Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Doping

No description
by

Beatriz Menezes

on 26 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Doping



UNIPÊ – CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JOÃO PESSOA
PRÓ – REITORIA DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA
COORDENADORIA DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA


BEATRIZ DOS SANTOS MENEZES NETA
RAFAEL BANDEIRA BORBA
SAULO DE SÁ BARRETO SANTOS
THAÍS DA SILVA LIMA





DOPING





PROF. FRANCISCO DE ASSIS PINHEIRO FILHO









JOÃO PESSOA - PB
2014

O Que é Doping?

É o uso de drogas ou de métodos específicos que visam aumentar o desempenho de um atleta durante uma competição;

Uso de drogas ou de métodos específicos;
Tipo 1:
Estimulantes
Tipo 2:
Narcóticos
Tipo 3:
Canabinóides
Tipo 4:
Agentes Anabólicos
Tipo 6:
Beta-2-agonistas
Substâncias Proibidas
Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem
Consolidar a consciência antidopagem e defender no âmbito nacional, o direito fundamental dos atletas de participarem de competições esportivas livres de quaisquer formas de dopagem.
História do Doping
É derivada do termo
dop
, procedente do dialeto Kaffir na África do Sul.

Posteriormente essa palavra sofreu adaptações através dos ingleses.

Grécia Clássica - séc. III a.C.

Tipo 5:
Hormônios Peptídicos
Tipo 7:
Agentes com atividade antiestrogênica
Tipo 8:
Agentes Mascaradores
Tipo 9:
Glicocorticóides
Métodos
Tipo 1:
Baseado na transferência de O2
Tipo 2:
Baseado na manipulação farmacológica, química e física
Tipo 3:
Doping genético
Substâncias e métodos proibidos fora da competição
Tipo 4;
Tipo 5;
Tipo 6;
Tipo 7;
Tipo 8.
Todos os métodos.
Benefícios e Malefícios
QUIZ- GABARITO
Anfetaminas, simpaticomiméticos e drogas de abuso como a cocaína e o ecstasy.
Esteróides androgênicos anabolizantes (AAS);
AAS exógenos;
AAS endógenos.
Eritropoetina;
Hormônio do Crescimento;
Insulina;
Corticotrofina (ACTH).
Isômeros D e L;
Formeterol;
Salbutamol;
Terbulina.
Apenas para o sexo masculino.
Diuréticos;
Epitestosterona;
Probenecid;
Expansores do plasma.
Proibidas quando administradas por via oral, retal, intravenosa ou intramuscular.
Doping sanguíneo

Eritropoetina

Produtos da hemoglobina modificados.
Utilização de substancias e métodos na tentativa de alterar ou modificar as amostras coletadas pelo controle de
doping
.
Definido pelo uso não-terapêutico de genes, de elementos genéticos e/ou de células que possuam a capacidade de aumentar o rendimento do atleta.
Reduzir a fadiga muscular;
Aumentar a atenção;
Alívio temporário da dor;
Aumento de competitividade;
Aumento da massa muscular;
Aumento do rendimento;
Aumento de glóbulos vermelhos;
Aumento da FC e FR.
Taquicardias;
Hemorragia Cerebral;
Depressão respiratória;
Falta de coordenação;
Inibição do crescimento;
AVC;
Hipertensão arterial;
Osteoporose.
Controle de Doping
Um médico;

Um ou dois técnicos;

Uma ou duas escoltas de ambos os sexos;

Depende do tipo de competição e das modalidades envolvidas.
Questão : :

Questão :

Questão :

Questão :

Questão :

Letra B

Letra D

Letra E

Letra A

Letra C
Full transcript