Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Bernard Lahire

No description
by

Pedagogia 2013

on 12 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Bernard Lahire


Bernard Lahire é de família de origem marroquina e nasceu em 1963, em Lyon. Tem se dedicado a um grande número de pesquisas, que tem como tema central o processo de socialização, a sociologia das disposições sociais e culturais, eixos temáticos que proporcionam maior fundamentação para se discutir a sociologia da educação e a sociologia da cultura, e sua produção intelectual é invejável. É um sociólogo francês, professor de sociologia na Escola Normal Superior de Lyon e diretor do Grupo de Pesquisa sobre a Socialização (CNRS).
Sociologia de Bernard Lahire
O Conceito de Habitus
Lahire considera que Bourdieu engessou a própria sociologia ao consolidar um único olhar sobre a teoria das disposições culturais, a teoria da coerência dos sistemas de habitus.
Para ele, existe em cada um de nós uma multiplicidade nos sistemas de hábitos incorporados, todos eles ligados a diferentes domínios de existência e universos sociais diferenciados, que a teoria do habitus de Bourdieu não consegue contemplar.
O "Ator Plural"

Em espaços como a família, a escola, os amigos e/ou as múltiplas instituições culturais, que os indivíduos são levados a frequentar, podem-se observar demandas diversificadas, concorrentes e, às vezes, contraditórias no que se refere aos princípios da socialização. De acordo com Lahire, "um ator plural é um ator que nem sempre viveu no interior de um só e único universo socializador, de modo que é alguém que atravessou e frequentou, mais ou menos duravelmente, espaços de socialização diferentes. ".
Sociologia em Outra Escala
Durante muito tempo as variações interindividuais e intraindividuais dos comportamentos ficaram fora do campo de investigação dos sociólogos. Entretanto, segundo Lahire é frequentemente necessário compreender os indivíduos em sua singularidade relativa, levando em conta a reflexão e a explicação sociológica. De acordo com o autor, para compreender os indivíduos é necessário aproximar-se deles mudando o conceito de que são unicamente "representantes de grupos ou categorias". É preciso reconstruir os elementos desse percurso individual singular. Seria essa a proposta de Lahire de "sociologia em escala individual", sociologia de variações interindividuais e intraindividuais dos comportamentos.
O Indivíduo e A Classe
Diante dessa nova forma de fazer sociologia, proposta por Lahire, baseada na singularidade do individuo surge a seguinte questão: Como articular o indivíduo singular e a classe a qual este pode ser vinculado? Segundo o autor esse movimento dependeria da questão colocada e do problema a ser resolvido. Por exemplo, se o objetivo for o de compreender as diferenças entre classes é necessário homogeneizar as classes e as frações de classes, porém sabe-se que existe heterogeneidade no interior da classe. Em outros momentos é preciso compreender os efeitos de uma série de propriedade sociais gerais combinadas que dizem respeito a um único individuo.
Pierre Bourdieu


Como foi dito pelo próprio Lahire, seu trabalho é "uma continuação e uma ruptura, um prolongamento de certas contribuições e uma crítica ao conjunto do que Bourdieu nos deixou de herança.". Em A cultura dos indivíduos, ele cita uma frase de Gaston Bachelard que resume sua posição: "Na obra da ciência, somente se pode amar o que se destrói, pode-se continuar o passado ao negá-lo, pode-se venerar seu mestre ao contradizê-lo".
A Sociologia
Seu percurso de formação sociológica começou em 1981-1982 e terminou em março de 1990. Lahire terminou o colegial e com a "necessidade de dar sentido ao mundo social" e numerosas questões sobre o funcionamento da sociedade, optou por entrar em uma faculdade de sociologia. "A escolha pela sociologia foi uma maneira de dar conta dessas interrogações, privilegiando a observação e a análise objetiva da realidade social."
Sociologia da Educação I
Professora Rosane Marendino
Grupo: Amanda Arruda, Caroline Cardoso, Ivana Silva, Mônica Lombardo, Thamires Costa e Valmir Silva.
Universidade Federal Fluminense
Trajetória, Teorias e Críticas
Para Bourdieu, habitus se refere a um sistema de disposições de cultura, sistema este estruturado de maneira cumulativa, que traduziria uma certa homogeneidade ou coerência de gosto de acordo com as experiências socializadoras de cada um. Por exemplo, um indivíduo proveniente das camadas populares teria mais chances de gostar de assistir a novelas na TV e não dar preferência pela literatura clássica, do que os indivíduos das camadas mais escolarizadas.
Full transcript