Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Untitled Prezi

No description
by

Beatriz Nunes

on 6 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Untitled Prezi

Objetivo
Aplicar a lignina no papel reciclado para o seu fortalecimento.
Lignina
Justificativa
Retorno da lignina ao processo após ser retirada (processo de deslignificação).
Introdução
Realização de testes de resistência.
Introdução
Metodologia
Acetato de Celulose
Resultados obtidos
Conclusão
Custos

Beatriz Nunes Nº04
Bianca Mouras Nº 05 Winne Fractucello Nº36
Referências
Produtos derivados da lignina e celulose
Produção industrial do papel
Composição do papel
Benefícios da reciclagem
Preservação e conservação do meio ambiente
Brasil
37% de todo o papel é reciclado

80% destinados a embalagem

2% destinados a impressão

Formação de um produto a base de Acetato de Celulose semelhante ao esmalte comercial.
Matéria prima para produção de Acetato de Celulose com menor impacto Ambiental.
Aprimoramento da qualidade do papel reciclado.
Diminuição dos custos.
Termoplástico Biodegradável.
Hipoalergênico.
Absorção e Secagem rápidas.
Papel com diversas concentrações de lignina.
Polímero natural
Produção de Ésteres Celulosicos
Fibras celulósicas
Utiliza basicamente o eucalipto

1 tonelada = 20 árvores
Destino aos lixos urbano
Redução de custos com energia elétrica, água ( 20% á 50%)
Seleção do papel
*Acervo pessoal



Desagregação ou maceração

Depuração e lavagem

Dispersão

Destintagem

Branqueamento

<www.ifsc.usp.br/ineo/news/index.phppos_id=143>
<www.portalresiduossolidos.com/wp-content/uploads/2013/08/GBM-024-2014.04.10-20.01.jpg>
<www.papeloteca.org.br/figuras/FotoFormula.png>
Depois da primeira bateria de pesquisas e dos testes realizados no laboatório concluimos que a ideia inicial precisou ser readaptada pois não atingiu ao objetivo esperado. Após mais algumas pesquisas de campo o grupo mudou algumas vertentes do trabalho passando a explorar não somente a Lignina mas também a Celoluse, pois juntas são um dos principais constituintes da planta, cada uma possui uma característica diferente que atreladas entre si poderá ser amplamente explorada nos compostos propostos no decorrer do projeto.
Resultados esperados
*Acervo pessoal
<portuguese.alibaba.com/product-free/celluloid-sheet-and-cellulose-acetate-sheet-kg8181-103239744.html>
<emp/pics/FiT_Membran--_0514_RGB_1b851f3506.jpg>
<om/media/catalog/product/cache/1/image/9df78eab33525d08d6e5fb8d27136e95/j/u/jus999817_1.jpg>
Adição de Componentes atóxicos e naturais para formação da resina do esmalte.
Pigmentação natural.
O papel reciclado com a adição de Lignina apresentou cor, textura e maleabilidade diferentes do papel sem a mesma.
Foi produzido Acetato de Celulose para posterior criação da resina.
<www.quimibras.com.br/homepage/produtos/index_reagen.html>
Etec Júlio de Mesquita
Metodologia
<www1.informativo.com.br/blogs/ambiente/wp-content/uploads/2012/11/papel-artesanal1>
<3.bp.blogspot.com/-vzXfTI5Ms38/T6w68TDV-4I/AAAAAAAAArQ/-esbWXxJYHc/s1600/Paper+Sustainability.jpg>
Produtos derivados da Lignina e Celulose

Oliveira S. S. , Eloísa; Mário R., Norberto; Lemos de M., Sérgio Antônio; Piló-Veloso, Dorila: LIGNINAS – MÉTODOS DE OBTENÇÃO E CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA. Ciência Rural, Santa Maria, v.31, n.5, p.917-928, 2001. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/cr/v31n5/a31v31n5.pdf > Acesso em: 10/02/2014

Pegoraro F., Rodinei; Da Silva R., Ivo; Novais F., Roberto; Barros F., Nairam; Fonseca, Sebastião: FENÓIS DERIVADOS DA LIGNINA, CARBOIDRATOS E AMINOAÇÚCARES EM SERAPILHEIRA E SOLOS CULTIVADOS COM EUCALIPTO E PASTAGEM. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.35, n.2, p.359-370, 2011. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-67622011000200020&script=sci_arttext> Acesso: 13/02/2014.
Fukushima S., Romualdo; Hatfield F., Ronald: Composição fenólica de ligninas dioxano determinadas pela reação oxidativa com o nitrobenzeno. Pesq.
agropec. bras., Brasília, v. 38, n. 3, p. 373-378, mar. 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2003000300006> Acesso em: 15/02/2014

Monteiro, Douglas Santos: Reciclagem química do jornal para produção de membranas de Acetato de Celulose pelo processo de acetilação homogêneo. Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Química. Uberlândia, Minas Gerais, 2007. Disponível em: <http://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/774/1/ReciclagemQuimicaJornal.pdf> Acesso: 16/05/2014.
Pires S., Guilherme: Tintas & Vernizes, Fundamentos e Aplicativos. 1ª Edição.Rio de Janeiro. Produção Autoral. 2006.


SCA: Produção de Papel.SCA Publicações, v. 1, n 1. Abril 2010. Disponível em: < http://www.sca.com/Global/Publicationpapers/pdf/Brochures/Papermaking_PT.pdf>

Justificativa
Ideia inicial
Porque não fizemos?
Duas novas ramificações
Lignina + papel
Lignina + Acetato de celulose
Torná-lo mais resistente.
Formular a base de um esmalte.
Introdução
O que é a Lignina?
É uma macromolécula tridimensional amorfa encontrada nas plantas terrestres, associada à celulose cuja função é de conferir rigidez, impermeabilidade e resistência a ataques microbiológicos e mecânicos aos tecidos vegetais.
Possíveis fórmulas moleculares:
C9H10O2, C10H12O3, C11H14O4
Possível fórmula estrutural:
Produção da lignina
Separar a lignina, a celulose e a hemicelulose que constituem a madeira.
Processo Kraft

O principal processo químico é o kraft, que trata a madeira em cavacos com hidróxido de sódio e hidrossulfeto de sódio, que dissolve a lignina, liberando a celulose como polpa de papel de maior qualidade.
Reação de acordo com Shreve e Brink (1997, p. 553)
<www.bizuando.com/material-apoio/processos-qi2/Apostila_4_Papel_e_Celulose_2009.pdf>
<www.sinc.com.br/a-optica-na-producao-de-biocombustiveis.html>
<www.sinc.com.br/a-optica-na-producao-de-biocombustiveis.html>
Full transcript