Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Mobilidade Urbana

No description
by

Douglas Cheles

on 19 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Mobilidade Urbana

Introdução Mobilidade Urbana A Mobilidade Urbana sustentável pode ser definida como o resultado de um conjunto de políticas de transporte e circulação que visa proporcionar o acesso amplo e democrático ao espaço urbano, através da priorização dos modos não-motorizados e coletivos de transportes, de forma efetiva, que não gere segregações espaciais, socialmente inclusiva e ecologicamente sustentável. Dahon Dahon foi fundada com o único propósito de convencer mais pessoas a utilizar formas ambientalmente sustentáveis ​​de transporte. Em 1982, o Dr. Hon apresentou a primeira bicicleta dobrável Dahon a aclamação mundial. Em competições de design em todo o mundo, a bicicleta dobrável Dahon primeiro começou a ganhar prêmio após prêmio. Cheio de otimismo, o Dr. Hon visitou principais fabricantes de bicicletas em todo o mundo, na esperança de encontrar uma empresa para uma licença seu projeto ou construir a bicicleta para ele. Mas, não surpreendentemente, nenhum de grandes empresas estavam interessados ​​em sua idéia nova e revolucionária. Destemido e comprometido com sua visão de transporte ambientalmente sustentável, o Dr. Hon decidiu arriscar tudo e construir a bicicleta mesmo. Ele largou seu emprego, reuniu 3 milhões dólares de dólares em financiamento de risco, re-localizada para Taiwan, e construiu uma fábrica. Em 1983, as bicicletas dobráveis ​​Dahon estavam saindo da linha de montagem.Hoje, mais de dois milhões de bicicletas depois, podemos dizer com orgulho que Dahon tem feito a diferença. De San Francisco para Amsterdam para Curitiba para Tóquio, as pessoas estão usando as bicicletas para ir do ponto A ao ponto B. Os governos estão integrando portáteis bicicletas dobráveis ​​em seus planos para o transporte de massa. E cada uma dessas empresas de bicicleta grandes que o Dr. Hon visitou há 25 anos já entrou na onda bicicleta dobrável. Caloi Em 1898, Luigi Caloi chegou ao Brasil e começou a importar bicicletas da Europa. Anos depois, e empresa inaugurou a primeira fábrica do produto do país. Atualmente, a Caloi é líder de mercado e responsável pela comercialização de mais de 1 milhão de bicicletas e 130 mil unidades de aparelhos para home fitness por ano.
Com uma fábrica em Manaus (AM), um Centro de Tecnologia e Logística em Atibaia (SP), uma sede em São Paulo (SP) e um escritório em Shanghai (China), a Caloi gera aproximadamente 1.000 empregos diretos e mais de 200 empregos temporários na alta estação.
A Caloi é líder de mercado e possui aproximadamente 40% de Market Share em valor. ECOBIKE CURITIBA A mobilidade urbana em Curitiba se torna cada vez mais propensa ao uso de bicicletas. Hoje se chega mais rápido ao centro usando uma bicicleta ou transporte público, graças ao trânsito caótico de uma manhã, com a diferença de que a bike tem um lado que se alia a saúde. Acreditamos que a importância dada a bicicleta, é pouca, pois, claramente isso tem um grande potencia
A Ecobike surgiu inspirada no modelo de entregas muito utilizado em Nova Iorque, onde não se vê motoqueiros fazendo entregas. A ideia da empresa agora é expandir o negócio, acreditando na agilidade das bicicletas em grandes cidades.
Full transcript