de forma criticamente curiosa. (Paulo Freire, 2002)
No Brasil, a Educação se revela como instância estratégica para romper com o atraso tecnológico e promover a inserção na economia global, marcada por intensa competitividade.
...a escola precisa formar pessoas com potenciais muito flexíveis, que mudem, transformem e transitem em diversas situações, experiências e contextos. (Castells, 2009)
TDICs não são
somente a Internet
Informação e Conhecimento não são a mesma coisa
Existe uma vasta experiência internacional
no uso de computadores em educação que
deve ser aproveitada.
TDICs devem ser
orientadas segundo
os objetivos da educação
Elementos para
incorporação das TDICs:
espaço físico;
aquisição;
capacitação;
contextualização;
operação;
manutenção.
As TDICs devem complementar e não substituir.
IMPORTANTE
Encontre ferramentas que possibilitem
avaliar os resultados.
O método KHAN
Simplicidade:
as questões mais complexas e abstratas ficam compreensíveis quando traduzidas por desenhos e gráficos
Exemplos:
baseados na vida real
Concisão:
se algo pode ser falado em 10min, então faça em 10min.
Avanço seguro:
o conhecimento é cumulativo e sequencial
Exercícios:
pratique exaustivamente.
Desigualdade:
cada aluno tem um ritmo, respeite.
Meritocracia:
o esforço e o talento de cada um precisam ser
reconhecidos de acordo.
Site oficial:

www.khanacademy.org
e
www.fundacaolemann.org.br/khanportugues
" - uma classe virtual de mais de 4 milhões de alunos que assistiram a 115 milhões de lições..."
Não utilizar as TDICs de forma produtiva.
Informação X Conhecimento
Mau planejamento na inserção
das TDICs nas escolas
“O maior risco para o sistema educacional é a ausência de implementação de novas tecnologias” (Juan Rada,2001).
ATENÇÃO
CUIDADO AO IMPLEMENTAR UM PROJETO.
SUAS IDÉIAS SÃO SEMPRE AS MELHORES. NA SUA OPINIÃO, É CLARO!
IMPORTANTE
O foco deve ser o aluno e não a ferramenta;
planejar cada ação criteriosamente;
os projetos devem ser estruturados;
avalie periodicamente os resultados;
TDICs são ferramentas e não soluções;
criatividade e técnica podem fazer a diferença.
Utilizar as TDICs sem
conhecer o público alvo.
Referências

CASTELLS, Manuel. A Galáxia Internet: Reflexões sobre Internet, Negócios e Sociedade. 2003.

CUBAN, L. Teachers and Machines: The Classroom use of Technology Since 1920. NY, Teachers College Press. 1986.

CYSNEIROS, Paulo Gileno. Informática Educativa, UNIANDES – LIDIE, vol 12, No.1, 1999.

DEMO, P. Pesquisa e construção de conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas. 3. Ed. Campinas, Autores Associados, 1997.

FREIRE, F. M. P.; Prado, M. E. B. B. Martins, M. C.& Sidericoudes, O. “A implantação da informática no espaço escolar: questões emergentes ao longo do processo”. Revista brasileira de informática na educação, Santa Catarina, n. 3, pp. 45-62, set, 1998.

HAYDT, R. C. C. Curso de didática geral. 3. Ed. São Paulo, Ática, 1997.

MARTÍNEZ, Jorge H. Gutierrez. Novas tecnologias e o desafio da educação. In Educação e Novas Tecnologias: esperança ou incerteza? – org. Juan Carlos Tedesco. Cortez Editora. 2004

MORAES, Maria Cândida. Informática educativa no Brasil: um pouco de história... Brasília: ano 12, nº 57, Jan/Mar , 1993.

NTICs: Novas Tecnologias de Informação
e Comunicação
TDICs: Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação
Educar para a Tecnologia
Educar pela Tecnologia
Full transcript